quarta-feira, 23 de maio de 2012

A VERDADE SOBRE MARIA DOS CATÓLICOS.

Li este artigo em um blog e achei super interessante!
Gostaria de compartilha-lo aqui!
Copei todo o artigo do blog!

A VERDADE SOBRE MARIA DOS CATÓLICOS.

 

Na bíblia temos muito poucas informações sobre Maria a mãe de Jesus, vemos que não há um grande interesse dos evangelistas pela figura de Maria a não ser dar a devidas informações sobre ela e Jesus. As aparições de Maria na bíblia são pouquíssimas e o que é mostrado nela é somente a função de mãe de Jesus homem, ou seja, fatos cotidianos de uma pessoa comum vejam:
Maria foi escolhida por Deus e ACHOU graça diante de Deus para ser a mãe do Salvador, Mateus 1.18-23, Lucas 1.26-38.
Vai até Belém com José. Lucas 2.1-5, Mateus 2.1-11.
Vai ao templo circuncidar a Jesus. Lucas 2.21-34
Maria aparece na fuga para o Egito. Mateus 2.14-15
Maria parece no incidente do templo, quando Jesus com 12 anos fica em Jerusalém no meio dos doutores. Lucas 2.42-51.
Maria aparece nas bodas de Caná da Galiléia. João 2.1-12.
Esperando Jesus fora da casa. Mateus 12.47, Marcos 3.32, Lucas 8.20
Maria estava aos pés da cruz João 19.25.
Maria estava no cenáculo com os discípulos esperando a promessa do Espírito Santo. Atos 1.13-14.
Até aqui acabam-se as referências a Maria nas escrituras, agora vejamos as únicas PALAVRAS DE MARIA.
QUANDO O ANJO A VISITOU.
E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
Lucas 1:34
Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela. Lucas 1:38
QUANDO MARIA VISITOU ISABEL.
Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor,
E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador;
Porque atentou na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
Porque me fez grandes coisas o Poderoso; E santo é seu nome.
E a sua misericórdia é de geração em geração Sobre os que o temem.
Com o seu braço agiu valorosamente; Dissipou os soberbos no pensamento de seus corações.
Depôs dos tronos os poderosos, E elevou os humildes.
Encheu de bens os famintos, E despediu vazios os ricos.
Auxiliou a Israel seu servo, Recordando-se da sua misericórdia;
Como falou a nossos pais, Para com Abraão e a sua posteridade, para sempre. Lucas 1:46-55
QUANDO ELE FICOU EM JERUSALÉM COM DOZE ANOS.
E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
Lucas 2:48
NAS BODAS DE CANÁ.
E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho. João 2:3
Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser. João 2:5
ESTAS SÃO AS ÚNICAS PALAVRAS DE MARIA NA BÍBLIA.
COMO MARIA É CHAMADA NA BÍBLIA MARIA?
VIRGEM – Este título tem o sentido da condição dela na concepção de Jesus
A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. Lucas 1:27
Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco. Mateus 1:23
MÃE DE JESUS – Isto é mãe de Jesus homem.
... e estava ali a mãe de Jesus. João 2:1
... a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho. João 2:3
... Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos. Atos 1:14
MÃE DO MEU SENHOR
E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?
Lucas 1:43.
BENDITA – Saudação comum entre os judeus, expressões como bendito do Senhor e bem-aventurados são comuns na escritura.
E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
Lucas 1:28
E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. Lucas 1:42
Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do SENHOR lhe foram ditas. Lucas 1:45
Agora podemos perceber que isto é tudo o que a palavra de Deus diz sobre Maria a mão de Jesus.
AGORA VAMOS VER QUEM É A MARIA DOS CATÓLICOS
Usando das passagens bíblicas os católicos simplesmente tiveram a liberdade de acrescentar às passagens da bíblia seus pontos de vistas com relação a Maria, pois eles dizem que Maria é:
A MÃE DE DEUS – A bíblia nunca disse isto.
MEDIANEIRA – A Bíblia nunca disse isto.
CO-REDENTORA - A Bíblia nunca disse isto.
DISPENSADORA DE TODAS AS GRAÇAS - A Bíblia nunca disse isto.
ADVOGADA - A Bíblia nunca disse isto.
INTERCESSORA - A Bíblia nunca disse isto.
FILHA PRIMOGÊNITA DO PAI - A Bíblia nunca disse isto.
RAINHA DOS ANJOS - A Bíblia nunca disse isto.
IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA - A Bíblia nunca disse isto.
IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA - A Bíblia nunca disse isto.´
ESPOSA DO ESPÍRITO SANTO - A Bíblia nunca disse isto.
E TODAS OS OUTROS TÍTULOS QUE OS HOMENS DÃO PARA ELA NÃO ESTÃO NA BÍBLIA.
Agora o Título que identifica quem é a Maria louvada e adorada pelos católicos é:
A RAINHA DOS CÉUS, o mesmo nome da Deusa-mãe pagã que era adorada na antiguidade, também com vários nomes.
BAALATH
INSTHAR
LILITH
ATHOR
ISIS
ASTARTÉ
DIANA DOS EFESIOS
SAMÍRAMIS, A MÃE DE TODAS AS ABOMINAÇÕES DA TERRA.

Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. Jeremias 7:18,
ESTE É O ÚNICO TÍTULO PAGÃO ATRIBUIDO A MARIA QUE ESTÁ NA BÍBLIA, QUE O SCATÓLICOS ADORAM, ENTÃO A MARIA ADORADA PELOS CATÓLICOS É SIMPLESMENTE A MESMA SAMÍRAMIS A ANTIGA DEUSA-MÃE.

Copiado de: http://profetizarapalavra.blogspot.com.br/2012/05/assustador-verdade-sobre-maria-dos.html?showComment=1337799705331#c7716502684123509096

202 comentários:

  1. Muito interessante e esclarecedora! Que O Espírito Santo possa dar a todos que idolatram Maria, esse mesmo espírito de discernimento do autor desse texto. Gostei muito, bjs fiinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A SENHORA JÁ BUSCOU ALGUM DICIONÁRIO PARA VER QUE HÁ UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE VENERAÇÃO E IDOLATRIA? MEU DEUS. QUANTA IGNORÂNCIA. QUE MARIA INTERCEDA POR TODOS QUE PENSAM COMO VOCÊ...

      Excluir
    2. Querida , que Deus te abençõe e te perdoe e que a SEMPRE VIRGEM MARIA seja a grande advogada na hora de teu juizo particular. Um Esclarecimento:

      Sua citação:

      QUANDO O ANJO A VISITOU.
      34E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
      35O anjo respondeu:"O Espírito Santo virá sobre ti e o poder do Altíssimo te envolverá em sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer será Santo e será chamado Filho de Deus.
      Lucas 1:34
      Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela. Lucas 1:38
      Porque você não colocou o versículo 35, acho que você esqueceu:

      Quem é Jesus para você? Só Homem ou Só Deus ou Homem Deus. A sua natureza humana é unida a sua natureza divina. ELE foi gerado pelo Espírito Santo no seio virginal de Maria Santíssima, então NÂO existe Jesus Deus separado de Jesus Homem. Jesus é ao mesmo tempo DEus e Homem.
      Portanto se Maria é Mãe de Jesus Homem é Mãe de Jesus Deus, ou seja Mãe de Deus, 2ª pessoa da Santíssima Trindade. Tá claro?

      Outro Ponto: Citação sua.
      Usando das passagens bíblicas os católicos simplesmente tiveram a liberdade de acrescentar às passagens da bíblia seus pontos de vistas com relação a Maria, pois eles dizem que Maria é:
      A MÃE DE DEUS – A bíblia nunca disse isto.
      MEDIANEIRA – A Bíblia nunca disse isto.
      CO-REDENTORA - A Bíblia nunca disse isto.
      DISPENSADORA DE TODAS AS GRAÇAS - A Bíblia nunca disse isto.
      ADVOGADA - A Bíblia nunca disse isto.
      INTERCESSORA - A Bíblia nunca disse isto.

      E Moisé não intercedeu pelo seu povo diante de Deus no Monte Sinai:"A eficácia da oração Intercessória. Não há oração tão eficaz quanto a intercessória. Haja vista a prece que Nosso Senhor endereçou ao Pai no jardim da agonia (Jo 17). Através da oração intercessória, estamos a demonstrar amor e altruísmo; provamos que o bem estar do semelhante está acima do nosso. Moisés, por exemplo, chegou a abdicar de sua bem aventurança eterna ao interceder pelos filhos de Israel: "Agora, pois, perdoa o seu pecado; se não, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito" (Ex 32.32). Esta sua intercessão foi tão forte, que levou Deus a poupar os rebelados israelitas

      FILHA PRIMOGÊNITA DO PAI - A Bíblia nunca disse isto.
      RAINHA DOS ANJOS - A Bíblia nunca disse isto.
      IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA - A Bíblia nunca disse isto.
      IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA - A Bíblia nunca disse isto.´
      ESPOSA DO ESPÍRITO SANTO - A Bíblia nunca disse isto.

      E a Bíblia precisa dizer que Maria é sua esposa se foi o Espírito Santo que a fecundou... "35 o Espírito Santo virá sobre ti...

      E TODAS OS OUTROS TÍTULOS QUE OS HOMENS DÃO PARA ELA NÃO ESTÃO NA BÍBLIA.

      Agora me diz : se há na Bíblia algum pecado de Maria. Me cite um.

      Excluir
    3. Valdenice freitas, um grande abraço, só hoje consigo ver o que a idolatria faz, em 25 anos de catolocismo, aceitando doutrinas de homens, e portanto doutrinas de demônios, mas hoje liberto dessa maldição dos idolos, posso adorar a DEUS, em verdade e em espirito, sem colocar a minha frente, imagens de maria(semiramis da antiga babilonia de ninrode), e outros malditos idolos usados pela humanidade. Que o senhor DEUS,que fez os céus e a terra te abençõe grandemente.

      Excluir
    4. Você faltou as aulas de catecismo. Se frequentasse as aulas, aprenderia o que foi destacado abaixo. Mas como não assistiu as aulas, tornou-se presa fácil para os lobos devoradores.

      Meus filhos com menos de 10 anos já sabiam que Maria é simples criatura diante de DEUS e que Jesus Cristo é o único mediador.

      Ou você faltou as aulas ou então não conseguiu entender o que foi explicado e neste caso é natural que você tenha se tornado seguidora de pastor.

      Mas afinal, dizem os protestantes que A Igreja Católica não está na Bíblia. Toda hora dizem que a Igreja não está na Bíblia, bem como também não estaria o papado.

      Depois dizem que a Babilônia bíblica é a Igreja Católica e dizem ainda que o papa é a besta do apocalipse.

      Decidam-se nas acusações, pois uns dizem que a Igreja Católica é arcaica e nunca se modifica e outros dizem que é moderna e alterou a doutrina.

      Sabemos que coerência não é característica marcante nos filhos de Lutero. Os adoradores de pastores não são conhecidos pelo consenso ou união. Não por acaso se dividem em 50.000 seitas diferentes e divergentes entre si.

      Mas pelo menos no que diz respeito ao dueto Igreja/Babilônia, seria indispensável um pouco mais de clareza.

      Afinal, o papa e a Igreja Católica estão ou não estão na Bíblia ?

      Segundo você a Igreja Católica está na Bíblia e é conhecida por Babilônia. Portanto, conto com você quando algum irmão teu disser que a Bíblia não fala em Igreja Católica. Diga a ele em alto e bom som: "Leia a Bíblia".

      Fique na paz.

      Excluir
    5. Sra.Valdenice Freita, por favor não culpe o Santo Espírito de DEUS por tua colossal ignorância. Antes, estude para não repetir as bobagens que vos foram ensinadas pelos falsos mestres. A vosso respeito e a respeito destes falsos cristos, está escrito, respectivamente:

      a)"...atrás de toda a sorte de novidades ajustarão mestres para si."

      b)"...não entram no reino e não deixam que outros entrem."


      Que DEUS tenha misericórdia de tua ignorância sobre o catolicismo e sobre tua idolatria aos ensinamentos humanos.

      Seja Anátema a vossa doutrina !!!

      Excluir
  2. O artigo é infame. E mentiroso. O catecismo da Igreja Católica ensina:

    Catecismo da Igreja Católica:

    “432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2) (17).

    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.


    O tratado de devoção a Santíssima Virgem acrescenta que:

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:

    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    “Confesso com toda Igreja.” Toda Igreja ! Entendeu Sr.Teólogo evangélico ? O teu pastor te ensinou errado e você creu.

    Uma coisa é ouvir de Maria bebendo da fonte verdadeira(Igreja Católica). Outra coisa é ouvir de Maria a partir de artigos escritos pelos lobos devoradores e falsos profetas.

    Quem quiser saber de biologia pergunte ao biólogo. Quem quiser saber de medicina pergunte ao médico. E quem quiser saber de catolicismo consulte a Igreja Católica e não os pregadores protestantes.

    Agora é preciso olhar Maria na posição de homem e não na posição de DEUS. Maria é nada diante de DEUS e é grande diante dos homens. O problema do protestante é olhar para todos de cima para baixo. Aí só ele mesmo é que presta e que entende de Bíblia e os demais são hereges.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eric, respeitosamente, disse:

      O catecismo da Igreja é ensinado para as crianças com 07 anos de idade.

      Aos sete anos de idade aprendemos que Maria é simples criatura diante de DEUS. E aprendemos nesta idade também que Jesus Cristo é o único mediador.

      O protestante tem que ficar adulto e fazer o favor de "aceitar" Jesus para aprender estas verdades que já conhecemos desde crianças.

      Por tudo isto Santo Agostinho disse e o disse bem:

      "Fora da Igreja Católica podemos encontrar de tudo. Encontra-se pessoas com honra. Encontra-se ainda quem defenda a Trindade e quem defenda o Evangelho. Encontra-se ainda quem diga amém ou aleluia. Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Menos Salvação."

      Excluir
  3. Finalizo repetindo o conselho dos santos e que são ignorados pelos soberbos, orgulhosos e por tantos que se fazem sábios aos seus próprios olhos:

    "Queres alegrar o coração da Mãe? ADORA O FILHO. Queres agradar o coração do Filho? IMITA A MÃE."

    ResponderExcluir
  4. Dani Acioli também termina e agradece o espaço democrático e o apreço da blogueira pela liberdade de expressão. Deseja que DEUS a abençoe.

    Conclusão: Vivemos a época dos falsos mestres e dos falsos ensinos. A Bíblia nos adverte que no final muitos deixariam a sã doutrina e se entregariam aos ensinos de homens. Esta é a época de Satanás e da proliferação das seitas e dos "ungidos" e "mestres".

    Mas está escrito: "As portas do inferno não prevalecerão contra a minha Igreja." E Jesus não mente ! Tem sido assim nos últimos 2.000 anos.

    Salve Maria !

    Por Cristo, com Cristo e em Cristo
    A vós Deus Pai todo-poderoso
    Na unidade do Espírito Santo,
    Toda honra e toda a glória
    Agora e para sempre.
    Amém!

    ResponderExcluir
  5. Dani Acioli também finaliza agradecendo o espaço democrático e destacando o apreço da blogueira pela liberdade de expressão.

    Deseja ainda que DEUS todo poderoso e criador dos céus e da terra cubra a blogueira com seu amor e proteção.

    Conclusão: Vivemos o tempo de proliferação das seitas. E com elas chegaram os falsos ensinos e os "sábios" e "mestres" da nova era. A Bíblia já nos adverte que no final dos tempos os homens deixariam a sã doutrina para se entregarem aos ensinamentos humanos. Diz ainda a Bíblia que ávidos pelas novidades os homens ajustariam mestres para si." E dizem ainda as santas escrituras que os falsos "ungidos" fariam comércio dos próprios eleitos. Não entrariam no reino e não deixariam que outros entrassem.

    Decididamente, esta é a hora de Satanás !

    Mas também está escrito: "As portas do inferno não prevalecerão contra a minha Igreja."

    Nos ultimos 2.000 anos muitos tentaram destruir a Igreja. E não conseguiram.

    Que ninguém se engane. A Fé Católica é Fogo Inextinguível.

    Salve Maria !

    Por Cristo, com Cristo e em Cristo
    A vós Deus Pai todo-poderoso
    Na unidade do Espírito Santo,
    Toda honra e toda a glória
    Agora e para sempre.
    Amém!

    ResponderExcluir
  6. E o pensamento do santo católico que bem define o tempo que vivemos:

    "Não acrediteis que os bons podem deixar a Igreja, não é o trigo que o vento carrega. O Furacão não arranca as árvores que tem sólidas raízes, ao contrário são as palhas vazias que a tormenta agita. São as árvores vacilantes que a força do turbilhão abate, contra estes o apóstolo João manifesta a sua repulsa dizendo: 'Saíram do nosso meio mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco.'" 1 Jo 2,19

    (São Cipriano de Cartago 258 d.C).

    ResponderExcluir
  7. A perpétua virgindade de Maria tão atacada pelos protestantes que ingênuamente e enganados por lobos pensam que estão agradando o melhor de todos os filhos que é Cristo Jesus.

    Ezequiel 44,1-3: "Então me fez voltar para o caminho da porta do santuário exterior, que olha para o oriente, a qual estava fechada. Disse-me o Senhor: 'Esta porta estará fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela. Porque o Senhor Deus de Israel entrou por ela, estará fechada. Quanto ao príncipe, ele ali se assentará como príncipe, para comer o pão diante do Senhor; pelo caminho do vestíbulo da porta entrará, e por esse mesmo caminho sairá".

    Ezequiel 46,8.12: "Quando entrar o príncipe, entrará pelo caminho do vestíbulo da porta... Quando for o príncipe [...], a porta oriental lhe será aberta, [...] então ele sairá e a porta será fechada assim que ele sair".

    O SACRIFÍCIO DA MISSA É PROFETIZADO POR DAVID

    O rei David dá a Jesus Cristo, no salmo 109(Bíblia Católica), o título de Sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque, porque nosso divino Salvador irá empregar o pão e o vinho no Sacrifício da Nova Aliança, como outrora o havia feito Melquisedeque.

    O rei profeta O chama Padre eterno porque pai Ele sempre será e porque o sacrifício que Ele irá instituir continuará a existir até o fim dos tempos graças ao sacerdócio católico.

    POR MALAQUIAS

    O profeta Malaquias diz, no primeiro capítulo, versículo 11, que “depois do nascer e até o pôr do sol, será oferecido, em toda parte[45] (em todo lugar[46]) um sacrifício puro e sem mancha à majestade do Altíssimo”.

    POR JEREMIAS

    O profeta Jeremias, no capítulo 33, versículo 18, profetiza que “nunca se verá faltar os sacerdotes e os sacrifícios”.[47]

    E é a Igreja Católica, pelo ministério dos seus sacerdotes, que oferecerá até o fim dos tempos, em todos os lugares, o Sacrifício da Cruz, perpetuado pelo santo Sacrifício da Missa, conforme as profecias de David, Malaquias e Jeremias.

    Fonte: http://www.capela.org.br/Missa/origens.htm

    E esta é a fé da Igreja: que Jesus Cristo está sentado a direita do Pai e está fisicamente presente, tem uma Presença Real em todos os altares onde o santo Sacrifício da Missa é oferecido, e é o seu Corpo e é o seu Sangue que nos são dados como alimento e bebida da alma:

    “Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue tem a vida eterna...” [*219].

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gloria ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre e pelos séculos dos séculos, amém."

      Senhor, anunciamos a tua morte, proclamamos a vossa ressureição. Vinde Senhor Jesus !!!

      Excluir
  8. Napoleão Bonaparte, inimigo da Santa Igreja dizia que para fundar uma igreja duas coisas eram necessárias: A primeira morrer em uma cruz e a segunda retornar dos mortos. Dizia ainda que a primeira não era desejo dos homens e a segunda não lhes era possível.

    Para todos aqueles que trocam a Igreja fundada por Jesus Cristo pelas igrejas de homens, vai um recado da Igreja Primitiva que não tinha Bíblia, mas tinha cristãos melhores e mais provados do que nós:


    "Não acrediteis que os bons podem deixar a Igreja, não é o trigo que o vento carrega. O Furacão não arranca as árvores que tem sólidas raízes, ao contrário são as palhas vazias que a tormenta agita. São as árvores vacilantes que a força do turbilhão abate, contra estes o apóstolo João manifesta a sua repulsa dizendo: 'Saíram do nosso meio mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco.'" 1 Jo 2,19

    (São Cipriano de Cartago 258 d.C).


    E para aqueles que fazem de Jesus o pior dos filhos quando julgam que ele desprezava sua mãe ou que ignorava o mandamento dado pelo seu Altíssimo Pai para honrar pai e mãe, vai um recado da Igreja do primeiro milênio:

    O concílio de Latrão
    Definição como dogma no ano de 649, no Concílio Regional de Latrão(não ecumênico):

    “ Se alguém, segundo os Santos Padres, não confessa que própria e verdadeiramente é Mãe de Deus a santa e sempre virgem e imaculada Maria, já que concebeu nos últimos tempos sem sêmen, do Espírito Santo, o próprio Deus-Verbo (…) e que deu à luz sem corrupção, permanecendo a sua virgindade indissolúvel mesmo depois do parto, seja anátema”.


    ResponderExcluir
  9. Este pastor que escreveu este artigo infâme não tem a menor idéia dos escritos dos primeiros cristãos.

    Vejam no endereço abaixo como era vista a Virgem Maria na Igreja primitiva e na Igreja do primeiro milênio.

    http://aigrejaromana.blogspot.com.br/2012/06/virgem-maria-e-os-primeiros-cristaos.html

    ResponderExcluir
  10. Este pastor que escreveu este artigo infâme não tem a menor idéia dos escritos dos primeiros cristãos.

    Vejam no endereço abaixo como era vista a Virgem Maria na Igreja primitiva e na Igreja do primeiro milênio.

    http://aigrejaromana.blogspot.com.br/2012/06/virgem-maria-e-os-primeiros-cristaos.html

    ResponderExcluir
  11. TESTEMUNHO DOS “PAIS DA IGREJA”

    IRENEU- “A Virgem Maria… sendo obediente à sua palavra, recebeu do anjo a boa nova de que ela daria à luz Deus” (Santo Irineu, Bispo de Lion, Discípulo de Policarpo, 180 d.C. – Contra Heresias);

    SANTO ALEXANDRE - “Jesus Cristo … teve um corpo gerado, não em aparência, mas verdadeiramente, derivado da Mãe de Deus” (Santo Alexandre, morto em 328 – antes do concílio de Éfeso de 431);

    SANTO EFRÉM - “A obra prima da Sabedoria de Deus tornou-se a Mãe de Deus” Santo Efrém que viveu na Síria em 373 (antes do concílio de Éfeso).

    ResponderExcluir
  12. “Há sessenta rainhas‚ oitenta concubinas‚ e inumeráveis jovens mulheres; uma porém‚ é a minha pomba‚ uma só a minha perfeita; ela é a única de sua mãe‚ a predileta daquela que a deu à luz. Ao vê-la‚ as donzelas proclmam-na bem aventurada‚ rainhas e concubinas a louvam. Quem é essa que surge como a aurora‚ bela como a lua‚ brilhante como o sol‚ temível como um exército em ordem de batalha?” (Cant 6‚ 8-10)


    Quem é esta mulher escolhida entre as prediletas?

    Quem é essa mulher que é a perfeita e proclamada bem aventurada entre as concubinas e rainhas?

    Quem será essa mulher que é mais bela que o luzeiro da noite e que brilha comparada ao sol?

    Quem será essa mulher que‚ além de bela como a lua‚ é temível como um exército preparado para um ataque?

    O evangelho de São Lucas foi escrito em grego koiné.

    Em grego , a palavra que o Anjo usa para saudar Maria é Haire Kechatoriemêne que no grego Koiné que Lucas escreveu, significa " Alegra-te, portadora de graça sem medida "= alegra-te cheia de graça , e não "agraciada".

    A tradução do falsário João Ferreira de Almeida adulterou o texto original,

    Propositalmente para a alegria daqueles que odeiam a mãe de Jesus Cristo.

    No versículo 30 o Anjo diz a Maria: "encontraste GRAÇA diante de Deus, e não, encontraste "agraciamentos" diante de Deus,

    Lucas fala da Graça de Deus que Maria encontrou.

    Somente Maria encontrou graça diante de Deus, e para si mesma, e para cada pessoa, em particular.

    Os patriarcas, os profetas e todos os santos da Antiga Lei não puderam encontrar esta graça.

    Só depois de ter dito isto é que o Anjo Gabriel diz a Maria que ela conceberia e daria a luz um filho.

    Portanto a Graça que Maria encontrou diante de Deus é que a fez merecer a Graça de ser a mãe de Meu Senhor ( Lucas 1, 43)

    Cultuamos Maria porque antes de nós o Anjo do Altíssimo Senhor o fez.

    O próprio Espírito Santo, falando pela boca de Isabel, proclamou que ela é bendita entre as mulheres.

    João Batista estremeceu de alegria no ventre de Isabel ao ouvir a saudação de Maria.

    Isabel se diz honrada com a visita de Maria a quem ela chama de mãe do seu Senhor.

    E como sabemos o SENHOR É DEUS E NÃO HÁ OUTRO.

    Deuteronômio 4:39: "Reconheçam isso hoje, e ponham no coração que o Senhor é Deus em cima nos céus e embaixo na terra. Não há nenhum outro."

    Maria é bem aventurada porque acreditou; e que ela é a mãe de Deus, pois o Senhor é Deus, que escolheu Maria como Sua Mãe para descer à nossa humanidade.

    O que nós católicos temos pela Virgem Maria é amor e respeito, por aquela que soube dizer “sim” a Deus, e se entregar por inteira independente de sua própria vontade, reconhecendo-se como “escrava do Senhor” (Lc 1, 38).

    Mas mesmo assim, muitos a atacam, e mentem quando dizem que a colocamos no lugar de Deus, o que de fato é impossível, pois a própria Maria se intitula “escrava do Senhor”.

    ResponderExcluir
  13. O que os maus pastores escondem dos crentes evangélicos:


    TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM – por São Luís Maria Grignion de Montfort

    Necessidade da devoção à Santíssima Virgem

    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Jesus Cristo é o fim último da devoção à Santíssima Virgem

    61. Primeira verdade. – Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega, o princípio e o fim de todas as coisas.

    Isto os pastores não contam.

    É a doutrina católica que eles omitem.

    ResponderExcluir
  14. Ainda o Tratado: (doutrina católica que os pastores fingem não conhecer):


    Nós só trabalhamos, como diz o apóstolo, para tornar todo homem perfeito em Jesus Cristo, pois é em Jesus Cristo que habita toda a plenitude da Divindade e todas as outras plenitudes de graças, de virtudes, de perfeições; porque nele somente fomos abençoados de toda a bênção espiritual; porque é nosso único mestre que deve ensinar-nos, nosso único Senhor de quem devemos depender, nosso único chefe ao qual devemos estar unidos, nosso único modelo, com o qual devemos conformar-nos, nosso único médico que nos há de curar, nosso único pastor que nos há de alimentar, nosso único caminho que devemos trilhar, nossa única verdade que devemos crer, nossa única vida que nos há de vivificar, e nosso tudo em todas as coisas, que deve bastar-nos.

    Abaixo do céu nenhum outro nome foi dado aos homens, pelo qual devamos ser salvos. Deus não nos deu outro fundamento para nossa salvação, nossa perfeição e nossa glória, senão Jesus Cristo. Todo edifício cuja base não assentar sobre esta pedra firme, estará construído sobre areia movediça, e ruirá fatalmente, mais cedo ou mais tarde. Todo fiel que não está unido a ele, como um galho ao tronco da videira, cairá e secará, e será por fim atirado ao fogo. Fora dele tudo é ilusão, mentira, iniqüidade, inutilidade, morte e danação. Se estamos, porém, em Jesus Cristo e Jesus Cristo em nós, não temos danação a temer; nem os anjos do céu, nem os homens da terra, nem criatura alguma nos pode embaraçar, pois não pode separar-nos da caridade de Deus que está em Jesus Cristo. Por Jesus Cristo, com Jesus Cristo, em Jesus Cristo, podemos tudo: render toda a honra e glória ao Pai, em unidade do Espírito Santo e tornar-nos perfeitos e ser para nosso próximo um bom odor de vida eterna.

    62. Se estabelecermos, portanto, a sólida devoção à Santíssima Virgem, teremos contribuído para estabelecer com mais perfeição a devoção a Jesus Cristo, teremos proporcionado um meio fácil e seguro de achar Jesus Cristo. Se a devoção à Santíssima Virgem nos afastasse de Jesus Cristo, seria preciso rejeitá-la como uma ilusão do demônio. Mas é tão o contrário, que, como já fiz ver e farei ver, ainda, nas páginas seguintes, esta devoção só nos é necessária para encontrar Jesus Cristo, amá-lo ternamente e fielmente servi-lo.

    ResponderExcluir
  15. Finalizando por hoje:

    Doutrina Católica omitida pelos "ungidos" e "abençoados":

    O Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem:

    15. Digo, entretanto, que, supostas as coisas como são, já que Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem, depois que a formou, é de crer que não mudará de conduta nos séculos dos séculos, pois é Deus, imutável em sua conduta e em seus sentimentos.

    29. Por meio de Maria, Deus Pai quer que aumente sempre o número de seus filhos, até a consumação dos séculos, e diz-lhes estas palavras: In Iacob inhabita – Habita em Jacob (Ecli 24, 13), isto é, faze tua morada e residência em meus filhos e predestinados, figurados por Jacob e não nos filhos do demônio e nos réprobos, que Esaú figura.

    30. Assim como na geração natural e corporal há um pai e uma mãe, há, na geração sobrenatural, um pai que é Deus e uma mãe, Maria Santíssima. Todos os verdadeiros filhos de Deus e os predestinados têm Deus por pai, e Maria por mãe; e quem não tem Maria por mãe, não tem Deus por pai. Por isso, os réprobos, os hereges, os cismáticos, etc., que odeiam ou olham com desprezo ou indiferença a Santíssima Virgem, não têm Deus por pai, ainda que disto se gloriem, pois não têm Maria por mãe. Se eles a tivessem por Mãe, haviam de amá-la e honrá-la, como um bom e verdadeiro filho ama e honra naturalmente sua mãe que lhe deu a vida.

    O sinal mais infalível e indubitável para distinguir um herege, um cismático, um réprobo, de um predestinado, é que o herege e o réprobo ostentam desprezo e indiferença pela Santíssima Virgem17 e buscam por suas palavras e exemplos, abertamente e às escondidas, às vezes sob belos pretextos, diminuir e amesquinhar o culto e o amor a Maria. Ah! Não foi nestes que Deus Pai disse a Maria que fizesse sua morada, pois são filhos de Esaú.

    17) Quicumque vult salvus esse, ante omnia opus est ut teneat de Maria firmam fidem (São Boaventura, Psalter. maius B.V., Symbol. Instar Symboli Athanasii).

    31. O desejo de Deus Filho é formar-se e, por assim dizer, encarnar-se todos os dias, por meio de sua Mãe, em seus membros. Ele lhe diz: “In Israel hereditare – Possui tua herança em Israel” (Ecli 24, 13), como se dissesse: Deus, meu Pai, deu-me por herança todas as nações da terra, todos os homens bons e maus, predestinados e réprobos. Eu os conduzirei, uns com a vara de ouro, outros com a vara de ferro; serei o pai e advogado de uns, o justo vingador para outros, o juiz de todos; mas vós, minha querida Mãe, só tereis por herança e possessão os predestinados, figurados por Israel.Como sua boa mãe vós lhes dareis a vida, os nutrireis, educareis; e, como sua soberana, os conduzireis, governareis e defendereis.

    32. “Um grande número de homens nasceu nela”, diz o Espírito Santo: Homo et homo natus est in ea. Conforme a explicação de alguns Santos Padres o primeiro homem nascido em Maria é o homem-Deus, Jesus Cristo; o segundo é um homem puro, filho de Deus e de Maria por adoção. Se Jesus Cristo, o chefe dos homens, nasceu nela, os predestinados, que são os membros deste chefe, devem também nascer nela, por uma conseqüência necessária. Não há mãe que dê à luz a cabeça sem os membros ou os membros sem a cabeça: seria uma monstruosidade da natureza. Do mesmo modo, na ordem da graça, a cabeça e os membros nascem da mesma mãe, e, se um membro do Corpo Místico de Jesus Cristo, isto é, um predestinado, nascesse de outra mãe que Maria, que produziu a cabeça, não seria um predestinado, nem membro de Jesus Cristo, e sim um monstro na ordem da graça.

    ResponderExcluir
  16. “É “o amor até o fim” que confere o Valor de redenção de reparação, de expiação e de satisfação ao sacrifício de Cristo. Ele nos conheceu a todos e amou na oferenda de sua vida. “A caridade de Cristo nos compele quando consideramos que um só morreu por todos e que, por conseguinte, todos morreram” (2 Cor 5,14). NENHUM HOMEM, AINDA QUE O MAIS SANTO, TINHA CONDIÇÕES DE TOMAR SOBRE SI OS PECADOS DE TODOS OS HOMENS E DE SE OFERECER EM SACRIFÍCIO POR TODOS. A existência em Cristo da Pessoa Divina do Filho, que supera e, ao mesmo tempo, abraça todas as pessoas humanas, e que o constitui Cabeça de toda a humanidade, torna possível seu sacrifício redentor por todos.”(Catecismo da Igreja Católica Parágrafo 616)

    ResponderExcluir
  17. Não há como errar.

    Contra Maria, estão Malafaia que vende a Bíblia da prosperidade. Macedo que prega a favor do aborto. Santiago que nega que Jesus Cristo seja DEUS. RR Soares que prega a confissão positiva. Terra Nova que prega o perdão do homem a DEUS e a regressão ao útero materno.

    Estão ainda contra Maria, o pastor Marcos Pereira que está preso. O casal Hernandes que já esteve preso.

    Estão também contra Maria o Reverendo Moon que nega que a obra de Cristo tenha sido perfeita e que foi recebido com pompas na Assembléia de Deus.

    Também advogam contra Maria o pastor Pororoca, Neusa Itioka, Sarah Sheeva, Valadão com seus berros de leão, Valnice que previa a volta de Jesus em 2007 e a denominação que disse que João Paulo II era a besta do Apocalipse.

    E contra Maria também temos as denominações Bola de Neve, Florzinha de Jesus e tantas outras com nomes estranhos.

    E quem é por Maria ?

    Advogam por Maria Isabel que de acordo com a Bíblia, estando repleta do Espírito Santo disse: "De onde me vem a honra de receber a visita da mãe do meu Senhor."

    E como sabemos o Senhor é DEUS e não há outro.

    Também advogam a favor de Maria João Batista que de acordo com a Bíblia estremeceu de alegria no ventre de Isabel tão logo ouviu a saudação de Maria.

    E João, o discípulo mais amado que ouviu do Senhor as seguintes palavras: "Eis a tua mãe."

    E de acordo com a Bíblia, daquele momento em diante o mais amado dos discípulos levou Maria para sua casa.

    A favor de Maria está a Igreja primitiva com Santo Efren, Santo Ambrósio, Santo Atanásio. São Bernardino, São Bernardo.

    A favor de Maria estão São Thomás de Aquino o mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios.

    A favor de Maria estão Santo Agostinho, São Francisco de Assis, São Francisco de Sales, Santa Teresinha de Lesieux e todos os Doutores assim reconhecidos pela Igreja.

    A favor de Maria está Ratzinger, reconhecido até mesmo pelos protestantes históricos como o maior teólogo da atualidade.

    A favor de Maria estão até mesmo os reformadores Lutero, Calvino e Wesley.

    Uma pena que os pastores não deixam que os crentes conheçam os escritos dos reformadores !

    Como foi dito. Não há como errar.

    Quando malafaia e cia,estão contra a Virgem Maria, é certo que todos devem ser a favor daquela que pela Bíblia deverá ser proclamada como Bem AVenturada por todas as gerações.

    Em que Igreja se cumpre a profecia bíblia ?

    Não tem como errar. Pela Bíblia devemos ficar com aqueles que honram a mulher que ouviu do anjo do Altíssimo DEUS: "Ave Maria".

    A única criatura que foi reverenciada por um anjo. Até Abraão prostou-se diante de um anjo. O mesmo fez João no Apocalipse.

    Fiquemos com a Bíblia que nos ensina pela boca do Anjo do Altíssimo DEUS:

    "achastes graça diante de DEUS."

    E, finalmente, só posso crer em um Jesus Cristo pró Maria.

    Afinal de contas quem pode melhor cumprir o mandamento que seu próprio pai deu a humanidade: "Honrar pai e mãe".

    Só um depravado consegue enxergar em Jesus um filho que não cumpre o mandamento dado pelo seu Altíssimo pai.

    Quem tem ouvidos que ouça.

    ResponderExcluir
  18. MARIA MÃE DE DEUS ???


    Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor? Lucas 1:43-44


    Mas quem é o Senhor do qual falou Isabel quando disse "...mãe do meu Senhor" ???

    "Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirei do Egito, da terra da escravidão. Deuteronômio 5:6-7

    Pois, que grande nação tem um Deus tão próximo como o Senhor, o nosso Deus, sempre que o invocamos? Deuteronômio 4:7

    Reconheçam isso hoje, e ponham no coração que o Senhor é Deus em cima nos céus e embaixo na terra. Não há nenhum outro.
    Deuteronômio 4:39


    Ora, concluímos que o Senhor é DEUS !!!!!!!!!


    Isaías 45,1.4-6

    Isto diz o Senhor sobre Ciro, seu Ungido: "Tomei-o pela mão para submeter os povos ao seu domínio, dobrar o orgulho dos reis, abrir todas as portas à sua marcha, e para não deixar trancar os portões. Por causa de meu servo Jacó, e de meu eleito Israel, chamei-te pelo nome; reservei-te, e não me reconheceste.

    Eu sou o Senhor, não existe outro: fora de mim não há deus.

    Armei-te guerreiro, sem me reconheceres, para que todos saibam, do oriente ao ocidente, que fora de mim outro não existe. Eu sou o Senhor, não há outro”.

    E também podemos concluir sem medo de errar :

    NÃO HÁ DEUS ALÉM DO SENHOR !!!

    Portanto, sendo a Bíblia um livro profético e também a Palavra de DEUS, é óbvio que quando Isabel diz Mãe do Meu Senhor, está dizendo também MÃE DO MEU DEUS.

    QUE NINGUÉM SE ENGANE OU SE DEIXE ENGANAR POR FALSOS ENSINOS E FALSOS MESTRES QUE TRATAM DE INJURIAR A SANTA MÃE DE JESUS CRISTO !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o detalhe crucial nesta passagem é que quando Isabel disse MÃE DO MEU SENHOR, ela o fez estando repleta do Espírito Santo.

      É o que ensina a Bíblia.

      Pena que alguns só fazem a leitura do que gostam.

      Ao contrário de Isabel que estava repleta do Espírito Santo, o pregador protestante que está sem o Espírito Santo, diz em alto e bom som: "Maria, mulher como outra qualquer."

      Ora, com quem devemos ficar ?

      Com a Bíblia, Isabel e o Espírito Santo, ou com o pregador protestante cheio de ódio ?

      Por isto se diz: "Tem olhos e não enxergam, tem ouvidos e não escutam."

      Excluir
  19. Mais um pastor que despreza Maria refutado por católicos:

    https://afeexplicada.wordpress.com/2014/10/31/refutando-o-reverendo-augustus-nicodemus/

    ResponderExcluir
  20. Segundo o site a Fé Explicada:

    "Maria é a Mulher vestida de sol, com a lua aos pés (símbolo de sua assunção) (Apo 12,1), personifica a Igreja, o povo de Israel. É Maria “aquela que deu à luz um filho que regerá o mundo com cetro de ferro” (Apo 12,5) o Salvador, e recebeu asas para voar (Apo 12,14).

    Por isso, com relação à Assunção de Maria podemos dizer “Levanta-te, Senhor, ao teu repouso, tu e a arca da tua força.”Salmos 132,7-8. Jesus, de fato, ergueu-se por seu poder (Ascenção) e buscou e elevou sua Arca, Maria, sua Mãe, (Assunção)."


    Recordamos que a Bíblia é um livro profético.

    ResponderExcluir
  21. A profecia biblica cumpre-se somente na Igreja Catolica.

    ResponderExcluir
  22. A devoção dos pais dos evangélicos a Santíssima Virgem

    LUTERO, PAI DOS EVANGÉLICOS: Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).
    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

    “É uma doce e piedosa crença esta de que a alma de Maria não possuía o pecado original; assim, sua alma estava completamente purificada do pecado original e embelezada com os dons de Deus, por ter recebido de Deus uma alma pura. Portanto, desde o primeiro momento de sua vida, ela estava livre de todo o pecado” (Martinho Lutero, “Sermão sobre o Dia da Conceição da Mãe de Deus”, 1527).

    CALVINO, SEGUIDO PELA MAIORIA DAS DENOMINAÇÕES EVANGÉLICAS: “Não podemos reconhecer as bênçãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus.” (Comm. Sur l’Harm. Evang.,20)

    “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38)( Obra de Calvino 45,38)

    JOHN WESLEY: “Creio que Jesus foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.”

    ZWINGLIO: “Firmemente creio, segundo as palavras do Evangelho, que Maria, como virgem pura, nos gerou o Filho de Deus e que, tanto no parto quanto após o parto, permaneceu virgem pura e íntegra.” (Zwinglio, em “Corpus Reformatorum”)

    ResponderExcluir
  23. Livro de Sabedoria de Salomão a respeito de Virgem Maria e de São José:

    13. "Feliz a mulher estéril, mas pura de toda a mancha, a que não manchou seu tálamo: ela carregará seu fruto no dia da retribuição das almas.

    14. Feliz o eunuco cuja mão não cometeu o mal, que não concebeu iniqüidade contra o Senhor, porque ele receberá pela sua fidelidade uma graça de escol, e no templo do Senhor uma parte muito honrosa..."

    Segundo Edmilson Silva, a mulher estéril no caso é uma figuração da virgindade de Maria, o eunuco é uma figuração de São José, pois os primeiros capítulos do livro de Sabedoria são todos messiânicos.

    Acrescenta o apologista:

    "Mais vale uma vida sem filhos, mas rica de virtudes: sua memória será imortal, porque será conhecida de Deus e dos homens. 2. Quando está presente, imitam-na; quando passada, desejam-na; ela leva na glória uma (COROA) eterna, por ter triunfado sem mancha nos combates.” (Sabedoria capítulo 4)

    ESSES VERSÍCULOS SE ENCAIXAM COM O LIVRO APOCALIPSE 12:
    QUE DIZ: Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma (COROA) de doze estrelas.

    POR ISSO ESTÁ ESCRITO EM:
    Isaías 62: 3 Que diz você será uma COROA DE GLÓRIA na mão do Senhor, e um diadema real na mão do teu Deus."

    ResponderExcluir
  24. Segundo o apologista Emilson Silva:

    "MARIA A SEMPRE VIRGEM É PROCLAMADA COMO A UM JARDIM FECHADO:

    POR ISSO ESSA PROFECIA DE SABEDORIA SE CUMPRE NELA:
    _
    És um jardim fechado, minha irmã, minha esposa, uma nascente fechada, uma fonte selada.” (Cânticos capítulo 4)"

    ResponderExcluir
  25. Pedro de Alexandria (305 d.C)

    “Eles vieram para a Igreja da Santíssima Mãe de Deus e sempre Virgem Maria, que, como se começou a dizer, ele tinha construído no bairro ocidental, em um subúrbio, um cemitério dos mártires.” (Os Atos genuínos de Pedro de Alexandria).

    ResponderExcluir
  26. Santo Hipólito de Roma (NASCIDO NO ANO 170 d.C)

    “Para de todas as gerações eles têm retratado por diante os grandiosos assuntos para a contemplação e para a ação. Assim, também, eles pregavam o advento de Deus em carne e osso para o mundo, seu advento pela impecável e mãe de Deus (Theotokos) Maria no caminho do nascimento e crescimento, e a forma de sua vida e conversa com os homens, e sua manifestação por meio do batismo, e o novo nascimento, que era para ser para todos os homens, e a regeneração pela pia [do batismo]” (Discurso sobre o Fim do Mundo, 1).
    ___________________________________________________________________

    ResponderExcluir
  27. CONCÍLIO DE EFESO REALIZADO NO ANO 431

    “Se alguém não confessar que o Emanuel é muito Deus, e que, portanto, a Santíssima Virgem é a Mãe de Deus (Theotókos), na medida em que na carne ela gerou o Verbo de Deus feito carne [como está escrito:”

    A Palavra se fez carne ‘: seja anátema “.

    Concílio de Éfeso, Anathemas contra Nestório, I (AD 430), em NPNF2, XIV: 206

    ResponderExcluir
  28. O QUE OS LOBOS DEVORADORES, CÃES GULOSOS E AVES DE RAPINA ESCONDEM SOBRE A DOUTRINA CATÓLICA ???


    TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    ResponderExcluir
  29. AINDA O TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

    (DOUTRINA CATÓLICA OCULTADA PELOS "UNGIDOS" DE MEIA PATACA QUE QUEREM ENGANAR AOS CRENTES)

    61. Primeira verdade. – Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega23, o princípio e o fim de todas as coisas.


    ResponderExcluir
  30. Segundo o apologista Fernando Nascimento em belíssimo texto contra o herege Hernandes Dias Lopes:

    "A prova cabal de que Maria é imaculada, é seu Filho, que se afirmava "filho do homem", ou seja, humano. Mas humano sem pecado, uma exceção a Romanos 3,23, “com efeito, todos pecaram e todos estão privados da glória de Deus". Ora, Jesus não está incluído nesse “todos”, mesmo sendo filho de uma mulher. ”Quem fará sair o puro do impuro? Ninguém!” (Jó, 14,4). Atribuir pecado a Maria é atribuí-lo também a Jesus, e contradizer-se quando diz como o pastor: “ Todos herdamos o pecado de nossos pais.” . Um melhor conhecimento das Escrituras iria poupar este pastor de tanto mico."

    Que beleza: "Quem fará sair o puro do impuro? Ninguém!” (Jó, 14,4)."

    Impossível sair um Jesus puro de uma mãe impura.

    Vai ler a Bíblia pastoreco !!!

    ResponderExcluir
  31. Segundo Dani Acioli:

    É público e notório os achismos dos pastores evangélicos acerca da figura da Santíssima Mãe de Jesus Cristo.

    Alguns destes pregadores chegam a produzir textos e mais textos com ataques dirigidos a Santíssima Virgem Maria.

    Em especial, o que de fato incomoda estes pregadores são as doutrinas católicas que defendem:

    1)A perpétua virgindade de Maria;
    2)Sua condição de Mãe de Deus;
    3)Seus privilégios como serva do Altíssimo Deus, especialmente sua atuação como intercessora.

    A fala comum que aproveita a todos pode ser observada no seguinte exemplo:


    Texto: “Maria, genitora de Cristo há dois mil anos, foi uma mulher pecadora igual às demais, sujeita às fraquezas e falhas inerentes aos seres humanos. Se ela fosse verdadeiramente mãe de DEUS como ensina a proscrita igreja romana em suas espúrias orações (Ave Maria - "santa Maria mãe de DEUS"), ela teria intimidade com o ALTÍSSIMO...”

    Nosso comentário:

    O texto afirma que Maria foi pecadora;
    O texto afirma que Maria não é mãe de Deus;
    O texto afirma que Maria não tem intimidade(prerrogativas) junto a Deus.

    Onde se encontra o texto ?

    O texto foi produzido por INRI CRISTO.

    E pode ser visto no endereço eletrônico: http://www.inricristo.org.br/index.php/pt/curiosidades/humanidade-precisa-saber/229-verdade-virgem-maria-cristo - Disponível na Internet em 18/03/2015

    E quem concorda com as palavras do INRI CRISTO ?

    Além do INRI CRISTO, estão contra Maria Malafaia da Bíblia da prosperidade. Macedo que prega a favor do aborto. Santiago que prega a heresia de Ário. RR Soares que prega a confissão positiva. Terra Nova que prega o perdão do homem a DEUS e a regressão ao útero materno.

    Estão ainda contra Maria, o pastor Marcos Pereira e o casal Hernandes cujas doutrinas dispensam comentários.

    Estão também contra Maria o Reverendo Moon que nega que a obra de Cristo tenha sido perfeita e que foi recebido com pompas na Assembleia de Deus.

    Também advogam contra Maria o pastor Pororoca, Neusa Itioka, Sarah Sheeva, Valadão com grito de leão, Valnice que previa a volta de Jesus em 2007 e a denominação que disse que João Paulo II era a besta do Apocalipse.

    A todos eles juntam-se Renato Vargens, Ciro Zibordi, Solano Portella e Abner Ferreira.

    E contra Maria também temos as denominações Bola de Neve, Florzinha de Jesus, a Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso e tantas outras com nomes estranhos.

    Não há como errar.

    Se todos estão contra Maria, incluindo o INRI CRISTO, é certo que os certos não podem ser eles.

    ResponderExcluir
  32. Ave Maris Stella !!!

    Se Abraão e João prostraram-se diante de anjos, Maria foi a única criatura para a qual um anjo fez referência exclamando: "Ave Maria ! "

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !!!
    Para sempre seja louvado.

    ResponderExcluir
  33. O mais trágico é quando os auto proclamados "ungidos" dizem que Jesus desprezou sua mãe.

    Como é possível o Senhor da Glória desprezar o mandamento de seu Pai DEUS todo poderoso: "Honrar pai e mãe."

    Seguramente, podemos afirmar que Jesus Cristo é o melhor dos filhos.

    E ele nada nega a sua Santa mãe de modo que mesmo não tenho chegado sua hora nas Bodas de Canã, a pedido de Maria ele realizou seu primeiro milagre.

    Ingratos !!!

    Eis que o Senhor deu a sua mãe de presente ao discípulo mais amado. "João, eis a tua mãe."

    E a Bíblia nos conta de daquele momento em diante João a levou para sua casa.

    Quem nos dias atuais está levando Maria para casa como João ?

    A profecia cumpre-se somente na Igreja Católica.

    ResponderExcluir
  34. O sacrifício perfeito é o sacrifício de Jesus na cruz.

    ‘De fato, com esta única oferenda, levou à perfeição, e para sempre, os que Ele santifica’ (Heb 10, 14).

    O sacrifício da cruz é ainda oferecido em cada Missa.
    ‘Do levantar ao pôr do sol, meu nome será grande entre as nações, e em todo lugar será oferecido ao meu Nome um sacrifício e uma oferenda pura.’ (Mal. 1, 11).

    A Santíssima Virgem compreendeu sua missão.

    ResponderExcluir
  35. O apologista Edmilson Silva ensina:

    UMA PROFECIA CUMPRIDA EM MARIA DIZ:

    Que ela leva na GLÓRIA uma (COROA) eterna, por ter triunfado sem mancha nos combates.” (Sabedoria capítulo 4)
    ___________________________________________________________________
    Isaías 62: 3

    Você será uma COROA de glória na mão do Senhor, e um diadema real na mão do teu Deus.

    ResponderExcluir
  36. O mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios. Tomás de Aquino explica:

    "A natureza humana de Jesus se unira à natureza divina em Maria, Tabernáculo do Altíssimo. Era a realização das súplicas do profeta Isaías no Antigo Testamento:

    ( Ah ! Se rompesses o céu e descesses ).

    Ele desceu, viveu entre nós, pisou nosso chão.

    Maria, obra prima do DEUS UNO E TRINO. Tabernáculo do DEUS vivo.

    ResponderExcluir
  37. Parabéns a todas as mães pelo dia de ontem.
    Que grande dom de DEUS a maternidade. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !
    E salve a mãe das mães. Mãe do redentor, salvador, DEUS vivo e sacerdote eterno Cristo Jesus !!!

    Beato João Paulo II
    “Ao pedir ao discípulo predileto que tratasse Maria Santíssima como sua Mãe, Jesus instituiu o culto mariano.”

    São Boaventura
    “Jamais li que algum Santo não tivesse sido devoto especial da Santíssima Virgem Maria.”

    Santo Eutímio
    “Depois de Deus tudo podes, e teu Filho, Deus e Senhor de todos nós, Te concede tudo como à Mãe, pois com toda a justiça se rende a tuas entranhas maternais.”

    ResponderExcluir
  38. São Lourenço de Brundisio
    “Que pode faltar ao homem que tem a Maria por onipotente advogada diante de Deus onipotente?”

    São João Maria Vianney – o Cura d’Ars
    “Se um pai ou uma mãe muito ricos tivessem muitos filhos e todos eles viessem a morrer, restando apenas um, esse herdaria todos os bens. Pelo pecado original, todos os filhos de Adão morreram para a graça, e somente Maria Santíssima, isenta do pecado, herdou as graças de inocência e favores que caberiam aos filhos de Adão, se eles tivessem permanecido em estado de inocência. Deus tornou Maria Santíssima depositária das suas graças”.

    Santo João Paulo II
    “Seria impossível citar a multidão, sem conta, de Santos que encontraram no Santo Rosário um autêntico caminho de santificação.”

    São Pio de Pietrelcina
    “O Santo Rosário é a arma daqueles que querem vencer todas as batalhas.”

    São Luís Maria Grignion de Montfort
    “A devoção do Santo Rosário cotidiano defronta-se com tantos e tais inimigos, que julgo uma das mais assinaladas mercês de Deus perseverar na mesma até a morte.”

    São Vicente de Paulo
    “Depois da Santa Missa, a devoção do Santo Rosário faz cair sobre as almas bem mais graças que qualquer outra, e pelas Ave-Marias se opera muito mais milagres que qualquer outra oração.”

    Santo Tomás de Aquino
    “Eu daria toda a minha ciência teológica pelo valor de uma única Ave-Maria.”

    Santo Alberto Magno
    “A Ave-Maria é a porta do Paraíso.”

    ResponderExcluir
  39. São Bernardo
    “A Ave-Maria é um beijo carinhoso que damos em nossa Mãe do Céu. Ela devolve os beijos. Quantas vezes a saudarmos, tantas vezes ela devolverá nossas saudações. Se lhe fizermos mil saudações, mil vezes ela responderá.”

    Santa Teresa d’Ávila
    “Eu ficaria de bom grado na terra até o fim do mundo, sofrendo os piores tormentos, só para conseguir o merecimento de uma Ave-Maria.”

    São Francisco de Assis
    “Quando digo Ave, Maria, os céus sorriem, os anjos rejubilam, o mundo se alegra, treme o inferno e fogem os demônios. Vós sois, ó Maria, a filha do altíssimo Pai Celestial, a Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo e a Esposa do Divino Espírito Santo.”

    São Francisco de Assis
    “Ave Senhora, Rainha Santa, Santa Mãe de Deus Maria, que és virgem feita Igreja. E escolhida pelo santíssimo Pai do céu, que Ele consagrou com Seu santíssimo dileto Filho e com o Espírito Santo Paráclito, na qual esteve e está toda a plenitude da graça e todo bem. Ave, palácio dele; ave tabernáculo dele; ave casa dele. Ave veste dele; ave serva dele; ave mãe dele. E vós todas santas virtudes, que pela graça e iluminação do Espírito Santo sois infundidas nos corações dos fiéis, para que os façais de infiéis a fiéis a Deus.”

    Santa Teresa do Menino Jesus
    “Não tenhas receio de amar demais a Santíssima Virgem Maria, pois jamais conseguirás amá-la o suficiente e Jesus ficará muito feliz, porque a Virgem Santíssima é sua Mãe.”

    São Padre Pio
    “Descansa o teu ouvido no Seu coração materno e escuta as Suas sugestões, e assim sentirás nascer em ti os melhores desejos de perfeição.”

    São Maximiliano Kolbe
    “A Imaculada é o esplendor do amor divino nas nossas almas e a forma de nos aproximarmos do coração de Jesus.”

    São Tomás de Aquino
    “A Bem-aventurada Virgem é o modelo e o exemplo de todas as virtudes. Nela achareis o modelo da humildade.”

    Santo Agostinho
    “O fato de ser Mãe de Cristo traz a Maria lugar único no mistério da redenção, já que por meio dela é que veio ao mundo o Salvador. Essa cooperação na obra da Salvação faz de Maria, espiritualmente, a Mãe de todos os homens.”

    São Luis Maria Grignon de Monfort
    “Somente Maria achou graça diante de Deus, tanto para si como para cada homem em particular. Os Patriarcas e os Profetas, todos os Santos da antiga lei não puderam encontrar essa graça. Porque somente Maria é Mãe da graça. Por isso que Maria foi quem deu à luz ao Autor de toda graça, é que a chamamos Mãe da graça, ‘Mater gratiae’.”

    São Luis Maria Grignon de Monfort
    “Foi pela Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo e é também por Ela que deve reinar no mundo.”

    Santo João Paulo II
    “No momento da Anunciação, respondendo com o seu «fiat», Maria concebeu um homem que era Filho de Deus, consubstancial ao Pai. Portanto, é verdadeiramente a Mãe de Deus, uma vez que a maternidade diz respeito à pessoa inteira, e não apenas ao corpo, nem tampouco apenas à ‘natureza’ humana. Deste modo o nome ‘Theotókos’ — Mãe de Deus — tornou-se o nome próprio da união com Deus, concedido à Virgem Maria.”

    São Tomás de Aquino
    “O Senhor Pai está com Maria, pois Ele não se separa de maneira alguma de seu Filho e Maria possui este Filho, como nenhuma outra criatura, até mesmo angélica.”

    Santo Agostinho
    “A admirável santidade de Maria é fruto da graça de Deus que a cumulou, em vista de sua missão. A Virgem Maria representa o que de mais digno, puro e inocente poderia oferecer esta nossa terra a DEUS, a fim de que o Filho de Deus se dignasse baixar até ela.”

    Santo Idelfonso
    “Redunda em honra do Filho tudo quanto se oferece à Mãe Santíssima.”

    ResponderExcluir
  40. (Lucas 2,33-35) “... e a ti, uma espada transpassará a tua alma!...”

    A espada representa a participação de Maria nos sofrimentos do Filho.

    Trata-se de uma dor inigualável, que transpassa a alma.

    A Santíssima Virgem teria que estar intimamente unida à obra redentora do Seu Filho.

    O Senhor sofreu na Cruz os pecados de cada um de nós que forjaram a espada de dor da nossa Mãe.

    Temos a obrigação de nos empenharmos em favor do desagravo não só com Deus, mas também com a Sua Mãe, que é igualmente nossa Mãe.

    ResponderExcluir
  41. Nossa Senhora é como a lua.
    Ora, a lua não brilha por si só.
    De fato, a lua é um dos mais pobres refletores do sistema solar.

    O tratado da TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM – por São Luís Maria Grignion de Montfort já ensina:

    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Contudo, a lua reflete a luz do sol.
    E o sol é Jesus Cristo.

    Quem olha a lua, enxerga também o sol.
    Quem enxerga Nossa Senhora, seguramente chega a Jesus Cristo.

    Pois como a Bíblia ensina, Nossa Senhora nunca se afastou de seu filho.

    Todo católico entende isto.

    Os maus distorcem. E sobre eles está escrito:

    João 8, 44
    44 Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

    E quanto aos ignorantes...

    "Tem olhos e não enxergam. Tem ouvidos e não escutam."

    ResponderExcluir
  42. Maria não é DEUS. A Igreja sempre ensinou que Maria é Criatura. Obra prima do Altíssimo.

    Os loucos deturpam para tirarem proveito e enganarem os inocentes. Não entram no reino e não deixam que outros entrem.

    Maria não é onipresente. Pois não é Deus.

    Nem é onipotente ou oniciente.

    Mas através da Glória de Deus que nossas mentes não podem alcançar, ela toma conhecimento das nossas orações.

    Por isto a Igreja dos 2.000 anos a chama de onipotente suplicante.

    Através da Glória de Deus, Maria pode conhecer nossas súplicas.

    Pena que alguns acham que Deus cujo poder não tem limites, tem que que caber dentro da Bíblia e só pode fazer o que cada crente consegue entender de sua própria leitura particular.

    Maria não recebe, como Pedro, as chaves do Reino, nem recebe, como os apóstolos, o mandato de percorrer o mundo pregando o Evangelho.

    Maria não escreve o relato de quando viveu, como fazem os evangelistas, nem sérios tratados como os teólogos.

    São João da Cruz explica a influência de Maria:

    São João da Cruz nos dá uma lindíssima explicação direta acerca da eficácia desta intercessão mariana:

    "Não há obra melhor e mais necessária- nos diz - que o amor. Quando alguém alcança este estado de união em amor, não lhe convém ocupar-se em outras obras, nem de exercícios exteriores, que podem lhe tirar a sua atenção de Deus, porque é mais proveitoso estar diante de Deus... Um pouquinho deste amor puro faz mais proveito à Igreja, mesmo que pareça nada fazer, que todas as outras obras juntas... Atentem, pois, aqui os que são muito ativos, que pensam levar ao mundo com suas pregações e obras exteriores, que muito mais proveito fariam à Igreja e agradariam muito mais à Deus, se sequer gastassem a metade deste tempo estando em oração" (Cântico Espiritual, cap. 29, 2).

    Onipotência suplicante quer dizer: aquela que consegue de Deus tudo o que pede. Isso está ou não provado nas Bodas de Caná? O próprio Jesus disse: “que queres de mim, mulher? A minha hora ainda não chegou” (João 2,4). Não tinha chegado a hora de Jesus. Ele era totalmente obediente ao Pai, mas realizou o milagre por causa da intercessão de Nossa Senhora.

    ResponderExcluir
  43. MARIA MISSIONÁRIA E SERVA
    ========================

    Naqueles dias, levantando-se Maria, foi com pressa às montanhas, a uma cidade de Judá. E entrou em casa de Zacarias, e saudou Isabel. (Lc 1, 39-40)

    Aqui temos Maria anunciadora. Maria Missionária.

    Isabel e Zacarias estão repletos de alegria porque serão pais. DEUS havia feito um milagre em suas vidas.

    Porém, a melhor das notícias quem lhes leva é Maria.

    Isabel recebe a notícia de que Maria dará a luz ao salvador do gênero humano.

    O evangelho nos ensina ainda que tomada pelo Espírito Santo, Santa Isabel externa e exclama toda a admiração que tem por Nossa Senhora.

    Maria grávida, não se importa de ter com sua prima Isabel.

    Maria que já era um exemplo de obediência a DEUS quando disse o sim incondicional ao plano de DEUS e um exemplo de confiança quando disse "faça-se em mim conforme sua palavra), agora nos dá exemplo de como um cristão deve ser.

    A mãe do salvador não esperou ser servida, mas colocou-se em missão e no serviço ao próximo. Saiu grávida naquele tempo pelo deserto até encontrar Isabel.

    Maria é missionária e serva ao mesmo tempo.

    E não por acaso João Batista no ventre de sua mãe estremece de alegria ao ouvir sua saudação:

    ¨E aconteceu que, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo; e exclamou em alta voz, e disse: Bendita sois vós entra as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre...¨ (Lc 1, 41-42)

    Perguntamos:

    a)Como ficam os pastores evangélicos quando escutam a vóz de Maria ?

    Repletos do Espírito Santo como Isabel ficou ? Duvido.

    b)Como ficam os pastores evangélicos quando ouvem a saudação de Maria ?

    Estremecem de alegria como João Batista ? Evidente que não.

    ResponderExcluir
  44. Como explica o Padre Paulo Ricardo:

    "Para entender Nossa Senhora como Rainha, existe uma cena que explica, no Antigo Testamento, quando Salomão foi coroado rei. Quando Salomão foi coroado, ele sentou no trono e houve uma grande festa. De repente, entrou na sala a rainha, sua mãe. Ele mandou colocar um trono para ela, que sentou-se. Então, Salomão se inclinou diante dela (cf. 1 Rs 2, 19). Dali pra frente, todas as mães dos reis de Judá passaram a ser as rainhas. Isso aconteceu no Reino do Sul, no reino davídico.

    Os sucessores de Davi, dos quais Jesus faz parte, eram os reis e suas mães eram as rainhas, que mandavam no reino. No Reino de Judá, era sempre o rei filho e a rainha mãe que governavam."


    Quem tem ouvidos que ouça !!!

    ResponderExcluir
  45. MARIA ESTAVA COM OS APÓSTOLOS NA INAUGURAÇÃO DA IGREJA:

    A Virgem Maria esteve presente quando aconteceu o derramamento do Espírito Santo sobre os apóstolos e discípulos de Jesus Cristo, em Pentecostes.

    A Virgem Maria foi aquela que esteve presente nos três eventos mais significativos da história da salvação: na Encarnação do Verbo, no Mistério Pascal de Cristo e no Pentecostes.

    Ela, que é a mulher cheia de graça (cf. Lc 1, 28), estava reunida com os Apóstolos no cenáculo, em Jerusalém, quando aconteceu o derramamento do Espírito Santo. Fonte: Canção Nova

    MARIA E A EUCARISTIA:

    Papa João Paulo II afirma que Ela foi o primeiro sacrário do mundo.

    Segundo o professor Felipe Aquino, Jesus se torna acessível às pessoas na comunhão. Todos podem receber a Eucaristia, independentemente de sua condição física ou psicológica. Deus quis que você recebesse o Corpo, a Alma e a Divindade de Cristo.

    Ensina o brilhante professor católico:

    "Todos nós conhecemos a passagem bíblica que narra as Bodas de Caná (cf. Jo 2,1-12). Naquele momento, o Senhor mudou tanto a aparência como a substância do líquido, diferentemente do que acontece durante a consagração, na celebração da Santa Missa. A essência do trigo é o próprio Corpo de Cristo; a essência do vinho é Seu próprio Sangue.

    Assim como Jesus se fez presente no seio da Santíssima Virgem Maria durante a gestação, quando O recebemos na Hóstia Consagrada, Ele está presente dentro em nós. Então, como Maria, podemos cantar o “Magnificat”.

    Nosso Senhor Jesus Cristo se encarna no corpo de cada um de nós, também com o desígnio de nos salvar. Ele tem uma paixão enorme pela nossa essência, a nossa alma, por isso, tenta de todas as maneiras salvá-la. Diante disso, cabe a nós olharmos para Cristo, na Eucaristia, com a mesma adoração que Isabel recebeu Maria, quando grávida, ao visitá-la (cf. Lc 1,39-56).

    Assim como a Igreja e a Eucaristia não se separam, a Virgem Maria e a Eucaristia também não se separam. Quem entra na comunhão com Cristo, entra na escola de Maria, pois Ela tem muito a nos ensinar!

    ResponderExcluir
  46. E QUEM DEVE COMUNGAR ???

    “Duas espécies de pessoas devem comungar com frequência: os perfeitos, para se conservarem na perfeição, e os imperfeitos, para chegarem à perfeição”. – São Francisco de Sales

    MAS POR QUE DEVO CRER COMO MARIA NA EUCARISTIA ???

    “A Eucaristia não é coisa que se possa descobrir com os sentidos, mas só com a fé, baseada na autoridade de Deus”. – São Tomás de Aquino

    “Não ponhas em dúvida se é ou não verdade, mas aceita com fé as palavras do Salvador; sendo Ele a Verdade, não mente”. – São Cirilo

    E GRITAM OS "LITERAIS PROTESTANTES" (LITERAIS APENAS QUANDO INTERESSA): "ONDE ESTÁ NA BÍBLIA QUE DEVEMOS COMUNGAR ???"

    “Em verdade, em verdade Eu vos digo: Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia” (Jo. 6, 53-54).

    “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai que me enviou vive, e eu vivo pelo Pai, assim também aquele que comer a minha carne, viverá por mim” (Jo 6, 56-57).

    "Eu sou o Pão Vivo que desceu do Céu. Quem comer deste Pão viverá eternamente. E o Pão que eu hei de dar é a minha Carne, para a salvação do mundo."(Jo 6,51)

    "Pois a minha Carne é verdadeiramente comida e o meu Sangue é verdadeiramente bebida." (Jo 6,55)

    ResponderExcluir
  47. O que dizem os "ungidos" sobre a hóstia ???

    Famoso jogador de futebol bonitinho que andava de braços dados com o casal Hernandes: "É uma bolachinha."


    O que dizem os santos e papas ???


    “Jesus Cristo com sua Paixão nos livrou do poder do pecado, mas com a Eucaristia nos livra do poder de pecar”, – Inocêncio III

    “O dar-se Jesus Cristo a nós como alimento foi o último grau de amor. Deu-se a nós para unir-se totalmente conosco como se une o alimento diário com quem o toma.” – São Bernardino de Sena

    “A mesma carne, com que andou (o Senhor) na terra, essa mesma nos deu a comer para nossa salvação; ninguém come aquela Carne sem primeiro a adorar…; não só não pecamos adorando-a, mas pecaríamos se a não adorássemos”. – Santo Agostinho

    “Na Eucaristia nós contemplamos o Sacramento desta síntese viva da lei: Cristo entrega-nos em si mesmo a plena realização do amor a Deus e do amor aos irmãos. Ele comunica-nos este seu amor quando nos alimentamos do seu Corpo e do seu Sangue”. – Papa Bento XVI

    “A Sagrada Comunhão é a derradeira graça de amor, e nela Jesus Cristo se une espiritual e realmente ao fiel, a fim de nele produzir a perfeição de sua Vida e de sua Santidade”. – São Pedro Julião Eymard

    São João Crisóstomo: “Em virtude deste corpo eu já não sou terra e cinza, já não sou prisioneiro, mas livre; em virtude disto espero no paraíso, e receber os seus bens, a herança dos anjos, e conversar com Cristo”.

    São João Paulo II: “Na Comunhão eucarística, pois, recebemos Cristo, o próprio Cristo; a nossa união com Ele, que é dom e graça para cada um de nós, faz com que n’Ele sejamos também associados à unidade do seu Corpo que é a Igreja”.

    Santo Hipólito: “O Corpo de Cristo é para se comer e não para se desprezar”.
    Papa Paulo VI: “Sempre a Igreja Católica conservou religiosamente, como tesouro preciosíssimo, o mistério inefável da fé que é o dom da Eucaristia, recebido do seu Esposo, Cristo, como penhor de amor imenso”.

    São Lourenço: “Nenhuma língua humana pode exprimir os frutos de graças, que atrai o oferecimento do Santo Sacrifício da Missa”.

    Santa Mectildes: “Todas as Missas têm um valor infinito, pois são celebradas pelo próprio Jesus Cristo, com uma devoção e amor acima do entendimento dos Anjos e dos homens, constituindo o meio mais eficaz, que nos deixou Nosso Senhor Jesus Cristo, para a salvação da humanidade”.

    São Bernardo: “Fica sabendo, ó cristão, que mais se merece assistir devotamente uma só Missa (na igreja), do que distribuir todas as riquezas aos pobres e peregrinar toda a Terra”.

    São João Maria Vianney: “O alimento da alma é o Corpo e o Sangue de Deus!…Oh! formoso alimento! A alma não se pode alimentar senão de Deus. Só Deus pode bastar-lhe. Só Deus pode saciá-la. Fora de Deus não há nada que possa saciar-lhe a fome”.

    ResponderExcluir
  48. E o que dizem os cristãos primitivos sobre a Eucaristia ???

    Santo Inácio de Antioquia (110 d.C.)

    “Esforcem-se, portanto, por usar de uma só Eucaristia; pois uma só é a carne do nosso Senhor Jesus Cristo, e um só é o cálice para nos unir ao seu sangue, um só altar, como um só bispo junto ao presbítero e com os diáconos.”

    Santo Irineu (130 - 202 d.C)

    “O cálice é seu próprio sangue” e “o pão já não é pão cotidiano, mas Eucaristia, constituída por dois elementos: terreno e celestial”.


    Santo Hipólito (mártir em 235 d. C.)

    "É o corpo de Cristo, do qual todos os fiéis se alimentam, e não deve ser desprezado”.

    Firmiliano, bispo de Cesareia (268 d.C.)

    "No demais, que grande delito é o daqueles que são admitidos ou daqueles que admitem tocar o corpo e o sangue do Senhor, não tendo lavado suas manchas pelo Batismo da Igreja nem tendo deposto seus pecados, tendo usurpado temerariamente a comunhão, sendo assim que está escrito: quem comer o pão e beber o cálice do Senhor indignamente será réu do corpo e do sangue do Senhor."

    Santo Atanásio, bispo de Alexandria (295-373 d.C.)

    “Verás os ministros que levam pão e um cálice de vinho, e o colocam sobre a mesa, e, enquanto não se fizeram as invocações e súplicas, não há nada além de pão e bebida. Mas quando se acabam aquelas extraordinárias e maravilhosas orações, então o pão se converte no corpo e o cálice no sangue do nosso Senhor Jesus Cristo.” (Sermão aos Batizados, 25)

    ResponderExcluir
  49. Como ensina o Padre Antoni Carol i Hostench

    Vem de longe: a entrega de Deus na Eucaristia já estava anunciada e prefigurada no Antigo Testamento.

    Aquele “maná”, aquele pão que miraculosamente descia do céu cada madrugada para alimentar os judeus na travessia do deserto era uma antecipação da Eucaristia.

    Como também o foram as multiplicações dos pães e dos peixes que Jesus Cristo realizou para saciar a fome da gente que O escutava.

    Com razão Jesus se apresentou dizendo que «Eu sou o pão vivo descido do céu» (Jo 6,51).

    Realmente desceu do céu, está vivo e - o mais incrível - “faz-se” Pão para nos alimentar da sua vida, uma vida que foi “sacrificada” durante a Paixão (ler mais). «Tomai e comei todos, porque isto é o meu Corpo que é dado por vós» (cf. Mt 26,26; Lc 22,19).

    Jesus-Eucaristia faz-se presente cada vez que o sacerdote pronuncia essas “palavras de dor”: Corpo “dado”; Sangue “derramado”.

    ResponderExcluir
  50. Mas perguntam os perseguidores da Mãe Santa do Senhor da Glória: "Como é possível Maria ser mãe de DEUS ?"

    Ora, não se pode separar Jesus Cristo homem e Jesus Cristo DEUS.

    Ambas naturezas residem no Senhor.

    Se ele não fosse DEUS em tempo integral, jamais poderia ter sondado o coração do ladrão da cruz a ponto de lhe dizer que ainda naquele dia ambos estariam no paraíso.

    Evidente que aquele homem se arrependeu. E só Jesus Cristo que é DEUS o tempo todo poderia ter sondado seu coração. A Bíblia ensina que só DEUS sonda corações. Homens não podem faze-lo.

    Por outro lado, se Jesus não é DEUS em tempo integral, então seu sacrifício na cruz assemelha-se ao sacrifício que outros fizeram por outras causas. Ainda hoje assistimos mortes cruéis, injustas e por motivos torpes.

    Outros morreram também de morte cruel desde que a humanidade existe.

    Qual é a diferença entre a morte de Jesus para a morte dos demais aos quais nos referimos ?

    Ora, Jesus morreu na cruz sendo DEUS. E como DEUS, a ele era possível trazer sobre si todas as dores e pecados da humanidade.

    Por isto, sua morte é mais cruel que já existiu. Pois ele tomou sobre si as dores e pecados de todos os homens.

    Sendo justo, foi desprezado e pagou de uma só vez, com dor inigualável todas as nossas faltas.

    Jesus Cristo é DEUS em tempo integral.

    Somente sendo DEUS é que ele poderia tomar sobre si todas as nossas enfermidades.

    Mas está escrito: "Surgirão entre vós falsos profetas..."

    ResponderExcluir
  51. A meditação de quinze minutos sobre os Mistérios da Redenção meditadas no Rosário e a reparação dos cinco sábados do mês são referentes as cinco espécies de ofensas e blasfêmias proferidas contra o Imaculado Coração de Maria:

    As blasfêmias contra a Imaculada Conceição.
    As blasfêmias contra a Sua Virgindade.
    As blasfêmias contra a Maternidade Divina, recusando, ao mesmo tempo, recebe-la como Mãe dos homens.
    Os que procuram publicamente infundir, no coração das crianças, a indiferença, o desprezo e até o ódio para com esta Imaculada Mãe.
    Os que A ultrajam diretamente nas suas sagradas imagens.

    ResponderExcluir
  52. Resposta ao Edir Macedo(favorável ao aborto)

    Disse ele em seu site:

    xxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Uma senhora humilde foi ao médico, e depois de realizar alguns exames o médico falou:

    - A senhora é crente, não é?

    - Sou sim!

    - Eu gosto de crentes, só tem um problema: Eles falam muito de Jesus e esquecem de Maria. (Silêncio)

    - Doutor, posso te fazer uma pergunta?

    - Sim

    - Se eu chegasse aqui, sua secretária me dissesse que o senhor não estava, mas que sua mãe estava acha que eu ia querer ser atendida por ela?

    - Claro que não, o médico sou eu não ela.

    - Pois é doutor, quem morreu na cruz por mim foi Ele não ela! (Silêncio)

    Nossa resposta:

    - É verdade senhora! Mas deixe eu lhe perguntar uma coisa.

    - Sim

    - Eu sou o seu médico e a senhora tem confiança apenas em mim. Mas se a senhora estivesse em casa, muito doente, me ligasse e eu não pudesse lhe atender no momento, o que a senhora faria? (Silêncio)

    E se a senhora conhecesse minha mãe, falasse com ela e pedisse que me ligasse, pois eu não estava atendendo sua ligação. E eu atenderia a dela por que eu conheço o número. A senhora acha que eu como filho diria não a um pedido da minha mãe?

    - É verdade doutor! Mas acontece que Jesus está sempre conosco. Não haveria o risco de lhe pedir algo e não ser atendida.

    Médico: Mas não foi o que aconteceu nas Bodas de Canã. Jesus atendeu ao pedido de sua mãe nas Bodas de Canã. Ele não interferiu até que Maria intercedesse.

    - De fato, Jesus está sempre conosco, E Maria está sempre com Jesus. (João 19,25)

    - E se eu te atendesse como médico prescrevendo a ti remédios os quais você não pode comprar e minha amada mãe intercedesse por ti, eu te garanto que te daria os remédios que você não pode comprar.

    - Um filho bom não diz para para sua mãe. E Jesus com sendo o melhor dos filhos que cumpre na íntegra "HONRAR PAI E MÃE", só pode dizer sim aos pedidos de Maria.

    ResponderExcluir
  53. Parabéns a blogueira pelo apreço a democracia e a liberdade de expressão. Oro a DEUS para que lhe cubra com as melhores bençãos.

    ResponderExcluir
  54. A Eucaristia

    O Papa Urbano IV promulgou a bula “Transiturus” que instaurava para toda a cristandade a Festa do Corpo de Deus na cidade que até então estava infestada de Cátaros – hereges que negavam o Sacramento da Eucaristia. O Papa pediu, então, para Santo Tomás de Aquino compor o ofício de Corpus Christi.

    A composição do maior teólogo de todos os tempos. O mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios. São Tomás de Aquino:

    Eu vos adoro devotamente, ó Divindade escondida,
    Que verdadeiramente oculta-se sob estas aparências,
    A Vós, meu coração submete-se todo por inteiro,
    Porque, vos contemplando, tudo desfalece.

    A vista, o tato, o gosto falham com relação a Vós
    Mas, somente em vos ouvir em tudo creio.
    Creio em tudo aquilo que disse o Filho de Deus,
    Nada mais verdadeiro que esta Palavra de Verdade.

    Na cruz, estava oculta somente a vossa Divindade,
    Mas aqui, oculta-se também a vossa Humanidade.
    Eu, contudo, crendo e professando ambas,
    Peço aquilo que pediu o ladrão arrependido.

    Não vejo, como Tomé, as vossas chagas
    Entretanto, vos confesso meu Senhor e meu Deus
    Faça que eu sempre creia mais em Vós,
    Em vós esperar e vos amar.

    Ó memorial da morte do Senhor,
    Pão vivo que dá vida aos homens,
    Faça que minha alma viva de Vós,
    E que à ela seja sempre doce este saber.

    Senhor Jesus, bondoso pelicano,
    Lava-me, eu que sou imundo, em teu sangue
    Pois que uma única gota faz salvar
    Todo o mundo e apagar todo pecado.

    O Jesus, que velado agora vejo
    Peço que se realize aquilo que tanto desejo
    Que eu veja claramente vossa face revelada
    Que eu seja feliz contemplando a vossa glória. Amem

    ResponderExcluir
  55. Maria foi a esposa fiel e dedicada a São José, com quem partilhou a grandiosa tarefa de criar e sustentar o filho de DEUS. Maria foi a mãe amorosíssima, toda desvelo e carinho em relação a Jesus, tudo dispondo para que Ele pudesse cumprir sua missão redentora. Maria foi a dona de casa perfeita, que soube cuidar de todas as necessidades da Sagrada Família e nesta fez brilhar sempre a luz da graça divina. Maria foi a Rainha do bendito lar de Nazaré.

    Peçamos a DEUS que a mãe cristã alcance o dom de imita-la no desempenho de seu fundamental papel na família que DEUS lhe confiou.

    ResponderExcluir
  56. "Uma espada de dor transpassará a tua alma" (Lc 2, 35).

    Maria intimamente ligada a Jesus !!!

    Quem é mãe pode entender o sofrimento de Maria !!!

    ResponderExcluir
  57. "Na Eucaristia, nós partimos o único pão que é remédio de imortalidade, antídodo para não morrer, mas para viver em Jesus Cristo para sempre." Santo Inácio de Antioquia (35-110)

    ResponderExcluir
  58. Como deve agir o verdadeiro católico ante casos de “aparições” e revelações particulares? É o fiel obrigado a crer?

    Ante os casos de “aparições” e revelações particulares, o fiel deve agir com muita prudência, pois nenhuma delas – mesmo aquelas em que a Igreja permitiu o culto e uma festa no calendário litúrgico – obrigam a fé do católico, dado que nada podem trazer de novo ao patrimônio de fé e da moral da Igreja.

    Ao contrário, se forem fruto de fantasias humanas, poderão levar os que buscam essas “aparições” ou videntes a colocarem em risco a sua fé católica genuína, que deve estar sempre em sintonia com o Magistério da Igreja, na pessoa do Papa e dos Bispos em comunhão com ele (cf. Catecismo da Igreja Católica n. 880).

    ResponderExcluir
  59. Quais são os critérios do verdadeiro milagre?

    Para se ter um autêntico milagre é preciso que se trate de fato:

    1 Real – O episódio apresentado como possível milagre há de ser um caso autêntico, histórico, passível de pesquisas e comprovações.

    Isso é imprescindível, uma vez que a mente humana é fértil na criação ou interpretação de casos – reais ou não – tidos como maravilhosos. Enquadram-se aqui os ditos populares “Quem conta um conto, aumenta um ponto” ou “De boca em boca a formiga vira elefante”.

    2 Inexplicável pelas ciências contemporâneas ao fato – O fato real deve ser submetido ao exame de médicos e cientistas da área em foco, sejam eles de quais correntes filosóficas ou religiosas forem, desde que ajam com honestidade e real espírito científico perante a questão. Caso obtenham explicações plausíveis, já não se tem um milagre, mas tão somente um caso digno de notoriedade.

    Há fatos que a Ciência jamais conseguirá explicar ou reproduzir, assim a ressurreição de um morto há vários dias, as cicatrizações instantâneas, a transformação de água em vinho etc. Serão sempre milagres. Importa, pois, no conceito de milagre, que a ciência contemporânea ao fato não tenha elementos para explicá-lo.

    3 Realizado em autêntico contexto religioso – Para a Igreja não basta ter um fato real e inexplicável pelas ciências contemporâneas a ele. É preciso que tal fato seja realizado num contexto de fé pura e autêntica em resposta à prece humilde dos fiéis ou em confirmação a uma doutrina da qual se tem dúvida.

    Caso, porém, ocorram fatos estupendos em outros ambientes que não os da fé verdadeira, já não se tem um milagre, mas um prodígio diabólico ou – o que é mais comum – um fenômeno parapsicológico. Sim, isso é lógico e muito coerente, pois dado que o milagre é a assinatura infalsificável de Deus, Ele não pode assinar em favor dos erros, mas tão somente onde está a sua Igreja e a sua doutrina verdadeira. Fora daí não há milagres!

    As verdades sobre Nossa Senhora às quais todo verdadeiro fiel católico deve se apegar são as seguintes:

    1) É Mãe de Jesus Cristo, Deus feito homem por amor de nós. Ele, sem deixar de ser Deus (a segunda pessoa da Santíssima Trindade), assumiu a nossa natureza humana em tudo menos no pecado, no seio de Maria Virgem;

    2) Permaneceu Virgem sempre: antes, durante e depois do parto;

    3) Foi isenta do pecado original desde a sua concepção (Imaculada Conceição de Maria), o que não a impediu de ter crescido na fé e na santidade ao longo de sua vida terrena;

    4) Sem pecado como é, não foi dominada pelo poder da morte, mas foi elevada ao céu em corpo e alma[8];

    5) É o modelo e exemplo no qual a Igreja inteira contempla o seu futuro: a glória celestial (Pergunte e Responderemos n. 170, fevereiro de 1974, p. 81-82).

    ResponderExcluir
  60. São Maximiliano Kolbe - O Santo de Auschwitz

    "A Imaculada transformou muitos em santos (todos aqueles que a Ela recorreram). A falta de devoção a Ela é um mau sinal."

    "Pela Imaculada atingirás a santidade. Portanto recorre a Ela em todas as necessidades."

    "Permite ser conduzido por Ela com amor e recorre a Ela em todas as dificuldades e dúvidas."

    "A Imaculada conhece o segredo da união mais íntima com o Coração de Jesus."

    "Homem de pouca fé, por que duvidas? Confia inteiramente e em tudo na Imaculada e com certeza prestarás a máxima glória a Deus; permite ser conduzido por Ela e recorre a Ela em todas as dificuldades: “Não se ouviu dizer até agora que alguém, recorrendo a Ela, tenha sido por Ela abandonado”.

    ResponderExcluir
  61. O Magnificat professado pelos grandes padres, pela igreja primitiva, pelos católicos e pelos pais do protestantismo, inclusive Martinho Lutero.

    O Magnificat recusado nos dias atuais pelos "mestres" desta era:


    "A minh'alma engrandece o Senhor e o meu espírito se alegrou em Deus meu Salvador
    Pois Ele me contemplou na humildade da sua serva
    Pois desde agora e para sempre me considerarão bem-aventurada
    Pois o Poderoso me fez grandes coisas

    Santo é Seu nome!

    A Sua misericórdia se estende a toda a geração daqueles que o temem
    Com o Seu braço agiu mui valorosamente
    Dispersou os que no coração tem pensamentos soberbos
    Derrubou dos seus tronos os poderosos

    Exaltou os humildes, encheu de bens os famintos
    despediu vazios os ricos
    Amparou a Israel Seu servo para lembrar-se da Sua misericórdia
    A favor de Abraão e sua descendência
    Como havia falado a nossos pais.

    Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
    Como era no princípio, agora e sempre. Amém."

    ResponderExcluir
  62. Alguém disse:

    "Três classes de pessoas erram. Aqueles que não conhecem a verdade e não procuram conhecer. Aqueles que conhecem a verdade e não ensinam. E aqueles que ensinam a verdade que não praticam."

    O Brasil começa a pagar o preço da apostasia que é o abandono da fé verdadeira.

    Santíssima Virgem, mãe do nosso salvador e suficiente redentor, digne-se a livrar o Brasil das seitas infernais. Traga a todos ao porto seguro da verdade.
    Por Nosso Senhor Jesus Cristo, amém.

    ResponderExcluir
  63. Bom censo em interpretação Bíblica seria bom.... Texto como pretexto, protegendo idolatria.... Seja qual for a forma, seja em placa de igreja, ou em homens( papas, padres e pastores tambem) em dinheiro ou outras coisas, nada pode ocupar o lugar de Deus, é isso que não só Maria, como muitos outros homens que foram fieis a Deus, foram feitos um "santo" com direito a imagem, orações e novenas. A Bíblia nos mostra um texto em que o proprio Deus disse: 'Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.
    Isaías 42:8".NÃO PRECISA DISCUTIR ESSE TEXTO. Quando escuto alguem dizer 'Salve Maria" me lembro da passagem onde os efésios gritavam Salve Diana dos efesios, ela tinha um templo com o nome dela, assim como vemos hoje, e os homens de Deus comprometidos com a Palavra da cruz, foram açoitados por pregar sobre o Cristo e contra outros deuses (interessante que na pregação de Paulo, ele nunca ensinou sobre veneração, adoração a Maria)
    LEIAM A PALAVRA DE DEUS, ESTUDEM, COM VONTADE DE NASCER DE NOVO, COMO NICODEMOS, O SÁBIO FARISEU, 'DONO' DA VERDADE, QUE FOI CONFRONTADO POR CRISTO, QUE PREGOU PRA ELE, E ELE SE ARREPENDENDO APRENDEU QUE ERA PRECISO NASCER DE NOVO, E NA PREGAÇÃO DE CRISTO NEM SE QUER PASSOU O NOME DE SUA MÃE.
    LEIA:SALMOS 115, E EM ALGUMAS VERSOES 113 -B NOS
    Já peguei material de catecismo, abordando com crianças e juniores, os dez mandamentos e nunca li neles isso:
    Não terás outros deuses diante de mim.
    Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
    Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
    E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.
    Êxodo 20:3-6
    Não quero me justificar, pois creio em tudo que escrevi, mas,sou servo de Cristo, evangélico, NÃO odeio Maria como muitos podem pensar, ela foi sim agraciada, e deve ser lembrada, por ter sido escolhida, agora, que é intercessora nossa, que devo ter uma imagem dela, pagar penitencia, fazer novena, e por ai a fora, pra isso teria que rasgar muitas paginas de minha bíblia, mesmo se el fosse a versão"Ave Maria".... Emfim, estudem a palavra, a fim de serem libertos do engano, não defendo nenhuma religião, ou placa de igreja, defendo a Palavra de Deus, como nosso irmão protestante disse "SOLO ESCRIPITURA"... e POR PREGAR ESSA PALAVRA VIVEREI DISPOSTO A SER AÇOITADO TALVEZ PRESO COMO PAULO, OU APEDREJADO COMO ESTEVÃO, MAS NÃO POSSO CONSENTIR EM VER A PRECIOSA OBRA DA CRUZ, DO MEU UNICO SENHOR E REI, SER CADA VEZ MAIS DIMINUÍDA PELO CÂNCER DA IDOLATRIA, COMO JA DISSE, EM TODOS OS ASPECTOS...

    ResponderExcluir
  64. Bom censo em interpretação Bíblica seria bom.... Texto como pretexto, protegendo idolatria.... Seja qual for a forma, seja em placa de igreja, ou em homens( papas, padres e pastores tambem) em dinheiro ou outras coisas, nada pode ocupar o lugar de Deus, é isso que não só Maria, como muitos outros homens que foram fieis a Deus, foram feitos um "santo" com direito a imagem, orações e novenas. A Bíblia nos mostra um texto em que o proprio Deus disse: 'Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.
    Isaías 42:8".NÃO PRECISA DISCUTIR ESSE TEXTO. Quando escuto alguem dizer 'Salve Maria" me lembro da passagem onde os efésios gritavam Salve Diana dos efesios, ela tinha um templo com o nome dela, assim como vemos hoje, e os homens de Deus comprometidos com a Palavra da cruz, foram açoitados por pregar sobre o Cristo e contra outros deuses (interessante que na pregação de Paulo, ele nunca ensinou sobre veneração, adoração a Maria)
    LEIAM A PALAVRA DE DEUS, ESTUDEM, COM VONTADE DE NASCER DE NOVO, COMO NICODEMOS, O SÁBIO FARISEU, 'DONO' DA VERDADE, QUE FOI CONFRONTADO POR CRISTO, QUE PREGOU PRA ELE, E ELE SE ARREPENDENDO APRENDEU QUE ERA PRECISO NASCER DE NOVO, E NA PREGAÇÃO DE CRISTO NEM SE QUER PASSOU O NOME DE SUA MÃE.
    LEIA:SALMOS 115, E EM ALGUMAS VERSOES 113 -B NOS
    Já peguei material de catecismo, abordando com crianças e juniores, os dez mandamentos e nunca li neles isso:
    Não terás outros deuses diante de mim.
    Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
    Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
    E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.
    Êxodo 20:3-6
    Não quero me justificar, pois creio em tudo que escrevi, mas,sou servo de Cristo, evangélico, NÃO odeio Maria como muitos podem pensar, ela foi sim agraciada, e deve ser lembrada, por ter sido escolhida, agora, que é intercessora nossa, que devo ter uma imagem dela, pagar penitencia, fazer novena, e por ai a fora, pra isso teria que rasgar muitas paginas de minha bíblia, mesmo se el fosse a versão"Ave Maria".... Emfim, estudem a palavra, a fim de serem libertos do engano, não defendo nenhuma religião, ou placa de igreja, defendo a Palavra de Deus, como nosso irmão protestante disse "SOLO ESCRIPITURA"... e POR PREGAR ESSA PALAVRA VIVEREI DISPOSTO A SER AÇOITADO TALVEZ PRESO COMO PAULO, OU APEDREJADO COMO ESTEVÃO, MAS NÃO POSSO CONSENTIR EM VER A PRECIOSA OBRA DA CRUZ, DO MEU UNICO SENHOR E REI, SER CADA VEZ MAIS DIMINUÍDA PELO CÂNCER DA IDOLATRIA, COMO JA DISSE, EM TODOS OS ASPECTOS...

    ResponderExcluir
  65. "Quem não admira a grandeza de Maria, não sabe quanto DEUS é Grande."

    (São Pedro Crisólogo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse a admiro e respeito. Só não encontro respaldo para a fazer uma divindade, de estrutura igual ou quase maior que de Cristo. Fora isso, penso não ter existido nenhuma mulher de igual honra quanto ela.

      Excluir
  66. A expressão Salve Maria significa que Maria precisou ser salva.

    Não falamos Salve Jesus, porque Jesus é a própria salvação.





    ResponderExcluir
  67. A doutrina Sola Scriptura é anti bíblica, pois antes da Bíblia veio a Igreja.
    A Igreja deu a Bíblia ao mundo e não foi o contrário.

    E as escrituras condenam o Sola Scriptura. O que dizem as escrituras ?

    "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade." 1 Timóteo 3, 15

    A Igreja, NO SINGULAR, é coluna e sustentáculo da verdade. Somente a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade.

    As escrituras são úteis tal como elas próprio afirmam:

    "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;" 2 Timóteo 3:16

    Útil é uma coisa. Suficiente é outra.
    As Escrituras são úteis, proveitosas. Mas não são suficientes.

    Por isto o apóstolo Paulo ensinou: 2 Tessalonicenses - Capítulo 2 - Versiculo 15
    "Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa."

    Por isto é que o eunuco da rainha exclamou: "E ele disse: Como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse." Atos 8:31

    Se ninguém explica, não há como entender.
    Não adianta ler, ler, ler e nada entender.

    E nem se pode interpretar, pois a própria Bíblia proíbe: "Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação."
    2 Pedro 1:20

    Por isto se diz que a fé vem pelo ouvir e não pela leitura da Bíblia:

    "Mas nem todos deram ouvidos ao Evangelho. Pois Isaías disse: Senhor, quem creu a nossa mensagem?
    Logo a fé vem pelo ouvir, e o ouvir vem pela palavra de Cristo."Romanos 10:16,17

    Conclusão:

    Quem interpreta afronta as escrituras.
    Quem ignora a Igreja afronta as escrituras.
    Quem acha que ler é melhor do que ouvir afronta as escrituras.
    Quem acha que as escrituras são suficientes afronta a Bíblia.
    Quem ignora a transmissão oral afronta a Bíblia.

    Não por acaso a Bíblia muitas vezes diz: "Quem tem ouvidos que ouça."

    Ela não disse: Quem sabe ler que leia.

    Pelo contrário. A Bíblia diz:

    "O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica."

    Não somos ministros da letra.
    E a letra mata.

    ResponderExcluir
  68. Sabemos que a doutrina Sola Scriptura é anti bíblica, pois as Escrituras não ensinam tal doutrina.

    E como sabemos, tampouco Jesus mandou pregar a Bíblia.

    Jesus mandou anunciar as boas novas: "E disse-lhes: Ide por todo omundo, pregai o evangelho a toda criatura." Marcos 16:15

    Enquanto Jesus mandou pregar as boas novas, Martinho Lutero, pai dos protestantes e evangélicos pregou Sola Scriptura.

    Mas o que disse Martinho Lutero sobre Jesus ?

    “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Martinho Lutero: Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.

    E você como fica ?

    Anuncia as Boas Novas que Jesus mandou ou crê em Lutero ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A igreja que existia em Beréia, foi anunciada nas Escrituras, como aquela igreja pura unida, onde havia amor, fé, muitas virtudes, e eles examinavam todo ensinamento que lhes eram passados. Com isso aprendemos a observar a Palavra, para não engolir a seco doutrinas contrarias a Vontade de Deus. que é revelada pela Palavra, Creio no que me ensinam, como bem disse em meu comentario, não pretendo me tornar como o 'Sabio' Nicodemos, estarei eternamente aprendendo e ouvindo, não pretendo ser o dono da verdade, Jesus, é a verdade, a Palavra dEle, é a verdade, Ele é o verbo,(João 1) A palavra, o verbo estava na Criação com Deus, e sobre Ele, que a igreja foi fundamentada. Toda escritura se volta pra Cristo. Minha pregação é Cristocêntrica, Ele é o ápice de toda boa noticia, As boas novas são o que então? Onde encontro essa boa noticia? Na Palavra de Deus. A mesma que por 15 seculos foi escondida do homem. Os erros de Lutero, me ensinam que os que não estão firmado na palavra, sempre erram. Não estou firmado nele, estou firmado em Cristo, e como disse, disposto a morrer por Ele.
      Quanto às citações da Palavra desprezadas, porque não refuta elas?
      Na pregação da boa noticia de Cristo. as palavras persuasivas dos homens não surtem efeito algum, O Espirito Santo é quem convence o homem do pecado da justiça e do juízo. Minha oração enquanto te respondo é pra que o Santo Espírito possa nos convencer em nossos desvios.

      Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
      Hebreus 4:12

      Excluir
  69. O que os pastores não contam aos incautos sobre a doutrina católica ?


    TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM – por São Luís Maria Grignion de Montfort

    Necessidade da devoção à Santíssima Virgem

    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Jesus Cristo é o fim último da devoção à Santíssima Virgem

    61. Primeira verdade. – Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega, o princípio e o fim de todas as coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas isso não é ensinado na igreja catolica, pelo menos, eles não o fazem assim, ai de qualquer um que critica Maria. não parece que no catecismo foram ensinados que ela é um nada. na verdade ela é quase superior a Cristo pra muitos.

      Excluir
  70. O que os lobos não contam para suas presas sobre a doutrina católica ?

    Catecismo da Igreja Católica

    432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho (14) feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação (15) e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação (16), de tal modo que «não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2) (17).

    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    ResponderExcluir
  71. DEUS proibiu imagens ?

    DEUS proibiu imagens de deuses falsos.

    Imagens são como fotografias.

    Sugerimos consulta aos seguintes textos:

    http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cartas&subsecao=apologetica&artigo=20040804233047&lang=bra

    http://www.filhosdapaixao.org.br/protestantes/desmascarando_os_protestantes/010_imagens/001_imagens.htm

    http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/imagens/524-deus-proibiu-a-fabricacao-de-imagens

    Exemplo de que DEUS mandou fazer imagens:

    “Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório.” (Ex 25,18)

    “E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.” (I Reis 6, 23)

    “E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.” (I Reis, 6, 28-29)

    “E sobre as cintas que estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima; e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida.” (I Reis 7, 29).

    “Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (II Crônicas 3,10)


    Deus nunca proibiu a fabricação de imagens e sim de ídolos para a adoração.

    E idolatria não se refere somente aos supostos ídolos/imagens, mas tudo que é colocado no lugar do Senhor.

    Qualquer coisa que tira a primazia de DEUS é idolatria.

    Pode ser amantes, filhos, futebol, dinheiro, luxo, gula, poder e até mesmo a Bíblia para aqueles que praticam a Bibliolatria que é transformar DEUS em refém da Bíblia achando que só pode operar o que cada crente consegue entender de sua leitura particular.

    Nossa religião não é a religião do livro, mas da palavra viva e encarnada que é CRISTO JESUS.

    Muitos outros tem no dinheiro seu ídolo mor. Quantas denominações evangélicas não dão ênfase aos dízimos, ofertas e prosperidade financeira ???

    "Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;" Colossenses 3:5

    Muitos pregadores por ignorância ou por má-fé, distorcem o significado de idolatria para arrecadarem vultuosas somas e ao mesmo tempo condenarem o catolicismo.

    E sobre estes que seguem os falsos profetas está escrito:

    "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
    E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas."
    2 Timóteo 4:3,4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em sua citação:
      "DEUS proibiu imagens ?

      DEUS proibiu imagens de deuses falsos."

      posso pressupor que creres em outros "deuses verdadeiros" por isso aprova imagens.?

      Excluir
  72. Sobre as pérolas de Martinho Lutero, fundador do protestantismo e criador da doutrina anti bíblica Sola Scriptura, muito mais do herege, apóstata e homicida pode ser visto no endereço:

    https://igrejamilitante.wordpress.com/2011/02/03/martinho-lutero-o-absurdos-pregados-pelo-pai-do-protestantismo-evangelico/

    ResponderExcluir
  73. O lamento de Martinho Lutero sobre as consequências do Sola Scriptura:

    Lutero reconhece o prejuízo da sua rebelião contra a Tradição e o Magistério da Igreja.

    “Este aqui ouvirá falar do batismo, e aquele nega o sacramento, outro põe um mundo entre isto e o último dia: alguns ensinam que Cristo não é Deus, alguns dizem isso: há tantas seitas e credos como há tantas cabeças”. “Nenhum rústico é tão rude quanto ele tiver sonhos e fantasias, e pensar que é inspirado pelo Espírito Santo e deve ser um profeta”. (De Wette III, 61. Citado em O’Hare, Os fatos sobre Lutero, 208).


    Hoje cada crente é uma igreja.

    Basta um crente discordar de outro e já surge o embrião de uma nova denominação.

    No Brasil já são perto de 200.000 denominações.

    Cada qual com doutrina própria.

    Unções do chulé, da meia, vaca, vassoura, avião, leão, culto das princesas, teologia da prosperidade, pregação em favor do aborto, divórcios, casamentos entre pessoas do mesmo sexo, transferência de unção, troca de anjos da guarda, adoração da arca da aliança, apóstola Sol, pastor pororoca, seita CACP, dente de ouro, unção da galinha, confissão positiva, determinação em nome de Jesus e por aí vai.

    O que diz a Bíblia ?

    "Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que causam divisões e escândalos, apartando-se da doutrina que recebestes." Evitai-os! Romanos 16:17

    Caros irmãos, evitai Martinho Lutero e suas doutrinas de homem.

    Sobre estes o apóstolo João já declarou:

    "Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos."
    1 João 2:19

    ResponderExcluir
  74. “Deus que criou todas as coisas, fez-se a si mesmo por meio de Maria Santíssima.”

    Santo Anselmo

    ResponderExcluir
  75. E que ninguém se esqueça:

    Santo Hilário de Poitiers (300-368)

    "Foi sempre privilégio da Igreja, vencer quando é ferida, progredir quando é abandonada, crescer em ciência quando é atacada."

    ResponderExcluir
  76. Só um imbecil diz que Maria é DEUSA.

    Minhas crianças aprenderam com 07 anos o mesmo que os crentes aprendem quando adultos. Só JESUS CRISTO SALVA.


    Ora bolas. Se a própria Maria precisou de salvação, como ela poderia ser Deusa ?

    Ela mesmo diz nas suas aparições aprovadas pela Igreja, INCLINANDO-SE:

    "Glória ao pai, glória ao Filho, glória ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e para sempre e pelos séculos dos séculos."

    A própria oração do terço diz que Maria foi coroada pela Santíssima Trindade.

    Se foi coroada é porque existe alguém maior. Aliás, muito maior.


    O problema é que se deve olhar Maria olhando debaixo. Como homem.

    Os protestantes olham Maria como se fossem DEUS. Com aquele ar de superioridade porque decoraram a Bíblia.

    Maria é nada diante do Altíssimo DEUS e a maior entre todos os homens e superior aos anjos e querubins.

    Quem tem ouvidos que ouça !!!


    Uma coisa é aprender de catolicismo frequentando a Igreja Católica e outra coisa é ouvindo sobre catolicismo a partir dos ensinos dos lobos.

    Se alguém quer curar uma doença procura um médico.
    Se alguém quer plantar procura o agrônomo.
    Se alguém quer casar procura o ministro.

    Se alguém quer saber de catolicismo, deve procurar a Igreja e não o PAXTÔ.

    Eu falei Igreja coluna e sustentáculo da verdade. NO SINGULAR.

    "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade."
    1 Timóteo 3:15

    ResponderExcluir
  77. Quem definiu a doutrina da Santíssima Trindade foi a Igreja Católica.

    Pois tal doutrina não está explícita na Bíblia.

    Se os "literais" cobram textos para tudo, deveriam cobrar de si próprios a definição de Santíssima Trindade.

    É pouco provável que a Igreja que deu ao mundo a doutrina da Santíssima Trindade ensine depois que Maria é deusa.

    É pouco provável que a Igreja que define o cristão como alguém que crê no DEUS UNO E TRINO, depois encaixe uma quarta pessoa.

    Mas podemos compreender.

    Quem ouve Soares, Macedo, Malafaia, Santiago, Terra Nova, Itioka, Pororoca, Dias Lopes, Zibordi, Reverendo Moon, Von Helder, Valadão, casal Hernandesz e CACP nunca estará próximo da verdade.

    Não há como errar.

    Se eles estão contra a Igreja, é porque está Igreja é boa.


    Não por acaso concorda com todos eles:

    INRI CRISTO: : “- Maria, genitora de Cristo há dois mil anos, foi uma mulher pecadora igual às demais, sujeita às fraquezas e falhas inerentes aos seres humanos.”

    Disponível em 29/09/2015 em http://www.inricristo.org.br/index.php/pt/curiosidades/humanidade-precisa-saber/229-verdade-virgem-maria-cristo

    INRI CRISTO: “Se ela fosse verdadeiramente mãe de DEUS como ensina a proscrita igreja romana em suas espúrias orações (Ave Maria - "santa Maria mãe de DEUS"), ela teria intimidade com o ALTÍSSIMO...”

    Disponível em 07/08/2015: http://www.inricristo.org.br/index.php/pt/curiosidades/humanidade-precisa-saber/229-verdade-virgem-maria-cristo


    ResponderExcluir
  78. E o que dizem os santos sobre Maria Santíssima ?

    Diferente dos pastores televisivos pop stars:


    São Lourenço de Brundisio: “Que pode faltar ao homem que tem a Maria por onipotente advogada diante de Deus onipotente?”

    São Boaventura: “Todos aqueles que se empenham em divulgar as glórias da Virgem Santíssima, têm o Céu assegurado.”

    São Francisco de Sales: “Ninguém terá a Jesus Cristo por irmão, que não tenha a Maria Santíssima por Mãe.”

    São Bernardino de Sena: “Deus outorgou à Santíssima Virgem tanta graça que mais é impossível conceder a uma criatura, exceto Jesus Cristo.”

    São Luís Maria Grignion de Monfort: “Ainda não se louvou, exaltou, honrou, amou e serviu suficientemente a Maria Santíssima, pois muito mais louvor, respeito, amor e serviço Ela merece.”

    São Bernardo: “Por vós, ó Maria, se encheu o céu e se despovoou o inferno.”

    Santo Cura d’Ars(São João Maria Vianney): “O Coração de Maria é tão terno conosco, que o de todas as mães não são mais que pedras de gelo ao lado do Seu.”

    Santo Antônio Maria Claret: “Ditoso quem invoca Maria Santíssima, quem recorre ao Imaculado Coração de Maria com confiança, porque alcançará o perdão dos pecados, a graça e, por fim, a glória do Céu.”

    São Pedro Crisólogo: “Ó Virgem Santíssima, Vosso Criador foi concebido por Vós!”

    Santo Eutímio: “Depois de Deus tudo podes, e teu Filho, Deus e Senhor de todos nós, Te concede tudo como à Mãe, pois com toda a justiça se rende a tuas entranhas maternais.”

    São João Bosco: “Um sustentáculo grande para vós, uma arma poderosa contra as insídias do demônio, tendes na devoção à Maria Santíssima.”

    Santa Teresa d’Ávila: “Eu ficaria de bom grado na terra até o fim do mundo, sofrendo os piores tormentos, só para conseguir o merecimento de uma Ave-Maria.”

    São Francisco de Assis: “Quando digo Ave, Maria, os céus sorriem, os anjos rejubilam, o mundo se alegra, treme o inferno e fogem os demônios. Vós sois, ó Maria, a filha do altíssimo Pai Celestial, a Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo e a Esposa do Divino Espírito Santo.”

    São Padre Pio: “Descansa o teu ouvido no Seu coração materno e escuta as Suas sugestões, e assim sentirás nascer em ti os melhores desejos de perfeição.”

    Santo Alberto Magno: “Não há meio mais seguro para vencer os ataques do inferno do que recorrer à Maria Santíssima.”


    Pois a César o que é de César !!!

    Permaneçam os santos fazendo as obras dos santos.

    E quem quiser permaneça fazendo as obras de INRI CRISTO.

    ResponderExcluir
  79. Diferente também dos crentes, o que fizeram as personagens bíblicas ISABEL, JOÃO BATISTA E JOÃO em relação a Maria Santíssima ?


    1)Testemunhos de Isabel: “Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Lucas 1:41-42

    ISABEL REPLETA DO ESPÍRITO SANTO AO OUVIR A SAUDAÇÃO DE MARIA !!!.

    O crente fica vazio do Espírito Santo quando ouve o nome de Maria.


    2)Testemunho de Isabel: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.” Lucas 1, 42

    MARIA BENDITA ENTRE TODA SAS MULHERES !!!

    O crente diz que Maria é uma mulher como outra qualquer.


    3)Testemunho de Isabel: “E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?” (Lucas 1, 43)

    ISABEL HONRADA PELA VISITA DE MARIA !!!

    O crente fica furioso da vida quando alguém lhe fala de Maria.


    4))Testemunho de João Batista via Isabel: “Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre.”
    Lucas 1:44

    A CRIANCINHA SALDOU DE ALEGRIA NO VENTRE DE ISABEL COM A VOZ DE MARIA !!!

    O crente salta de raiva.


    5)Testemunho de João:

    "E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena. Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
    Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa. João 19:25-27

    JOÃO LEVOU MARIA PARA A CASA.

    O crente leva Maria para a casa ou a expulsaria de onde pudesse ?

    Von Helder fez mais do que não levar Maria para a casa.


    E Jesus ainda disse logo a seguir:

    "Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede."João 19:28


    Jesus termina sua missão dizendo a João: "Eis a tua mãe."


    Conclusão:

    Está escrito:

    “Porque atentou na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada.” Lucas 1:48

    A PROFECIA BÍBLICA INDICA: “...todas as gerações me chamarão bem-aventurada.”

    E COMO SABEMOS, TAL PROFECIA SE CUMPRE NA IGREJA CATÓLICA.


    ResponderExcluir
  80. Lucia Mendes disse:

    Para mim não é só por ignorância que os pregadores evangélicos inventam que nós católicos adoramos Maria.

    É também por má-fé.

    Impossível que um teólogo experiente não conheça o Tratado de Devoção a Santíssima Virgem.

    Impossível que um teólogo experiente não saiba que os protestantes históricos usem imagens.

    Impossível que um teólogo experiente não saiba que os reformadores veneravam a Santíssima Virgem e defendiam inclusive sua perpétua virgindade.

    MAS QUE NINGUÉM SE ENGANE.

    Nós que somos maus recusamos quem não trata bem a nossa mãe.

    Pouco provável que Jesus, o melhor dos filhos, fique indiferente diante dos deboches, desprezos, blasfêmias e escárnios que são lançados sobre sua mãe.

    Quem pensa que Jesus está feliz vai cair do cavalo.

    ResponderExcluir
  81. Lucia Mendes disse:


    Muito diferente de INRI CRISTO e dos pastores evangélicos, vejamos os exemplos dos grandes santos e doutores:


    São Maximiliano Kolbe - O Santo de Auschwitz:


    "A Imaculada transformou muitos em santos (todos aqueles que a Ela recorreram). A falta de devoção a Ela é um mau sinal."

    "Pela Imaculada atingirás a santidade. Portanto recorre a Ela em todas as necessidades."

    "Permite ser conduzido por Ela com amor e recorre a Ela em todas as dificuldades e dúvidas."

    "Venerando a Imaculada, veneramos de modo todo especial o Espírito Santo."

    “Confiando-nos ao Coração da Mãe, nós nos aproximamos do Coração do Filho.”

    “A Imaculada é o esplendor do amor divino nas nossas almas e a forma de nos aproximarmos do coração de Jesus.”

    E temos também dois expoentes da fé católica que caminham na mesma direção:


    O grande bispo de HIPONA Dr.da Igreja Santo Agostinho:


    “Tudo quanto pudermos dizer em louvor de Maria Santíssima é pouco em relação ao que merece por sua dignidade de Mãe de Deus.”

    “As orações de Maria Santíssima junto a Deus têm mais poder junto da Majestade Divina que as preces e intercessão de todos os anjos e Santos do Céu e da Terra.”

    “O fato de ser Mãe de Cristo traz a Maria lugar único no mistério da redenção, já que por meio dela é que veio ao mundo o Salvador. Essa cooperação na obra da Salvação faz de Maria, espiritualmente, a Mãe de todos os homens.”

    “A admirável santidade de Maria é fruto da graça de Deus que a cumulou, em vista de sua missão. A Virgem Maria representa o que de mais digno, puro e inocente poderia oferecer esta nossa terra a DEUS, a fim de que o Filho de Deus se dignasse baixar até ela.”


    São Tomás de Aquino (Doutor Angélico):- O MAIS SÁBIO DOS SANTOS E O MAIS SANTO DOS SÁBIOS

    “A Bem-aventurada Virgem Maria é o modelo e o exemplo de todas as virtudes.”

    “A Virgem Maria ultrapassa os Anjos em sua intimidade com o Senhor.”

    “Eu daria toda a minha ciência teológica pelo valor de uma única Ave-Maria.”

    “A Bem-aventurada Virgem é o modelo e o exemplo de todas as virtudes. Nela achareis o modelo da humildade. ”


    Não dá para comparar com os malafônicos e valadonas.

    ResponderExcluir
  82. Anderson:

    Só alguém com muita má-fé pode dizer que nós católicos adoramos Maria.

    Para adorar é preciso sacrifício. Na antiga aliança oferecia-se um cordeiro sem mancha.

    E só nós católicos oferecemos o corpo, o sangue, alma e divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo no sacrifício da Santa Missa.

    Ora, ele mesmo disse: "Sem mim nada podeis fazer."

    Façamos como o católico Ariano Suassuna que criticando a idolatria a Cazuza, cujos heróis ele cantava que teriam morrido de over dose, sentenciou: "Meu herói morreu na cruz."

    E que ninguém se engane quando alguém diz que se deve "aceitar" Jesus.

    Pois está escrito:

    "Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda."
    João 15:16

    ResponderExcluir
  83. Anderson:

    Para adorar é preciso oferecer sacrifício.

    No passado era oferecido um cordeiro sem mancha e sem mácula.

    A partir da nova aliança Jesus Cristo é o cordeiro sem mancha e sem mácula.

    Está escrito:

    O SACRIFÍCIO DA MISSA É PROFETIZADO POR DAVID

    O rei David dá a Jesus Cristo, no salmo 109, o título de Sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque, porque nosso divino Salvador irá empregar o pão e o vinho no Sacrifício da Nova Aliança, como outrora o havia feito Melquisedeque.

    O rei profeta O chama Padre eterno porque pai Ele sempre será e porque o sacrifício que Ele irá instituir continuará a existir até o fim dos tempos graças ao sacerdócio católico.

    POR MALAQUIAS

    O profeta Malaquias diz, no primeiro capítulo, versículo 11, que “depois do nascer e até o pôr do sol, será oferecido, em toda parte[45] (em todo lugar[46]) um sacrifício puro e sem mancha à majestade do Altíssimo”.

    POR JEREMIAS

    O profeta Jeremias, no capítulo 33, versículo 18, profetiza que “nunca se verá faltar os sacerdotes e os sacrifícios”.[47]

    E é a Igreja Católica, pelo ministério dos seus sacerdotes, que oferecerá até o fim dos tempos, em todos os lugares, o Sacrifício da Cruz, perpetuado pelo santo Sacrifício da Missa, conforme as profecias de David, Malaquias e Jeremias.

    ResponderExcluir
  84. Anderson e amigos:

    É bom que ninguém se esqueça da observação do santo?

    "Não acrediteis que os bons podem deixar a Igreja, não é o trigo que o vento carrega. O Furacão não arranca as árvores que tem sólidas raízes, ao contrário são as palhas vazias que a tormenta agita. São as árvores vacilantes que a força do turbilhão abate, contra estes o apóstolo João manifesta a sua repulsa dizendo: 'Saíram do nosso meio mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco.'" 1 Jo 2,19

    (São Cipriano de Cartago 258 d.C).

    ResponderExcluir
  85. Martinho Lutero(Pai dos evangélicos) - IN DEUSTSCHE SCHRIFTEN, 14, 250

    "Não há honra nem beatitude que se aproxime sequer; por sua elevação à incomparável prerrogativa, superior a todas as outras de ser (Maria) a única pessoa humana que teve um filho em comum com o Pai celeste."

    ResponderExcluir
  86. Muito Esclarecedor!
    Espero que abra os olhos dos idolatras.

    ResponderExcluir
  87. Sobre estes mestres que condenam a doutrina católica falando do que não conhecem e seus seguidores está escrito:

    “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;

    E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. 2 Timóteo 4:3,4

    ResponderExcluir
  88. Mais um pastor que se levantou contra mãe do redentor do gênero humano é desmascarado:

    https://vivernosenhor.wordpress.com/2013/11/20/resposta-ao-pastor-airton-para-o-seu-texto-contra-a-mae-de-deus-parte-1/comment-page-1/

    ResponderExcluir
  89. MARIA MISSIONÁRIA E SERVA
    ========================

    "Naqueles dias, levantando-se Maria, foi com pressa às montanhas, a uma cidade de Judá. E entrou em casa de Zacarias, e saudou Isabel." (Lc 1, 39-40)

    Aqui temos Maria anunciadora. Maria Missionária.

    Isabel e Zacarias estão repletos de alegria porque serão pais. DEUS havia feito um milagre em suas vidas.

    Porém, quem leva a eles a melhor das notícias é Maria.

    Isabel recebe a notícia de que Maria dará a luz ao salvador do gênero humano.

    O evangelho nos ensina ainda que tomada pelo Espírito Santo, Santa Isabel externa e exclama toda a admiração que tem por Nossa Senhora.

    Maria grávida, não se importa de ter com sua prima Isabel.

    Maria que já era um exemplo de obediência a DEUS quando disse o sim incondicional ao plano do ALTÍSSIMO e também um exemplo de confiança quando disse "faça-se em mim conforme sua palavra), agora nos dá exemplo de como um cristão deve ser em relação ao próximo.

    A mãe do salvador não esperou ser servida, mas colocou-se em missão e no serviço ao próximo.

    Mesmo grávida e vivendo em um tempo sem as tecnologias e estruturas de hoje, se colocou no deserto para visitar sua prima Isabel.

    Maria é missionária e serva ao mesmo tempo.

    E não por acaso João Batista no ventre de sua mãe estremece de alegria ao ouvir sua saudação:

    ¨E aconteceu que, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo; e exclamou em alta voz, e disse: Bendita sois vós entra as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre...¨ (Lc 1, 41-42)


    Perguntamos:


    a)Como ficam os pastores evangélicos quando escutam a vóz de Maria ?

    Repletos do Espírito Santo como Isabel ficou ou repletos de desprezo e escárnio ?

    b)Como ficam os pastores evangélicos quando ouvem a saudação de Maria ?

    Estremecem de alegria como João Batista ou estremecem de raiva ?


    CONCÍLIO DE EFESO REALIZADO NO ANO 431

    “Se alguém não confessar que o Emanuel é muito Deus, e que, portanto, a Santíssima Virgem é a Mãe de Deus (Theotókos), na medida em que na carne ela gerou o Verbo de Deus feito carne [como está escrito: A Palavra se fez carne}: seja anátema “.

    ResponderExcluir
  90. O artigo abaixo é:

    Muito Esclarecedor!
    Espero que abra os olhos dos nossos irmãos separados.


    OS REFORMADORES DESTRUINDO AS DOUTRINAS DOS PREGADORES ANTI MARIANOS

    Lutero: “É cheia de graça, proclamada para ser inteiramente sem pecado, algo tremendamente grande. Para que fosse cheia pela graça de Deus com tudo de bom e para fazê-la vitoriosa sobre o diabo.” (Martinho Lutero, Livro Pessoal de Oração, 1522)

    Amman, discípulo e contemporâneo de Zwínglio, declarou: "Maria foi preservada de toda mancha e culpa do pecado original, do pecado mortal e do pecado atual".

    Calvino comentando MATEUS 13,55-56

    “(...) A palavra “irmãos”, que mencionamos anteriormente, é empregada de acordo com o idioma hebraico, para denotar algum parente qualquer, então, portanto, Helvídio mostrou ignorância excessiva ao concluir que Maria deve ter tido muitos filhos, porque algumas vezes são mencionados “irmãos” de Cristo. (...)” http://www.ccel.org/ccel/calvin/calcom32.ii.xxxix.html Comentário a Mateus 13,55-56

    Heinrich Bullinger, sucessor de Zwínglio, testemunhou:

    .MARIA MÃE DE DEUS;

    .MARIA SEMPRE VIGEM;

    .MARIA TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO;

    .MARIA LEVADA PELOS ANJOS AO CÉU.


    Palavras de Bullinger: "Cremos que o corpo puríssimo da Virgem Maria, Mãe de Deus e templo do Espírito Santo...foi levado pelos anjos ao céu".

    Conclusão:

    Recordamos mais uma vez as palavras de Calvino: “.., Helvídio mostrou ignorância excessiva ao concluir que Maria deve ter tido muitos filhos, porque algumas vezes são mencionados “irmãos” de Cristo.”


    Calvino disse muito bem: “Helvídio, mostrou ignorância excessiva...”

    ResponderExcluir
  91. Dom Fernando Arêas Rifan ensina:

    "A doutrina do pecado original foi bem explicada por São Paulo: “Por meio de um só homem o pecado entrou no mundo,...” (Rm 5,12).

    “Pela desobediência de um só homem, todos se tornaram pecadores” (Rm 5,19).

    E chegamos à doutrina da Redenção, também ensinada pelo Apóstolo:

    “Assim como da falta de um só resultou a condenação de todos os homens, assim também da obra de justiça de um só (Cristo), resultou para todos os homens a justificação que traz a vida” (Rm 5,18).

    Este pecado original, em Adão uma falta voluntária, nos outros homens se constitui na privação da graça divina, que havia sido concedida a toda a humanidade na pessoa do primeiro homem.

    A graça, por ele perdida para si e para todos os seus descendentes, foi recuperada pelo segundo Adão, Jesus Cristo, pela sua Redenção, que nos alcança através do Batismo.

    Ora, Deus havia prometido, no momento do pecado de Adão, que uma mulher com o seu filho, o futuro Salvador, venceria completamente o demônio.

    Não teria, pois, nenhum pecado. Não teria, em nenhum instante, a menor privação da graça divina.

    Por isso, essa mulher especial, Maria, escolhida para a Mãe do Redentor, foi saudada pelo Anjo mensageiro de Deus com as palavras:

    “Ave, ó cheia de graça..., bendita entre as mulheres”, portanto, sem pecado.

    A Redenção de Cristo a atingiu, de modo preventivo, preservando-a, por privilégio único, do pecado que atinge a todos os homens.

    É esse, pois, o dogma da Imaculada Conceição, que celebramos: Maria, desde a sua concepção, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada de toda mancha do pecado original.

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Conclusão:

    E porque herdamos o pecado original preservado apenas em Maria por conveniência do Altíssimo DEUS, é que devemos batizar as crianças.

    Não é por acaso que os protestantes históricos assim como os católicos operam o batismo infantil.

    ResponderExcluir
  92. Sergio disse:

    RESPONDENDO AO PRETENCIOSO SITE "SERVAS" DO ALTÍSSIMO:

    Disse o site que precisa aprender antes de querer ensinar:

    "Muito Esclarecedor!
    Espero que abra os olhos dos idolatras."

    Nossa resposta:

    O que ensina a Bíblia e que site desconhece porque estava preocupado em copiar artigos que outros escreveram ?


    “E deu-lhe autoridade para julgar, porque é o Filho do homem.” João 5:27

    “O Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo;” João 5:22

    “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça.” João 7:24

    “Todavia, a mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós, ou por algum juízo humano; nem eu tampouco a mim mesmo me julgo.” 1 Coríntios 4:3

    “...pois quem me julga é o Senhor.” 1 Coríntios 4:4

    “...porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” 1 Samuel 16:7

    “Eu, o Senhor, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.” Jeremias 17:10

    “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.” Salmos 139:23

    “Não julgueis, para que não sejais julgados” Mateus 7:1


    O site "Servas" do Altíssimo julgou sem permissão para fazê-lo.

    E julgou pelo que pensou e não pelo que viveu.

    Eles não frequentam catequeses. Não frequentam Missas e não vivem o dia-a-dia da Igreja Católica.

    Julgaram tão e somente pelo que ouviram de seus mentores.


    Pois permaneça o site "Servas" do Altíssimo fazendo as obras que lhe são próprias, bem como as obras de seus possíveis mestres Macedoe Malafaia.

    E permaneçam todos aqueles que aspiram por santidade fazendo as obras da prudência.

    E que o site repetidor de falsos ensinos não se esqueça:


    “Geralmente suspeitamos nos demais o que sentimos em nós;” (Santo Agostinho)

    “A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.” (Madre Teresa de Calcutá)

    ResponderExcluir
  93. Sérgio acrescenta:

    E sobre estes que chegam a reproduzir até mesmo obras de Macedo e/ou Igreja Universal está escrito:

    "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si DOUTORES conforme as suas próprias concupiscências;
    E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às FÁBULAS."
    2 Timóteo 4:3,4

    ResponderExcluir
  94. Enquanto para alguns Maria é mulher como outra qualquer, por outro lado Jesus Cristo que é o SENHOR DA GLÓRIA, considera Maria digna de ser sua mãe a ponto de obedece-la.

    Ou seja, Maria não serve para ser mãe de crente, mas serviu para ser mãe do REDENTOR DO GÊNERO HUMANO.


    Lucas 2, 51:

    “E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no seu coração todas estas coisas.”

    A bíblia diz que em tudo Jesus era sujeito aos seus pais.

    Ou seja, Jesus obedecia a José e Maria.

    E tem crente que ainda acha que Jesus fica feliz quando vê como sua mãe é tratada pelos "ungidos".

    ResponderExcluir
  95. Não há porque estranharmos o comportamento do site "Servas" do Altíssimo.

    São Padre Pio explica:


    “Olhe para o Protestantismo como um grande hospital, onde os médicos não são verdadeiros médicos, e os remédios não fazem efeito porque não possuem a substância correta. Verás, pois, que se um moribundo adentrar nesse hospital suplicando que lhe cure, sequer ouvirá uma solução para sua doença, ou será atendido de forma desleixada, e a morte será o seu único fim. Assim é o protestantismo: há pastores que não são pastores, e há doutrinas que não salvam, por não serem as doutrinas de Cristo. E seu único fim [do protestante] é a morte eterna, se a misericórdia divina não contrapuser a justiça temerosa.”

    “...é impossível amar a Igreja e não lutar para destruir esta heresia”.

    ResponderExcluir
  96. Mais um "ungido" desmascarado:

    https://afeexplicada.wordpress.com/2013/11/28/resposta-ao-pastor-renato-vargens-pelos-ataques-formulados-contra-maria-santissima/

    ResponderExcluir
  97. E já que o site "servas" do Altíssimo gosta de falar sobre idolatria, muito embora o conceito entre as 60.000 seitas evangélicas não seja uma unanimidade, de forma que aquilo que é heresia para um pode não ser para outro e de modo que todos se chamam de hereges uns aos outros, conforme pode ser visto em larga escala na internet, segue abaixo um artigo para apreciação do site "ungido" sobre idolatria e o que o fanatismo religioso pode fazer com as pessoas(crentes) que seguem homens ao invés seguirem a Igreja fundada por Jesus Cristo na terra.

    http://www.pr.gonet.biz/com-ver.php?status=1&move=prev&ncom=756

    ResponderExcluir
  98. Deixemos com os "juízes" do catolicismo, tal como o site "servas" do Altíssimo, o pensamento de Joseph Ratzinger(Bento XVI), o maior teólogo do nosso tempo:

    "...se não é lícito calar sobre o mal na Igreja, também não se deve silenciar, porém, sobre o grande rastro luminoso de bondade e de pureza, que a fé cristã traçou ao longo dos séculos". Seria uma grande tolice medir a Igreja pela régua dos traidores. Assim como a história da arquitetura remete às grandes obras, a do povo de Deus remete aos grandes santos, e não o contrário.” Bento XVI

    Parece cômico falar em teólogo com quem faz de Edir Macedo, entre outros, sua bússola...

    Enfim...

    Estamos no ano da misericórdia !!!

    ResponderExcluir
  99. Lucia complementa: Mais um falso profeta desmascarado. Desta vez o Escorpião Saul da Lagoinha:

    http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cartas&subsecao=apologetica&artigo=20040827093000

    ResponderExcluir
  100. Os principais adversários do catolicismo estão na TV.

    Soares pregando que Jesus tem obrigação de atender aos caprichos do crente.

    Macedo pregando aborto.

    Santiago negando a divindade de Jesus(heresia de Ário)

    Malafaia pregando a prosperidade financeira

    Ana Paula Valadão dando gritos e urros de animais


    São estes seres "abençoados" que querem ensinar a leitura da Bíblia a Igreja que deu a Bíblia ao mundo.

    São estes "profetas" que querem ensinar a igreja bi milenar a interpretar o livro que proíbe a interpretação privada.


    São cegos guiando cegos !!!

    ResponderExcluir
  101. Mais um falastrão desmascarado. Trata-se do auto proclamado "imortal" Abner Ferreira que entre outras coisas gosta de falar contra o catolicismo sendo um seguidor do Reverendo Moon que entre outras aberrações nega que a obra de Cristo tenha sido completa.

    Eis a resposta ao papagaio evangélico:

    https://afeexplicada.wordpress.com/category/defesa-catolica/

    ResponderExcluir
  102. Mas pelo menos Ana Paula Valadão já reconhece a Patristica.

    http://resistenciacatolica.blogspot.com.br/2013/01/ana-paula-valadao-reconhece-patristica.html

    E a Sociedade Bíblica do Brasil que é uma entidade evangélica referência para o meio, reconhece finalmente a mentira protestante sobre os livros inspirados:

    http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2012/03/sbb-publica-septuaginta-e-acaba-mentira.html

    ResponderExcluir
  103. O evangelho de São Lucas foi escrito em grego koiné.

    Em grego , a palavra que o Anjo usa para saudar Maria é Haire Kechatoriemêne que no grego Koiné que Lucas escreveu, significa ” Alegra-te, portadora de graça sem medida “= alegra-te cheia de graça , e não “agraciada”.

    A tradução do falsário João Ferreira de Almeida adulterou o texto original,propositalmente para a alegria daqueles que odeiam a mãe de Jesus Cristo.

    No versículo 30 o Anjo diz a Maria: “encontraste GRAÇA diante de Deus, e não, encontraste “agraciamentos” diante de Deus.

    Lucas fala da Graça de Deus que Maria encontrou.

    Somente Maria encontrou graça diante de Deus, e para si mesma, e para cada pessoa, em particular.

    Os patriarcas, os profetas e todos os santos da Antiga Lei não puderam encontrar esta graça.

    Só depois de ter dito isto é que o Anjo Gabriel diz a Maria que ela conceberia e daria a luz um filho.

    Portanto a Graça que Maria encontrou diante de Deus é que a fez merecer a Graça de ser a mãe de Meu Senhor ( Lucas 1, 43)

    Cultuamos Maria porque antes de nós o Anjo do Altíssimo Senhor o fez.

    O próprio Espírito Santo, falando pela boca de Isabel, proclamou que ela é bendita entre as mulheres.

    João Batista estremeceu de alegria no ventre de Isabel ao ouvir a saudação de Maria.

    Isabel se diz honrada com a visita de Maria a quem ela chama de mãe do seu Senhor.

    E como sabemos o SENHOR É DEUS E NÃO HÁ OUTRO.

    Deuteronômio 4:39: “Reconheçam isso hoje, e ponham no coração que o Senhor é Deus em cima nos céus e embaixo na terra. Não há nenhum outro.”

    Maria é bem aventurada porque acreditou; e que ela é a mãe de Deus, pois o Senhor é Deus, que escolheu Maria como Sua Mãe para descer à nossa humanidade.

    O que nós católicos temos pela Virgem Maria é amor e respeito, por aquela que soube dizer “sim” a Deus, e se entregar por inteira independente de sua própria vontade, reconhecendo-se como “escrava do Senhor” (Lc 1, 38).

    Mas mesmo assim, muitos a atacam, e mentem quando dizem que a colocamos no lugar de Deus, o que de fato é impossível, pois a própria Maria se intitula “escrava do Senhor”.

    ResponderExcluir
  104. O grande problema do protestantismo é ter descartado a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade(1 Timóteo 3,15) para colocar no lugar sua própria interpretação pessoal da Bíblia, quando as próprias escrituras proíbem a interpretação privada(2 Pedro 1, 20).

    A partir daí instalou-se a confusão.

    Por isto a cada dia surge uma "nova" e "verdadeira" igreja de Cristo que contesta as demais e põe como hereges todos aqueles que não comungam dos mesmos pensamentos que os seus.

    Basta alguém discordar do líder que já surge o embrião de uma nova denominação.

    O protestante ao trocar a Igreja pela sua interpretação particular da Bíblia, deixou de seguir as tradições apóstólicas que são recomendadas pela Bíblia para seguir as tradições de homens que são condenadas pela mesma Bíblia.

    O protestante faz o contrário do que ensina a Bíblia. E como nós católicos praticamos a tradição apostólica, somos injustamente acusados de seguiremos as tradições meramente humanas que são justamente seguidas pelo protestantismo, se não vejamos:


    Um dos princípios fundamentais do Protestantismo é a sola scriptura ou de que “somente a bíblia” é suficiente.

    Para começar este princípio é inexistente até o 16º século.

    A própria Bíblia, não se encontra essa palavra ou ensino, ou outros com os mesmos significados. O Sola Scriptura é uma falsa tradição humana protestante”.

    A Bíblia não contém todos os ensinamentos de Jesus. (Mc 4,33; 6,34) (Lc 24,25-27) (Jo 16,12-13; 20,30; 21,25) (At 1,2-3).

    Mesmo assim os protestantes passam por cima dessas passagens dizendo que todo ensinamento de Cristo está registrado nas Escrituras.

    Isto é falso.

    “Jesus fez ainda muitas outras coisas. Se fossem escritas uma por uma, penso que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever”. (Jo 21,25)

    “Perseveravam eles na doutrina dos apóstolos, na reunião em comum, na fração do pão e nas orações”. (At 2,42)

    A Tradição Cristã, de acordo com a Bíblia, pode ser oral ou escrita (2Ts 2,15) (2 Tm 1,13-14; 2,2). São Paulo não faz nenhuma distinção entre as duas formas.

    ResponderExcluir
  105. Não há como ter dúvida na hora de decidir. Sempre a Igreja e nunca a sua própria interpretação privada.

    E neste sentido, Santo Agostinho, o santo Doutor da Graça é muito mais confiável do que Valdemiro Santiago falastrão e fanfarrão que nega a divindade de Cristo.

    Se o lobo não reconhece nem o Senhor da Glória o que dirá de sua mãe ?

    Santo Agostinho exclama sobre Maria:

    “És Maria, a beleza e o esplendor da terra, és para sempre o protótipo da santa Igreja. Por uma mulher, a morte, por outra mulher a vida: por ti, Mãe de Deus. Eva foi a causadora do pecado; Maria, causadora do merecimento. Aquela feriu, esta curou.
    Maria é mais bem-aventurada recebendo a fé de Cristo do que concebendo a carne de Cristo. Maria permaneceu Virgem concebendo seu Filho, Virgem ao dá-lo a luz, Virgem ao carregá-lo, Virgem ao alimentá-lo do seu seio, Virgem sempre. Jesus tomou carne da carne de Maria. Na Eucaristia Maria perpetua e estende a sua Divina Maternidade”.

    ResponderExcluir
  106. O Professor Felipe Aquino ensina:

    "O SIM de Maria fez dela a Mãe do Senhor, a Mãe da Igreja e a Mãe de cada irmão de Jesus resgatado pelo Seu Sangue."

    Santo Agostinho acrescenta: “Maria é chamada nossa Mãe porque cooperou com sua caridade para que, nós, fiéis, nascêssemos para a vida da graça, como membros da nossa cabeça, Jesus Cristo”.

    O mais sábio dos santos e o mais santo dos sabios, São Tomás de Aquino ensina em teologia que:

    “Maria pronunciou o seu “fiat” (faça-se) em representação de toda a natureza humana”. “Por ser Mãe de Deus, Maria, tem uma dignidade quase infinita”.

    Finaliza Felipe Aquino complementando o pensamento do Doutor angélico: "Em nome de cada um de nós Nossa Senhora disse Sim a Deus, e a salvação chegou até nós. Por isso Deus fez dela a medianeira de todas as graças."

    São Francisco de Sales, o grande doutor inspirador de Dom Bosco disse que:

    “As crianças, vendo o lobo, correm logo para os braços do pai ou da mãe, pois ali se sentem seguras. Assim devemos fazer: recorrer imediatamente a Jesus e a Maria”.

    “Recorre a Maria! Sem a menor dúvida eu digo, certamente o Filho atenderá sua Mãe. Tal é a vontade de Deus, que quis que tenhamos tudo por Maria”, disse o doutor São Bernardo.

    Ele garante que “Maria recebeu de Deus uma dupla plenitude de graça. A primeira foi o Verbo eterno feito homem em suas puríssimas entranhas. A segunda é a plenitude das graças que, por intermédio desta divina Mãe, recebemos de Deus. Deus depositou em Maria a plenitude de todo o bem”.

    É melhor ouvir os santos do que a doidivana da Lagoinha ou o abortista de Del Castilho.

    ResponderExcluir
  107. A Bíblia não deve ser lida fora de contexto com versículos e até mesmo palavras soltas. É o que fazem os "ungidos", modificando o sentido das Escrituras.

    Está escrito:

    Romanos 6,14: De facto o pecado não mais vos dominará, visto que não estais sob a lei, mas sob a graça.

    São Paulo está nos ensinando que quem está na graça não está sob o julgo do pecado.

    2 Coríntios 5,21: Cristo não conheceu pecado

    Cristo não poderia conhecer o pecado de modo algum.

    Não por acaso Isaías diz (Isaías 7,14-15): Ele vai comer coalhada de mel, até aprender a rejeitar o mal e escolher o bem.

    Cânticos 5,11: Teus lábios, ó minha esposa, são favo que destila mel e leite.


    Ou seja, Cristo não conhece pecado antes mesmo de aprender sobre o bem e o mal.

    E para não conhecer pecado no ventre de Maria, era necessário que Maria fosse pura. Ou seja, sem pecado.

    ResponderExcluir
  108. E A IGREJA PRIMITIVA DECIDIU:


    CONCÍLIO DE EFESO REALIZADO NO ANO 431(IGREJA PRIMITIVA)

    “Se alguém não confessar que o Emanuel é muito Deus, e que, portanto, a Santíssima Virgem é a Mãe de Deus (Theotókos), na medida em que na carne ela gerou o Verbo de Deus feito carne [como está escrito: A Palavra se fez carne}: seja anátema “.

    ResponderExcluir
  109. Padre Paulo Ricardo explica:

    "A instituição da Rainha Mãe surge, pela primeira vez, na descendência da casa da Davi, nos reis que vieram após o seu reinado. Depois da morte de Salomão, contam as Escrituras, houve uma divisão do povo de Deus: o reino do norte, que se separou e perdeu a descendência davídica, e o reino do sul, no qual permaneceu o reino de Judá.

    Os 20 reis descendentes de Davi - que vieram após Salomão - sempre são lembrados juntos com suas mães. Isso comprova a afirmação feita anteriormente: Sim, a rainha mãe é uma instituição típica da Casa de Davi. Por terem muitas mulheres, era impossível àqueles reis escolher somente uma das esposas para reinar ao lado deles. A saída acabava sendo reinar junto à mãe. Para isso, ela recebia o título de gebirah.

    Essa designação aparece 13 vezes no Antigo Testamento em referência à Rainha Mãe. Mas não somente no reino de Davi. No Egito, por exemplo, e em outros povos da região também. Vê-se então a importância dessa figura para a história e para a reta compreensão das profecias sobre Jesus, o verdadeiro herdeiro do trono.

    Para se ter ideia, na narrativa bíblica sobre a entronização de Salomão percebe-se claramente a reverência do rei pela mãe Betsabé, quando esta vem visitá-lo. O livro de I Reis, capítulo 2, versículo 19, diz:

    "Betsabé foi, pois, ter com o rei para falar-lhe em favor de Adonias. O rei levantou-se para ir-lhe ao encontro, fez-lhe uma profunda reverência e sentou-se no trono. Mandou colocar um trono para a sua mãe, e ela sentou-se à sua direita"

    Essa atitude de Salomão remete imediatamente ao Salmo 44: "posta-se à vossa direita a rainha, ornada de ouro de Ofir." Essa rainha é a gebirah, a rainha mãe. Os hebreus mantiveram essa tradição até o exílio da Babilônia, quando não havia mais rei. A partir dessa época, começa-se a esperar a vinda do novo filho de Davi, o messias.

    Quando o Anjo Gabriel visita a Virgem Maria e lhe revela os planos de Deus, fala que Jesus herdará "o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó". Ademais, saúda Maria, dizendo "Ave, cheia de Graça". Gabriel está saudando a rainha mãe, a mãe do "Filho do Altíssimo", cujo "reino não terá fim." Do mesmo modo também diz Isabel, quando Maria chega a sua casa para ajudá-la: "Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?" (Cf. Lc 1, 43)

    É óbvio que nem Jesus nem Maria tiveram uma vida de rei aqui na terra. Ambos viveram na completa simplicidade e pobreza, como atestam as páginas dos Evangelhos. O verdadeiro reinado de Cristo se dará apenas no céu, pois não pertence a este mundo. No apocalipse de São João se encontra alguns traços desse reinado. E é também nesse mesmo livro que a Virgem Maria surge mais uma vez como rainha, "uma Mulher revestida do sol, com a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas." (Cf. Ap 12, 1) Uma rainha mãe!

    Alguns protestantes ficam perplexos perante essa interpretação da Igreja. A mulher, nesse caso, seria apenas um simbolismo da antiga cidade de Israel e das doze tribos. Ou então uma alusão à Igreja triunfante sendo coroada no céu. Mas afinal, qual foi o ventre que trouxe Jesus à humanidade? Por mais absurdo que pareça ser, as palavras do apocalipse não falam de outra pessoa que não Maria. Ela pode, sim, simbolizar a Igreja triunfante ou a antiga cidade de Israel, todavia, é ela o primeiro personagem da narrativa, não os outros.

    Chamar Maria de "Senhora" e "Rainha" não significa, por outro lado, transformá-la em Deus. O senhorio de Maria é totalmente diverso do de seu Filho. Jesus é Adonai, Senhor no sentido de que Ele é Deus, absolutamente acima de todas as criaturas. Portanto, chamar Jesus de Senhor é reconhecer sua natureza divina; chamar a Virgem Maria de Senhora é reconhecê-la como a Rainha Mãe."

    ResponderExcluir
  110. "Jesus Cristo atrai tudo para si, com a força de seu amor. A Igreja atrai quando vive em comunhão pois os discípulos de Jesus serão reconhecidos se amarem uns aos outros como Ele nos amou." (Papa Francisco)

    ResponderExcluir
  111. Papa Francisco nesta semana:

    O Papa Francisco rejeitou nesta sexta-feira de forma inequívoca qualquer outra forma de união indissolúvel que não seja o casamento católico, condenando o que chamou de "confusão" com as uniões gays.A família cristã, ele insistiu, é baseada no "casamento indissolúvel, que une para procriar". A família é parte do "sonho de Deus para salvar a humanidade", disse ele, reafirmando que a Igreja deve lançar "um olhar de compaixão" às famílias divididas.

    ResponderExcluir
  112. Não podemos confundir protestantes históricos que realizam trabalhos em conjunto com católicos e desenvolvem esforços pela unidade entre os cristãos com os chefes das seitas que andam por aí, especialmente na TV. Uma coisa são as igrejas protestantes sérias como a Luterana, Metodista, etc... e outra coisa são as seitas dos super pastores que só andam atrás de ofertas e dízimos.

    O CONIC é uma realidade. O diálogo comum entre luteranos, episcopais, ortodoxos e católica avança em favor da unidade pedida por Jesus Cristo.
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Francisco viajará para a cidade de Lund, na Suécia, no dia 31 de outubro para participar da cerimônia conjunta entre a Igreja Católica e a Federação Luterana Mundial para comemorar o 500° aniversário da Reforma Protestante.

    O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, explicou que esta visita do papa é "um gesto de diálogo muito significativo".

    ResponderExcluir
  113. A Federação Luterana Mundial (FLM) e o Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos convidaram as Igrejas Luteranas e as Conferências Episcopais Católicas de todo o mundo a fazer uso do livro “Common Prayer” (orações em comum), preparado conjuntamente em vista da comemoração ecumênica dos 500 anos da Reforma, em 2017. O “Common Prayer” compreende materiais que podem ser adaptados às tradições litúrgicas e musicais locais das Igrejas das duas tradições cristãs.

    O objetivo do Common Prayer é o de expressar os dons da Reforma e de pedir perdão pela divisão perpetuada pelos cristãos das duas tradições. “Ele oferece a oportunidade de olhar para trás, através da ação de graças e a confissão do pecado, e de olhar para a frente, comprometendo-se no testemunho comum e no continuar o caminho”, lê-se no prefácio do Common Prayer.

    ResponderExcluir
  114. O ANO EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA DEVE SER VIVIDO INTENSAMENTE NO AMOR DE JESUS CRISTO


    “Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo (…), chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades (…).

    Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria” (DAp. n.29).

    Afirma o Sumo Pontífice: “Com convicção, ponhamos novamente no centro o sacramento da Reconciliação, porque permite tocar sensivelmente a grandeza da misericórdia. Será, para cada penitente, fonte de verdadeira paz interior” (MV, n.17).

    "Na verdade todos, sem excluir ninguém, estão chamados a acolher o apelo à misericórdia. Os missionários vivam esta chamada, sabendo que podem fixar o olhar em Jesus, ‘Sumo Sacerdote misericordioso e fiel’ (Hb 2, 17)”.

    Desta feita será um Ano Jubilar Missionário da Misericórdia para tantos sacerdotes que foram eleitos para este serviço de amor e de graça, pois aí se manifestará o amor misericordioso do Pai, pois “o amor nunca poderia ser uma palavra abstrata” (MV, n.09), e no Sacramento do Perdão o amor se torna concreto em sua plenitude.

    ResponderExcluir
  115. Contra a doutrina abortista de Macedo, reverenciado pelos segmentos evangélicos, sentenciou a beata católica Madre Teresa, devota da melhor das MAES que é Maria:

    "O aborto é o pior inimigo da paz, porque se uma mãe é capaz de destruir seu próprio filho, o que me impede de te matar? O que te impede de me matar? Como poderemos dizer aos outros que não se matem? Já não resta nenhum impedimento”

    "Como persuadir uma mulher para que não pratique um aborto? Como sempre, terá que fazê-lo com amor e recordar que amar significa doar-se até doer”.

    ResponderExcluir
  116. Por tudo isto se diz:

    "Foi sempre privilégio da Igreja vencer quando é ferida, progredir quando é abandonada, crescer em ciência, quando é atacada."

    Santo Hilário de Poitiers.

    ResponderExcluir
  117. A Igreja, coluna e sustentáculo da verdade(1 Timóteo 3,15) e mediante o poder que lhe foi concedido de ligar e desligar na terra(Mateus 18,18), ensina aos católicos que também é possivel pecar digitalmente.

    Dentro das situações possíveis e mais comuns, a Igreja recorda que o cristão deve lutar contra abusos em chats e redes sociais quando pessoas se aproveitam para cometer crimes de difamação e cyberstalking. Tem também os que criam perfis falsos para extorsão e os que navegam em sites pornográficos.

    ResponderExcluir
  118. “Quando uma maioria parlamentar ou social decreta a legitimidade da eliminação, mesmo sob certas condições, da vida humana ainda não nascida, assume uma decisão tirânica contra o ser humano mais débil e indefeso” (João Paulo II, Evangelium Vitae, nº 70).

    Beata Teresa de Calcutá:

    “Eis porque o aborto é um pecado tão grave. Não somente se mata a vida, mas nos colocamos mais alto do que Deus; os homens decidem quem deve viver e quem deve morrer.”

    ResponderExcluir
  119. "Um país que permite o aborto é um país muito pobre, porque tem medo de uma criança, e o medo é sempre uma grande pobreza." (Beata Teresa de Calcutá)

    João Paulo II: “Com a autoridade que Cristo conferiu a Pedro e aos seus Sucessores, em comunhão com os Bispos — que de várias e repetidas formas condenaram o aborto e que, na consulta referida anteriormente, apesar de dispersos pelo mundo, afirmaram unânime consenso sobre esta doutrina — declaro que o aborto directo, isto é, querido como fim ou como meio, constitui sempre uma desordem moral grave, enquanto morte deliberada de um ser humano inocente. “Tal doutrina está fundada sobre a lei natural e sobre a Palavra de Deus escrita, é transmitida pela Tradição da Igreja e ensinada pelo Magistério ordinário e universal”. João Paulo II, encíclica “Evangelium vitae”, (n. 62)

    ResponderExcluir
  120. Maria permaneceu virgem após o parto

    "Entrou e habitou secretamente no seio; saindo depois do seio, não rompe o selo virginal"

    (Santo Efraim de Antioquia)

    ResponderExcluir
  121. São Cirilo de Jerusalém:

    O verdadeiro título da única Igreja de Cristo é a Igreja Católica

    "Se algum dia peregrinares pelas cidades, não indagues simplesmente onde está a Casa do Senhor, porque também as seitas e heresias querem dar o título de ‘Casas do Senhor."

    às suas espeluncas.

    ResponderExcluir
  122. São Cirilo de Jerusalém:

    O verdadeiro título da única Igreja de Cristo é a Igreja Católica

    "Se algum dia peregrinares pelas cidades, não indagues simplesmente onde está a Casa do Senhor, porque também as seitas e heresias querem dar o título de ‘Casas do Senhor às suas espeluncas."

    ResponderExcluir
  123. Só há uma única Igreja de Cristo
    ================================
    "O primado é conferido a Pedro para que fosse evidente que há uma só Igreja" (São Cipriano de Cartago)

    Ler a Bíblia é ouvir a Cristo
    =============================
    "Ler a Sagrada Escritura é pedir conselhos à Cristo" (São Francisco de Assis)

    A Igreja é una, santa, católica e apostólica
    ============================================
    "A Igreja é Santa, a Única Igreja, a Verdadeira Igreja, a Igreja Católica, lutando sempre contra todas as heresias. Ela pode lutar, mas não pode ser derrotada. Todas as heresias são expulsas por Ela, como os galhos pendentes são arrancados de uma vinha. Ela permanece presa à sua raiz, em Sua vinha, em Seu amor.(Santo Agostinho)

    Jesus é real e presente na Eucaristia
    =====================================
    "Se ele em pessoa declarou e disse do pão: «Isto é o meu corpo», quem se atreveria a duvidar doravante?
    E quando ele afirma categoricamente e diz: «Isto é o meu sangue», quem duvidaria dizendo não ser seu
    sangue? Outrora, em Caná da Galiléia, por própria autoridade, transformou a água em vinho." (São Cirilo de Jerusalém)

    O primado romano
    ================
    "Porque é com essa igreja (Roma), em razão de sua mais poderosa autoridade de fundação,que deve necessariamente concordar toda a igreja, isto é, que devem concordar os fieis procedentes de qualquer parte, ela, na qual sempre, em beneficio dos que procedem de toda a parte, se conservou a tradição que vem apóstolos"

    (Santo Irineu de Lyon)

    ResponderExcluir
  124. E sobre a Santa Eucaristia vista pelos lobos como apenas uma bolachinha sem valor, os verdadeiros doutores ensinam:


    São Gregório Nazianzeno (330-379),doutor da Igreja:
    “Este pão do céu requer-se que se tenha forme. Ele quer ser desejado”.

    “O Santíssimo Sacramento é fogo que nos inflama de modo que, retirando-o do altar, espargimos tais chamas de amor que nos tornam terríveis ao inferno.”

    Santa Teresa D´Avila (1515-1582),doutora da Igreja SOBRE A EUCARISTIA/PRESENÇA REAL DE JESUS CRISTO:

    “Devemos estar na presença de Jesus Sacramentado, como os Santos no céu, diante da Essência Divina.É pelo preparo do aposento que se conhece o amor de quem acolhe o seu amado”.

    Santo Agostinho (354-430),doutor da Igreja:

    “Ele se esconde porque quer ser procurado”.

    “Não somos nós que transformamos Jesus Cristo em nós, como fazemos com os outros alimentos que tomamos, mas é Jesus Cristo que nos transforma nele.”

    “Sendo Deus onipotente, não pôde dar mais; sendo sapientíssimo, não soube dar mais; e sendo riquíssimo, não teve mais o que dar.”

    “A Eucaristia é o pão de cada dia que se toma como remédio para a nossa fraqueza de cada dia.”

    Santa Teresinha (1873-1897), doutora da Igreja:

    “Não é para ficar numa âmbula de ouro, que Jesus desce cada dia do céu, mas para encontrar um outro céu, o da nossa alma, onde ele encontra as sua delícias”.

    “Quando o demônio não pode entrar com o pecado no santuário de uma alma, quer pelo menos que ela fique vazia, sem dono e afastada da comunhão.”

    Santa Margarida Maria Alacoque:

    “Nós não saberíamos dar maior alegria ao nosso inimigo, o demônio, do que afastando-nos de Jesus, o qual lhe tira o poder que ele tem sobre nós.”

    São Filipe Neri:

    “A devoção ao Santíssimo Sacramento e a devoção à Santíssima Virgem são, não o melhor, mas o único meio para se conservar a pureza. Somente a comunhão é capaz de conservar um coração puro aos 20 anos. Não pode haver castidade sem a Eucaristia.”

    São Vicente Ferrer:

    “Há mais proveito na Eucaristia que em uma semana de jejum a pão e água”.

    São João Crisóstomo (349-407),doutor da Igreja:

    “A Eucaristia dá-nos uma grande inclinação para a virtude, uma grande paz e torna mais fácil o caminho para a santificação”.

    “Deu-se todo não reservando nada para si”.

    “Não comungar seria o maior desprezo a Jesus que se sente “doente de amor” (Ct 2,4-5)”.

    Santo Ambrósio (340-397),doutor da Igreja:

    “Eu que sempre peco, preciso sempre do remédio ao meu alcance.”



    ResponderExcluir
  125. "Nada, nada, nada. Nem a pele nem os ossos, tudo para Jesus Cristo." (São João da Cruz)

    ResponderExcluir
  126. São Bernardo:

    “Quereis um advogado junto a Jesus? Recorrei a Maria, pois nela não há senão pura compaixão pelos males alheios. Pura não só porque ela é imaculada, mas porque nela só existe compaixão pura e simples. Digo-o sem hesitar: Maria será ouvida devido à consideração que lhe é devida. O Filho ouvirá a Mãe, e o Pai, seu Filho. Eis, pois, a escada dos pecadores, minha absoluta confiança; eis todo o fundamento da minha esperança”.

    ResponderExcluir
  127. Do site a fé explicada:


    O símbolo da fé que professamos nos é agora transmitido, convidando-nos a crer naquele que subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.

    E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

    Nosso Senhor Jesus Cristo virá, portanto dos céus, virá glorioso no fim do mundo, no último dia.

    Dar-se-á a consumação do mundo, e este mundo que foi criado será inteiramente renovado.

    ResponderExcluir
  128. Ainda a Santa Eucaristia e o conselho de São Basílio:

    “Comungar mesmo todos os dias, recebendo o santo Corpo e Sangue de Cristo, é coisa boa e útil; porque Ele mesmo diz claramente: ‘Quem come a Minha carne e bebe o Meu sangue tem a vida eterna’. Quem duvidará então que participar continuamente da vida não seja viver em plenitude?”.

    ResponderExcluir
  129. Padre Paulo Ricardo explica que protestantes odeiam não a Igreja Católica, mas a caricatura que lhes foi apresentada por pregadores ignorantes.

    https://www.youtube.com/watch?v=5I9HlgbiCPM

    ResponderExcluir
  130. Para os ignorantes e todos aqueles que são enganados por devoradores que dizem que no catolicismo Maria é o Centro de tudo:

    Do site católicos on line:

    "O Papa São João XXIII dizia que o Terço é o Evangelho das pessoas simples. De fato, é uma recordação e meditação do Evangelho na escola de Maria, como diz a letra do mesmo hino de que falamos: “É Tua escola o Terço, ele é luz, ninguém como Tu sabe mais de Jesus; o Santo Evangelho ensina de novo, Teu Terço é a Bíblia que Deus deu ao povo”.

    "O Papa São João Paulo II ensinou-nos que o Rosário “concentra a profundidade de toda a mensagem evangélica da qual é quase um compêndio... Com ele, o povo cristão frequenta a escola de Maria, para deixar-se introduzir na contemplação da beleza do rosto de Cristo e na experiência da profundidade do seu amor” (Carta Apost. Rosarium Virginis Mariae, 1)."

    Como se vê, Jesus Cristo é o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último, o começo e o fim.


    ResponderExcluir
  131. Um ótimo artigo sobre o imbecil do Lutero, pai do protestantismo que a seu bel prazer mutilou a Bíblia.

    http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?pref=htm&num=3646

    ResponderExcluir
  132. SÃO JOÃO CRISÓSTOMO ENSINA SOBRE MARIA, EUCARISTIA E SOBRE O NOSSO SALVADOR CRISTO JESUS:

    "Ó Filho Único e Verbo de Deus, sendo imortal, vos dignastes pela nossa salvação encarnar-vos da Santa Mãe de Deus e sempre Virgem Maria, vós que sem mudança vos tornastes homem e fostes crucificado, ó Cristo Deus, que pela vossa morte esmagastes a morte, sois Um na Santíssima Trindade, glorificado com o Pai e o Espírito Santo, salvai-nos!”

    “Pedro, na verdade, ficou para nós como a pedra sólida sobre a qual se apoia a fé e sobre a qual está edificada a Igreja. Tendo confessado ser Cristo o Filho de Deus vivo, foi-lhe dado ouvir:

    “Sobre esta pedra – a da sólida fé – edificarei a minha Igreja”(Mt 16,18). Tornou-se enfim Pedro o alicerce firmíssimo e fundamento da Casa de Deus, quando, após negar a Cristo e cair em si, foi buscado pelo Senhor e por ele honrado com as palavras: apascenta as minhas ovelhas”(Jo 21,15). Dizendo isto, o Senhor nos estimulou à conversão, e também a que de novo se edificasse solidamente sobre Pedro aquela fé, a de que ninguém perde a vida e a salvação, neste mundo, quando faz penitência sincera e se corrige de seus pecados”

    “Tu vais participar da eucaristia? Então, não humilhes teu irmão. Não desprezes o faminto… Quê? Tu fazes memória de Cristo e desprezas o pobre? Tu não ficas horrorizado? Bebeste o Sangue do Senhor e não reconheces teu irmão? Ainda que o tenhas desconhecido antes, deves reconhecê-lo nesta mesa… Tu, que recebeste o pão da vida, não faças obra de morte”

    ResponderExcluir
  133. "Se queremos luz, Ele veio para iluminar-nos. Se necessitamos força, Ele veio para fortalecer-nos. Se buscamos perdão, Ele veio precisamente reconciliar-nos. Se queremos amor, Ele veio inflamar-nos. E para presentear-nos esses dons, apresentou-se a nós como humildade e como ternura, para mostrar-se mais amável, afastar todo temor, e conquistar para si nosso amor” (Santo Afonso falando sobre Jesus Cristo)

    ResponderExcluir
  134. Em tempos de Quaresma, o maior teólogo da atualidade nos ensina:

    “Ao longo deste tempo, manteremos o olhar fixo sobre Jesus Cristo, ‘autor e consumador da fé’ (Hb 12, 2): n’Ele encontra plena realização toda a ânsia e aspiração do coração humano. A alegria do amor, a resposta ao drama da tribulação e do sofrimento, a força do perdão face à ofensa recebida e a vitória da vida sobre o vazio da morte, tudo isto encontra plena realização no mistério da sua Encarnação, do seu fazer-Se homem, do partilhar conosco a fragilidade humana para a transformar com a força da sua ressurreição. N’Ele, morto e ressuscitado para a nossa salvação, encontram plena luz os exemplos de fé que marcaram estes dois mil anos da nossa história de salvação” (Bento XVI, Porta Fidei, 13).

    ResponderExcluir
  135. Maria e a Profecia de Simeão:

    "...uma espada de dor traspassará a tua alma"(Lucas 2, 34)

    Santo Afonso ensina:

    "A bendita Mãe sabia dos sacrifícios que o Filho deveria fazer de sua vida em favor da salvação da humanidade. Naquele momento, entretanto, de forma determinada e específica, conheceu as penas e a cruel morte que estavam reservadas ao seu Filho no futuro."

    ResponderExcluir
  136. Maria e a morte cruel de Jesus


    Nossa Senhora foi condenada a assistir as três horas em que Ele agonizou suspenso no madeiro da Cruz até o seu falecimento.

    Justifica-se aqui o hino contido no livro das Lamentações:

    "O vós todos que passais pelo caminho, vede se há dor semelhante a minha dor." (Lm 1, 12)

    ResponderExcluir
  137. Santo Afonso de Ligório(1696-1787)

    "A Eucaristia não é só garantia do amor de Jesus Cristo, mas é também garantia do Paraíso que ele nos quer dar."

    "Sem a Missa, a terra já teria sido aniquilada, há muito tempo, por causa dos pecados dos homens."

    ResponderExcluir
  138. Como me dói o coração ver algumas pessoas tratando a Mãe do Senhor como qualquer uma, como uma simples mulher. Maria foi serva do Senhor, silenciou e fez a vontade de Deus. É como diz a frase "Se a terra que Jesus passou foi santa, imagina o ventre que o gerou!". Por favor, antes de falarem que nós católicos adoramos Maria, vá realmente buscar o que é adoração e o que é veneração. Maria intercede por cada um de nós, como mãe e protetora. Que ela possa também interceder por cada um que não a ama, que a insulta, que não acredita que Maria vive!
    Acaso não sabeis? EU SOU DA IMACULADA! ��❤

    ResponderExcluir
  139. Jesus Cristo é claro:

    “Quem come a Minha Carne e bebe o Meu Sangue,
    tem a vida eterna, e Eu o ressuscitarei no último dia”
    (Jo 6,51-59

    Eucaristia é vida.

    ================================

    Se alguém diz que os católicos adoram Maria é sem dúvida ignorante.

    Um padre tem poderes de perdoar pecados.

    Poderes que foram negados a Virgem Maria.

    Maria é uma criatura. A mais sublime de todas. A mais perfeita. O exemplo para todos nós.

    Ela também foi salva por Jesus Cristo. É o que sempre ensinou a Igreja.

    Só que Maria foi salva de uma maneira especial.

    Você pode salvar alguém do afogamento de duas formas.

    Uma é jogando uma corda e puxando a pessoa.

    A outra é evitando que ela entre no rio.

    Maria foi preservada do pecado original.

    E por que ?

    Porque convinha a DEUS. Afinal DEUS não habita templo que não seja santo.

    O ventre de Maria é o primeiro templo de Jesus aqui na terra.

    E como se deu a preservação de Maria quanto ao pecado original ?

    Ora, pelos méritos antecipados de Jesus Cristo na cruz.

    Por isto se diz que Maria foi salva por Jesus Cristo.

    Enquanto nós pegamos na corda lançada ao rio, Maria foi impedida de entrar no rio.

    Maria foi salva de uma maneira toda especial.

    Por isto os anjos celebram:

    “Há sessenta rainhas‚ oitenta concubinas‚ e inumeráveis jovens mulheres; uma porém‚ é a minha pomba‚ uma só a minha perfeita; ela é a única de sua mãe‚ a predileta daquela que a deu à luz. Ao vê-la‚ as donzelas proclamam-na bem aventurada‚ rainhas e concubinas a louvam. Quem é essa que surge como a aurora‚ bela como a lua‚ brilhante como o sol‚ temível como um exército em ordem de batalha?” (Cant 6‚ 8-10)

    ResponderExcluir
  140. Prezado anônimo acima de 08 de maio

    A Igreja nunca ensinou que Maria deveria ser adorada ou que Maria é deusa.

    Como mentem os pastores a este respeito !!!

    E ainda acham que Jesus Cristo está feliz com eles.

    Veja o que a Igreja ensina sobre Maria:


    Tratado de devoção a Santíssima Virgem
    ======================================

    14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    15. Digo, entretanto, que, supostas as coisas como são, já que Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem, depois que a formou, é de crer que não mudará de conduta nos séculos dos séculos, pois é Deus, imutável em sua conduta e em seus sentimentos.

    ResponderExcluir
  141. Como mentem os pastores !!!

    Quando lemos as 95 teses de Lutero, percebemos que o próprio reformador nunca atribuiu a Igreja como instituíção a venda de indulgências. O abuso de alguns sacerdotes jamais pode ser confundido com doutrina de uma instituíção bi milenar.
    Lutero inclusive reconhecia o papa como autoridade, algo que os protestantes modernos hoje recusam por conta dos ensinos de seus pastores.

    Teses de Martinho Lutero

    50 Deve-se ensinar aos cristãos que, se o papa soubesse das exações dos pregadores de indulgências, preferiria reduzir a cinzas a Basílica de S. Pedro a edificá-la com a pele, a carne e os ossos de suas ovelhas.

    51 Deve-se ensinar aos cristãos que o papa estaria disposto - como é seu dever - a dar do seu dinheiro àqueles muitos de quem alguns pregadores de indulgências extraem ardilosamente o dinheiro, mesmo que para isto fosse necessário vender a Basílica de S. Pedro.

    73 Assim como o papa, com razão, fulmina aqueles que, de qualquer forma, procuram defraudar o comércio de indulgências,

    77 A afirmação de que nem mesmo S. Pedro, caso fosse o papa atualmente, poderia conceder maiores graças é blasfêmia contra São Pedro e o papa.

    Contudo, Lutero confundiu pecado com efeitos do pecado.

    As indulgências apagam os efeitos do pecado.

    Moisés entrou no Reino dos Céus e podemos ver isto na configuração de Jesus no monte Tabor, mas não entrou a terra prometida porque duvidou de DEUS.

    Ou seja, recebeu perdão, mas teve que pagar pelos efeitos do pecado.

    O mesmo se deu com o grande Rei Davi que foi perdoado por ter matado o marido de sua amante, mas pagou a pena com a vida de seu filho.

    Pecado é uma coisa e efeitos do pecado são outra coisa.

    Lutero confundiu uma coisa e outra. Podemos ver isto em sua tese 75.

    Todavia, ao contrário dos protestantes modernos, acabou confessando que Maria é MÃE DE DEUS.

    Tese 75 de Lutero:

    75 A opinião de que as indulgências papais são tão eficazes ao ponto de poderem absolver um homem mesmo que tivesse violentado a mãe de Deus, caso isso fosse possível, é loucura.

    ResponderExcluir
  142. Que visão do Antigo Testamento é figura da Missa?

    A Missa é, na realidade, aquela escada misteriosa que Jacó viu em sonhos (Gen 28, 12), em que uma extremidade tocava a terra e a outra atingia o céu, na qual subiam e desciam os anjos e, principalmente, o Santo de Deus, o Anjo de Deus por excelência, o Mediador Supremo, para levar ao Senhor nossos votos e sacrifícios, e para nos trazer sua graça e sua benção.

    Podemos, então, dizer que o santo sacrifício da Missa transforma nossas igrejas em céu?

    Sim, porque nele o divino cordeiro é imolado e adorado no templo como no-lo apresenta S. João no meio do santuário celestial.

    Os anjos também participam da adoração do cordeiro imolado na Missa, como eles o adoram no céu?

    Sim; os espíritos bem aventurados, sabedores do que se opera em nossos altares, deles se aproximam para assisti-los com o temor inspirado pelo mais profundo respeito.

    A Igreja admite a presença dos anjos na Missa?
    Sim, a Igreja admitiu sempre e tanto esta verdade que S. Crisóstomo não duvidava em dizer: “Que fiel poderá duvidar que, à voz do sacerdote no momento da consagração, o céu se abre e os coros dos anjos descem para assistir ao mistério de Jesus Cristo, e as criaturas celestes e terrestres, visíveis e invisíveis, se reúnem em tão solene instante?”.

    Por que a Missa é chamada de “Santa”?

    Porque nela é o próprio autor da santidade que se oferece como vítima, num sacrifício perfeito a Deus, e como alimento espiritual aos fiéis na Eucaristia, ou seja, a transubstanciação real do pão e do vinho no corpo e sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo

    ResponderExcluir
  143. A ALMA DA IGREJA

    Dom Fernando Arêas Rifan*

    Deus, ao criar Adão, o primeiro homem, após formar o seu corpo do pó do solo, soprou sobre ele um “sopro de vida”, surgindo assim o ser humano completo, corpo e alma (Gn 2, 7).

    Assim Jesus, durante sua vida pública, formou o corpo da Igreja: convocou os Apóstolos, a quem deu a sua autoridade, escolheu Pedro para o chefe, a “pedra”, e deu-lhes o poder de transmitir a graça e os seus ensinamentos. Estava formada a hierarquia, a Igreja docente, que, junto com os outros discípulos, a Igreja discente, formava o corpo da Igreja. Faltava agora a alma, o sopro da vida. Sopro em latim é “spiritus”. Sopro divino, a alma da Igreja, é o Espírito Santo, que Jesus enviou sobre os Apóstolos, sobre a sua nascente Igreja. Agora a obra está completa. A festa de Pentecostes, na qual celebramos a vinda do Espírito Santo sobre a Igreja, na pessoa dos Apóstolos reunidos com Nossa Senhora (Atos 1, 13-14), é a inauguração oficial da Igreja de Cristo, seu Corpo Místico vivo, pela ação do Espírito Santo.

    Foi o Espírito Santo que completou a obra de Cristo, santificando os Apóstolos, transformando-os de fracos em fortes, de medrosos em corajosos, de ignorantes em sábios, para assim pregarem o Evangelho de Jesus a todos os povos, enfrentando a sabedoria pagã, as perseguições e até a morte, pela causa de Cristo. E até hoje, é o Espírito Santo que dá força aos mártires, testemunhas do Evangelho até o derramamento do sangue, o vigor aos missionários e pregadores, a ciência aos doutores, a pureza às virgens, a perseverança aos justos e a conversão aos pecadores. É o Espírito Santo que garante a indefectibilidade e a infalibilidade à Igreja, até ao fim do mundo. Nenhuma sociedade humana sobreviveria a tantas perseguições, tantas heresias e cismas, tantos inimigos externos e internos, tanta gente ruim no seu seio (nós, por exemplo!), leigos, padres, Bispos e Papas ruins, tantos escândalos da parte dos seus membros, tantas dificuldades, se não fosse a ação do Espírito Santo que a mantém incólume no meio de todas essas tempestades, até a consumação dos séculos.

    É essa ação do Espírito Santo que produziu os santos, que fazem a glória da Igreja, e são milhares e milhares. Conhecemos alguns por nome, respeitados por todo o mundo, mesmo pelos não católicos e não cristãos: quem não respeita e admira a santidade de um São Francisco de Assis, a ciência de um Santo Agostinho, um São Jerônimo e um Santo Tomás de Aquino, a firmeza de São Sebastião, a pureza de Santa Inês e Santa Cecília, a candura de Santa Teresinha do Menino Jesus, a caridade da Beata Teresa de Calcutá e da Beata Dulce dos Pobres, etc. É o Espírito Santo, presente na Igreja, que cumpre a promessa de Jesus: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28, 20).

    A Igreja reproduz a condição do seu Divino Fundador, Jesus, Deus e homem. Como Deus, perfeitíssimo como o Pai, como homem, sujeito a fraquezas como nós, exceto no pecado. Também a Igreja é divina nos seus ensinamentos, graça e perfeição, pela presença do Espírito Santo, continuador da obra de Jesus, humana e fraca nos seus membros, que somos todos nós.

    *Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney

    ResponderExcluir
  144. O sacrifício de Jesus Cristo na Cruz, onde o Salvador é, ao mesmo tempo, vítima e sacerdote.

    Do site Permanência:

    "Ele é o sacerdote que oferece o sacrifício:de fato, mesmo tendo sido flagelado e crucificado, Jesus só morreu porque quis morrer, ou seja, quis oferecer o sacrifício de sua própria vida ao Pai. Porque se Ele quisesse, poderia perfeitamente nada sofrer dos golpes recebidos. Como quis, Ele só se oferece em holocausto.

    Jesus é também vítima. Não uma vítima qualquer, como eram as ovelhas e outros animais no A.T. – Jesus é a vítima perfeita, sem mancha, inocente e voluntária. Vítima consciente do ato que Ele próprio realiza, oferecendo não apenas seu corpo, como no caso dos animais, mas também sua alma, flagelada, sofrida até a agonia, recebendo sobre si o peso infinito de todos os nossos pecados.

    E esta vítima se oferece, ao mesmo tempo livre e mergulhada na mais profunda obediência, na Caridade perfeita."

    Nossos comentários: Não há amor maior do que o de Jesus pela homem.

    Retomando do site Permanência:

    Jesus celebra a Missa com o rito das partes essenciais da missa que até hoje assistimos: ofertório - consagração - comunhão.

    É claro que as partes essenciais da Missa foram instituídas por Jesus:

    matéria:
    pão e vinho

    forma:
    Isto é o meu corpo (consagração do pão)

    Este é o cálice do meu Sangue; Sangue da nova e eterna aliança; mistério da fé; que será derramado por vós e por muitos para o perdão dos pecados (consagração do vinho)

    A Eucaristia é um Sacramento que, pela admirável conversão de toda a substância do pão no Corpo de Jesus Cristo, e de toda a substância do vinho no seu preciso Sangue, contém verdadeira, real e substancialmente o Corpo, Sangue, Alma e Divindade do mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, debaixo das espécies de pão e de vinho, para ser nosso alimento espiritual.

    Na Eucaristia está verdadeiramente o mesmo Jesus Cristo que está no Céu e que nasceu, na terra, da Santíssima Virgem.

    Eu acredito que no Sacramento da Eucaristia está verdadeiramente presente Jesus Cristo porque Ele mesmo o disse, e Ele, sendo Deus, não pode mentir. E assim no-lo ensina a Santa Igreja.

    "Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.
    Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida.
    Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele." João 6:54-56

    E quanto aos que duvidam da presença real de Jesus Cristo ???

    "Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar.
    E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido.
    Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele." João 6:64-66

    ResponderExcluir
  145. Que méritos a Missa aplica aos fiéis dos últimos acontecimentos da vida de Cristo?

    A Missa aplica aos fiéis:

    .O preço do seu sangue derramado na sua paixão e morte;
    .A glória e a vida nova da sua ressurreição, por meio da oferenda do seu corpo imortal e a benção da sua ascensão

    Que mais encontramos reunidas no santo sacrifício da Missa?

    Encontramos reunidas todas as grandezas da pessoa de Jesus Cristo:
    · seu poder como Deus;
    · seu estado de imolação como homem;
    · vivo, para interceder por nós;
    · sob os símbolos da morte para nos aplicar o preço dos seus padecimentos;
    · pontífice santo e sem mancha, mais elevado que os céus;
    · cordeiro imolado, cujo sangue correrá até a consumação dos séculos, para lavar todos os pecados;
    · sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque com um sacerdócio eterno;
    · oblação pura oferecida desde o ocaso até a aurora;
    · pontífice e vítima convenientes à santidade de Deus.

    ResponderExcluir
  146. Ainda sobre a Santa Missa:

    Então, fazemos nas igrejas, o mesmo que os santos fazem continuamente no céu?

    Sim, nós adoramos a vítima santa e imolada nas mãos do sacerdote, e todos os santos adoram no céu esta mesma vítima, o Cordeiro sem mancha representado em pé, porém como sacrificado*, em sinal da sua imolação e da sua vida gloriosa.

    * Agnum stantem quasi occisum (Apoc. 5, 6).


    Rezamos na Missa como os santos rezam nos céus?

    Sim. Todas as orações e todos os méritos dos santos se elevam dos altares das igrejas ao trono de Deus, como um suave e agradável perfume; assim expressou-se S. João no Apocalípse (8, 3-4) ao descrever um anjo, com um turíbulo de ouro na mão e junto ao altar, de onde se elevavam a Deus as orações dos santos.

    ResponderExcluir
  147. Quais são, portanto, as finalidades do sacrifício após a queda do homem?

    Após o pecado original, as finalidades do sacrifício a Deus são:
    1 – adorá-lo;
    2 – agradecer as graças recebidas;
    3 – implorar a remissão dos pecados;
    4 – implorar sua benção.

    Por que o homem, após a queda, edificou templos para imolar as vítimas do sacrifício?

    Porque, no estado de degradação e de miséria em que se encontrou devido ao pecado original, o coração do homem não podia mais servir de altar e vítima. Assim, incapaz de reparar o pecado, apesar da penitência feita, foi preciso pedir à natureza um templo, ou edificá-lo mediante ordem expressa, para sacrificar suas vítimas.

    Que disse o profeta Malaquias sobre o sacrifício prometido?

    Disse Malaquias:

    1 – “A glória do segundo templo apagará o esplendor do templo erigido por Salomão” porque eu nele aparecerei para começar meu sacrifício.

    2 – Finalmente, eu “não receberei mais vítimas de vossas mãos; meu nome não só será conhecido na Judéia, mas será grande entre todos os povos da terra, porque desde o “ocaso até a aurora, e em todo lugar se sacrifica e se oferece uma oblação pura em meu nome. Parece que já vejo esta oblação, e os tempos em que ela será oferecida não estão distantes (Mal 1, 10 -11).

    Por que a Eucaristia precedeu a imolação de Cristo na Cruz?

    A Eucaristia, sob as espécies de pão e de vinho, precedeu a imolação de Cristo na Cruz para sustentar a fé dos discípulos.

    Qual a relação entre o sacrifício da Missa e o do Calvário?

    Assim como a Eucaristia precedeu a imolação de Cristo na Cruz, assim o sacrifício da Missa devia seguir e perpetuar a imolação do Calvário, como sinal de que o sacrifício de Cristo foi, e sempre será, o único sacrifício propiciatório, instituído no Cenáculo, consumado no Calvário e perpetuado nos nossos altares.

    ResponderExcluir
  148. “Donde me vem a honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?”
    Lc 1, 43

    Isabel a proclamar estas palavras estava “cheia do Espírito Santo”(cf Lc 1, 41), o que a “impedia” de cometer um engano.

    Isabel, naquele momento, falava o que o Espírito de Deus lhe “soprava”.

    Só não enxerga quem não quer enxergar, ou quem escolhe apenas o que gosta da Bíblia.

    ResponderExcluir
  149. Do site A Fé Explicada:

    A Liturgia das Horas é uma das formas de a Igreja viver a Páscoa de Jesus Cristo no ritmo diário, semanal e anual do tempo. Pela oração das horas o Cristão é lançado no mistério da morte e ressurreição do Senhor, na expressão mais nobre e definitiva de sua atividade humana, a comunhão de seu Deus. Nas comunidades reunidas em oração, a Igreja vive diariamente como que os mistérios do Tríduo Pascal, da Paixão-Morte, Sepultura e Ressurreição do Senhor. Une sua oração a Cristo nos passos do Tríduo Pascal, mesmo evocando os demais mistérios de sua vida terrestre. Este caráter de vivencia pascal, de passagem da morte para a vida em Cristo manifesta-se pelos elementos de cada uma das horas.


    1. O invitatório. O invitatório é um convite à oração. “Abri os meus lábios, ó Senhor. E minha boca anunciará vosso louvor”, com o salmo 94. Com esse invitatório os fiéis são convidados cada dia a cantar os louvores de Deus e a escutar sua voz, e são incentivados a desejar o “descanso do Senhor”. O salmo 94 pode ser substituído pelos salmos 99, 66 ou 23. O invitatório mostra que todo o ciclo da oração cotidiana constitui uma experiência pascal.

    2. A oração da manhã. É também chamada louvor Matinal ou Laudes, é o louvor da Igreja pelo mistério de Cristo, sobretudo de seu aspecto glorioso: a Ressurreição. O sol que desponta dando forma e beleza a todas as coisas, o levantar-se, o reiniciar dos trabalhos, o alimento são símbolos da vida e ponto de partida para o louvor de Deus. Cada louvor matinal constitui uma pequena celebração da Ressurreição de Cristo e da nossa ressurreição com Ele. A oração da manhã se destina e se ordena à santificação do período da manhã. Essa hora é celebrada ao chegar à luz do novo dia e evoca a ressurreição de Jesus que é a luz verdadeira que ilumina todo homem (Jo 1, 9) é o sol da justiça (Ml 3, 20) nascendo do alto (Lc 1, 78).

    ResponderExcluir
  150. O que o Doutor católico, o mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios diz sobre Jesus Cristo que os pastores não contam aos evangélicos ?

    SÃO TOMÁS DE AQUINO.

    "Quem quiser levar uma vida perfeita não tem outra coisa a fazer senão desprezar o que Cristo desprezou na Cruz, e desejar o que ele desejou.
    Com efeito, não há um só exemplo de virtude que a cruz não nos dê. Buscas um exemplo de caridade?
    Não existe amor maior do que dar sua vida por seus amigos, e Cristo o fez na cruz ... Buscas um exemplo de paciência? O mais perfeito encontra-se na cruz ... Buscas um exemplo de humildade? Olha o Crucificado ... Um exemplo de obediência? Põe-te a seguir Aquele que se fez obediente até a morte ... Um exemplo de desprezo pelas coisas terrestres? Caminha atrás Daquele que é o Senhor dos senhores e Rei dos reis, no qual se encontram todos os tesouros da sabedoria e que, no entanto, na cruz, aparece nu, objecto de zombarias, conspurcado, batido, coroado de espinhos, recebendo de beber fel e vinagre, levado à morte” (Expositio in Symbol.; art.4, nº920-4)."

    ResponderExcluir
  151. Bom,sou católico e devoto a Nossa Senhora,não a idolatro mas a amo SIM como uma mãe,e eu sei que Jesus é único caminho e salvação, sem Jesus não sou NADA,tomo os santos como exemplo de vida,que fizeram o máximo para se espelhar em Jesus,minha vida inteira eu procuro não criticar e muito menos acusar alguém, pra mim é um dos piores pecados,mas a pessoa vem me dizer q estamos idolatrando imagens pagas?faça me o favor,todos nós temos q ter cuidado com nossas línguas...dizer também que Maria foi uma anônima na Bíblia?então quer dizer que Deus escolheu uma mulher na sorte?então tá...dizer que estão sempre certos,por seguir corretamente a Bíblia e nós totalmente errados pela doutrina,mas não se esqueçam que a Bíblia foi traduzida pelos católicos...

    ResponderExcluir
  152. Ensina o Padre Antoni Carol i Hostench

    "Vem de longe: a entrega de Deus na Eucaristia já estava anunciada e prefigurada no Antigo Testamento.

    Aquele “maná”, aquele pão que miraculosamente descia do céu cada madrugada para alimentar os judeus na travessia do deserto era uma antecipação da Eucaristia.

    Como também o foram as multiplicações dos pães e dos peixes que Jesus Cristo realizou para saciar a fome da gente que O escutava.

    Com razão Jesus se apresentou dizendo que «Eu sou o pão vivo descido do céu» (Jo 6,51).

    Realmente desceu do céu, está vivo e - o mais incrível - “faz-se” Pão para nos alimentar da sua vida, uma vida que foi “sacrificada” durante a Paixão.

    «Tomai e comei todos, porque isto é o meu Corpo que é dado por vós» (cf. Mt 26,26; Lc 22,19).

    Jesus-Eucaristia faz-se presente cada vez que o sacerdote pronuncia essas “palavras de dor”: Corpo “dado”; Sangue “derramado”.

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    "Na Eucaristia, nós partimos o único pão que é remédio de imortalidade, antídodo para não morrer, mas para viver em Jesus Cristo para sempre." Santo Inácio de Antioquia (35-110)

    ResponderExcluir
  153. Ainda para o site "Servas" do Altíssimo, desejando que eles tenham uma oportunidade concreta de conhecer a verdade, algo que não pode ser encontrado com facilidade no protestantismo tupiniquim com seus falastrões e catadores de dízimos, sugerimos que verifiquem o contexto da Igreja Primitiva em relação às imagens.

    O artigo sugerido é: https://afeexplicada.wordpress.com/2016/07/12/a-igreja-primitiva-x-protestantismo-imagens/

    ResponderExcluir
  154. O site Igreja Militante de Helen Walker trás um artigo interessante sobre a Virgindade Perpétua de Maria que foi sempre defendida pela Igreja Primitiva e até mesmo pelos protestantes históricos.

    https://igrejamilitante.wordpress.com/2016/07/12/maria-sempre-virgem/#comment-7184

    ResponderExcluir
  155. Mons. Jonas Abib ensina:

    "Em Cristo, para todos os males há um remédio
    A Eucaristia é como um remédio que temos de tomar constantemente até ficarmos curados.
    Principalmente, quando a nossa luta é contra um determinado pecado que não conseguimos vencer. A Eucaristia é o grande remédio para esse mal.
    Se, frequentemente, recebermos o Corpo do Senhor, a cura e a libertação vão acontecer. O doente tem de continuar tomando o remédio até ser curado. Com a Eucaristia também é assim. E ela é muito mais que um remédio."

    ResponderExcluir
  156. Pe. Gabriele Amorth, exorcita do Vaticano ao ser perguntado sobre o intercessor mais efetivo de todos, respondeu ao Grupo ACI: "É obvio que a Virgem é a intercessora mais eficaz. E quando a invocam como Maria!"

    "Uma vez perguntei a Satanás: ‘mas por que te assustas mais quando invoco a Nossa Senhora do que quando invoco Jesus Cristo? ’ Respondeu: ‘porque me humilha mais ser derrotado por uma criatura humana do que ser derrotado por Ele que é DEUS”

    Perder para Jesus Cristo é óbvio.
    Mas perder para uma simples criatura é terrivelmente humilhante.

    Quem tem ouvidos que ouça !!!

    ResponderExcluir
  157. A Virgem esmaga a cabeça da serpente conforme o Livro de Gênesis (3, 15), no momento que Deus diz ao inimigo: “Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça, e tu ferirás o calcanhar”.

    Santo Cura D´Ars, São João Maria Vianney, interrogou um possuído pelo diabo: “Você possuirá a nossa amada França?

    ” –E ele respondeu: “Não posso fazê-lo porque essa ‘Senhora’ que vocês chamam de Virgem Maria, passeia do norte ao sul e do ocidente ao oriente e isso impede a minha ação”.

    ResponderExcluir
  158. A Courça de São Patrício - Uma das orações mais antigas da Santa Igreja contra a investida do malígno. Deve ser feita pelo menos uma vez por dia.

    “Cristo comigo,
    Cristo em minha frente,
    Cristo atrás de mim,
    Cristo em mim,
    Cristo abaixo de mim,
    Cristo sobre mim,
    Cristo à minha direita,
    Cristo à minha esquerda,
    Cristo quando me deito,
    Cristo quando me sento,
    Cristo quando me levanto,
    Cristo no coração de cada um que pensa em mim,
    Cristo na boca de cada um que fala de mim,
    Cristo em todo olho que me vê,
    Cristo em todo ouvido que me ouve.
    Amém!”

    ResponderExcluir
  159. Para vencer o pecado que persiste e para alcançar santidade, só há dois remédios que devem ser tomados sempre. A Recitação do Terço que é a segunda oração católica mais importante e que nos leva aos mistério da vida, paixão, morte, ressureição e ascenção de Nosso Senhor Jesus Cristo e que nos convida à imitação de Maria, a serva perfeita. O segundo remédio é a Santa Missa que é a oração mais eficaz, completa e importante da Santa Igreja, onde o Senhor Jesus Cristo, sacerdote para sempre segundo a ordem de Melquesideque é ao mesmo tempo sacerdote e vítima perfeitos. Cordeiro sem mácula que se entrega pela redenção de todos. Não há santidade sem a presença real do autor da santidade que é Cristo Jesus. Ele mesmo disse: "Sem mim, nada podeis fazer.". Sem a presença real de Jesus Cristo vivida apenas na Eucaristia católica, exceto por caminhos que somente DEUS conhece, pois para ele NADA É IMPOSSÍVEL, não se pode alcançar santidade. E para levar uma vida santa é necessário imitarmos Maria, o que só pode ser conseguido pela meditação diária do Santo Terço.

    Eucaristia para saúde da alma e poder. Terço para resignação, contrição e disposição para não pecar.

    Com o terço tomamos a decisão de não pecar e com a Euraristia nos revestimos de poder.

    Afinal de contas, está escrito que ele é o Pão Vivo que desce do Céu. Quem come de sua carne e bebe de seu sangue tem vida eterna.

    ResponderExcluir
  160. São Maximiliano Kolbe (Martir e conhecido com O Santo de Auschwitz)

    “Na união do Espírito Santo com Maria, o amor não une apenas estas duas Pessoas, mas o primeiro amor é todo o amor da Santíssima Trindade, enquanto o segundo, o de Maria, é todo o amor da criação e assim, em tal união, o Céu une-se à terra, todo o Amor incriado com o amor criado… É o vértice do amor”.

    “A expressão «faça-se em mim» deve ressoar constantemente nos nossos lábios, pois entre a vontade da Imaculada e a nossa deve existir uma harmonia completa. Então que devemos fazer? Deixemo-nos conduzir por Maria e nada teremos a temer”.

    “A lembrança do céu deve estimular-te a grandes virtudes”.

    "Da maternidade divina promanam todas as graças concedidas à santíssima Virgem Maria e a primeira é a Imaculada Conceição”.

    "Santidade não é um luxo. É uma exigência da vida cristã.”

    ResponderExcluir
  161. MARIA pelos Santos

    São Boaventura:“Jamais li que algum Santo não tivesse sido devoto especial da Santíssima Virgem Maria.”

    São Francisco de Sales: “Na devoção a Nosso Senhor nasce a de sua Mãe. Ninguém pode amar a um sem amar o outro.”

    São João Paulo II: “Ao pedir ao discípulo predileto que tratasse Maria Santíssima como sua Mãe, Jesus instituiu o culto mariano.”

    ResponderExcluir
  162. Santo Antonino:Se Maria é por nós junto a seu filho Jesus, quem poderá contra nós?

    São Francisco de Sales:“Ninguém terá a Jesus Cristo por irmão, que não tenha a Maria Santíssima por Mãe.”

    São Leonardo de Porto Maurício:“Sois devoto de Nossa Senhora? Ouvi pois e consolai-vos. Vivereis bem, morrereis melhor, salvar-vos-eis.”

    Santo Agostinho:“Tudo quanto pudermos dizer em louvor de Maria Santíssima é pouco em relação ao que merece por sua dignidade de Mãe de Deus.”

    Santo Anselmo:“Deus que criou todas as coisas, fez-se a si mesmo por meio de Maria Santíssima.”

    Santo Afonso:“É impossível que se condene um devoto de Maria Santíssima que fielmente a obsequia e a Ela se recomenda.”


    São Bernardino de Sena: “Deus outorgou à Santíssima Virgem tanta graça que mais é impossível conceder a uma criatura, exceto Jesus Cristo.”


    Santo Irineu:“O nó da desobediência de Eva foi desfeito pela obediência de Maria.”

    Santo Antônio Maria Claret:“Ditoso quem invoca Maria Santíssima, quem recorre ao Imaculado Coração de Maria com confiança, porque alcançará o perdão dos pecados, a graça e, por fim, a glória do Céu.”

    Santo Ambrósio: “Com razão só Ela é chamada cheia de graça, porque só Ela conseguiu a graça que nenhuma outra merecera, a de ser cheia do Auto da graça.”

    São Bernardo:“A piedosa invocação da Virgem Maria é sinal de salvação.”

    ResponderExcluir
  163. Com que autoridade a Igreja canoniza Madre Teresa de Calcutá neste domingo ?

    "Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu." Mateus 18:18

    Isto não significa que a Igreja pode inventar tudo que quiser. Significa exatamente o ocntrário. Quando a Igreja liga na terra, já foi aprovado no CÉU.

    Por isto não se pode deixar que qualquer "profeta" interprete as sagradas escrituras. Por isto milhares de denominações divergentes e contraditórias entre si. Cada qual "interpreta" do seu jeito.

    Não por acaso ensina a Bíblia: "Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação." 2 Pedro 1:20

    E quem pode interpretar ?

    "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade."1 Timóteo 3:15

    Quem pode interpretar é a IGREJA, NO SINGULAR, coluna e sustentáculo da verdade. E esta Igreja certamente não é a Igreja de Macedo, Malafaia ou Soares.

    ResponderExcluir
  164. Eis o artigo onde Madre Teresa de Calcutá enquadra a abortista protestante Hilary Clinton.

    Madre Teresa cita inclusive John Wesley fundador da Igreja Metodista para tentar convencer Hilary Clinton que fica totalmente desconcertada.

    Ninguém chega a santidade por acaso.

    Não se chega a santidade pela decoreba bíblica, mas pela vivência concreta do evangelho.

    Afinal de contas, a fé vem pelo ouvir e não pela leitura.

    "Logo a fé vem pelo ouvir, e o ouvir vem pela palavra de Cristo." Romanos 10:17

    Ademais, nossa religião não é a religião do livro, mas da palavra viva e encarnada que é Cristo Jesus.

    Eis o artigo: http://blog.comshalom.org/carmadelio/51405-o-dia-em-que-beata-madre-teresa-de-calcuta-deixou-abortista-hilary-clinton-sem-palavras

    ResponderExcluir
  165. “VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (MT 11,28).

    JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA.

    “A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).

    “A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

    ResponderExcluir
  166. GK Chesterton escreveu uma vez: "A dificuldade em explicar" por que eu sou católico "é que há dez mil razões dentro de apenas um motivo: Que o catolicismo é verdadeiro"

    Venerável Arcebispo Fulton Sheen disse: "Não há se quer 100 pessoas neste país que odeiam a Igreja Católica, mas há milhões que odeiam o que eles acham que a Igreja Católica é."

    ResponderExcluir
  167. Interessante observar grupos de protestantes em passeio a Israel e Palestina. Em geral o anúncio da denominação e/ou do pastor refere-se a terra santa.

    Fico imaginando que lógica é essa que concorda que a terra onde Jesus nasceu é santa, mas a Mãe que o carregou no ventre e o nutriu com seu sangue, não é santa ???

    Senhor, perdoa-lhes porque não sabem o que dizem.

    ResponderExcluir
  168. A Igreja através dos séculos e a perpétua virgindade de Maria.

    Concílio de Éfeso ao condenar o herege Nestório que negava a maternidade divina de Nossa Senhora declarou:

    "Canon 1: Se alguém não confessa que Deus é conforme a verdade o Emanuel, e que por isso a Santa Virgem é a mãe de Deus (pois deu à luz carnalmente ao Verbo de Deus feito carne) seja anátema.( Concílio de Éfeso, Anatematismos e e capitulo de Cirilo contra Nestório, em 431. Denzinger 113).

    São Leão Magno, Papa entre 440 -461, condenando o herege Eutiques, chefe dos monofisitas, escreveu:

    "Entra, pois, nestas fraquezas do mundo o Filho de Deus, baixando de seu trono celeste, porém não se afastando da glória do Pai, gerado por nova ordem, por novo nascimento.

    "Por nova ordem: porque invisível no que é seu, , se tornou visível no nosso, incompreensível, quis ser compreendido; permanecendo antes do tempo, começou a ser no tempo; Senhor do universo, tomou a forma de escravo, obscurecida a imensidade de sua majestade;Deus impassível, não desdenhou de ser homem passível, e imortal, submeter-se à lei da morte. E por novo nascimento gerado: porque a virgindade inviolada ignorou a concupiscência, e subministrou a matéria da carne.

    Tomada foi da mãe do Senhor a natureza, mas não a culpa; e no Senhor Jesus Cristo, gerado no seio da Virgem, não por ser o nascimento maravilhoso, é a sua natureza distinta da nossa" ( São Leão Magno, Papa, Carta Dogmática Lectis dilectionis tuae-- Tomo a Flaviano - Contra Eutiques, em 449. Denzinger, 144).

    O II Concílio de Constantinopla de 523, V Concílio Ecumênico, decidiu em seus anatematismos sobre os chamados "três capítulos":

    "Canon 9 : Se alguém não confessa que há dois nascimentos de Deus Verbo, um, do Pai, antes de todos os séculos, sem tempo e incorporalmente; outro nos últimos dias , quando o mesmo, quando Ele mesmo baixou dos céus, e se encarnou da santa gloriosa mãe de Deus e sempre Virgem Maria, e nasceu dela ; esse tal seja anátema. ( II Concílio de Constantinopla, V ecumênico, canon 9. Denzinger, 214).

    No Concílio de Latrão de 649, se voltou a excomungar quem não confessasse que Cristo não nasceu da sempre Virgem Maria:

    "Canon 2 : Se alguém não confessa, de acordo com os santos padres, propriamente e conforme à verdade que o mesmo Deus Verbo, uno da santa, consubstancial, e veneranda Trindade, desceu do céu e se encarnou por obra do Espírito Santo e de Maria sempre virgem, e se fez homem, (...) seja condenado"( Concílio de Latrão -- 649, cânon 2. Denzinger, 255).

    E o cânon 3 desse mesmo Concílio assim reza:

    "Se alguém não confessa , de acordo com os Santos Padres, propriamente e conforme a verdade por mãe de Deus a santa e sempre Virgem Maria como queira que concebeu nos últimos tempos sem sêmen por obra do espírito Santo ao mesmo Deus Verbo própria e verdadeiramente, que antes de todos os séculos nasceu de Deus Pai, e incorruptivelmente o gerou, permanecendo ela, mesmo depois do parto, em sua virgindade insissolúvel, seja condenado "(Concílio de Latrão -- 649, cânon 3. Denzinger , 255).

    A mesma coisa foi ensinada pelo Concílio de Toledo, em 675, e pelo III Concílio de Constantinopla, em 680-681.

    O Concílio de roma de 993, aprovado pelo Papa João IV proclamou, mais um avez , que Cristo se encarnou por obra do Espírito Santo e "nasceu de Maria sempre Virgem"( cfr. Denzinger , 344).

    Em 1215, o IV Concílio de Latrão, XII Concílio Ecumênico, convocado para condenara Gnose dos cátaros repete a mesma lição: Cristo nasceu da "sempre Virgem Maria" (Cfr. Denzinger, 429).

    No II Concílio de Lyon, Manuel Paleólogo foi obrigado a professar que "o Filho de Deus, Verbo de Deus, eternamente nascido do pai, consubstancial.coonipotente e igual em tudo ao Paina divindade, nasceu temporalmente so Espírito Santo e de Maria sempre Virgem"( Cfr. Denzinger, 462).

    Sixto IV, em 1483 condenou aqueles que negavam a Imaculada Conceição de Maria Virgem ( Cfr. Denzinger, 735).

    ResponderExcluir
  169. O que simboliza a água benta?

    A água benta simboliza o suor de Nosso Senhor Jesus Cristo no horto e o preciosíssimo sangue que molhou seu rosto, na agonia.

    Que efeitos tem a água benta?

    Tradicionalmente se sabe que a água benta tem os seguintes efeitos:

    – Afugenta toda potestade demoníaca sobre as pessoas e lugares que onde ela é lançada.

    – Apaga os pecados veniais.

    – Afugenta toda sombra, nuvem, fantasia e astúcia diabólica.

    – Encerra as distrações da oração.

    – Nos dispõe, com a graça do Espírito Santo, a uma maior devoção.

    – Infunde em nós a virtude da benção divina para receber os sacramentos, para o administrá-los, e para celebrar os divinos ofícios de Deus.

    ResponderExcluir
  170. Ignorância dos pastores sobre o que seria adoração:

    O culto de “latria” (ou de “dulia“) é um ato interno da alma.

    A adoração é, eminentemente, um ato interior do homem, que pode se manifestar de formas variadas, conforme as circunstâncias e as disposições de alma de cada um.

    Os atos exteriores – como genuflexão, inclinação, etc -, são classificados tendo em vista o “objeto” a que se destinam.

    Óbvio que se é dirigido aos santos que se presta a inclinação, é claro que se trata de um culto de dulia.

    Se é dirigido a Deus, o culto é de latria.

    Aliás, a inclinação pode ser até um ato de agressão, como no caso dos soldados de Pilatos que, zombando de Nosso Senhor, “lhe cuspiram no rosto e, prostrando-se de joelhos, o adoraram” (Mc 15, 19).

    A objeção protestante, cai por terra.

    Se É O ATO EXTERIOR QUE CONTA, CONFORME AFIRMAM OS PASTORES LIGADOS NA APARÊNCIA, então eles mesmos teriam que afirmar que havia uma “adoração” por parte dos soldados de Pilatos.

    Eles simulavam uma adoração (ou veneração ao “Rei dos Judeus), através de atos exteriores, mas seu desejo era de zombaria.

    O que é mais importante ?

    A aparência do ato ou a reverência interior que não pode ser SONDADA por nenhum outro homem ?

    Recordamos que apenas DEUS sonda corações.

    Nós católicos sabemos e desde sempre que aos santos devemos honra e A DEUS e SOMENTE A DEUS DEVEMOS ADORAÇÃO.

    ResponderExcluir
  171. Os pastores sabem. Mas não entram no reino e não deixam que outros entrem. Estão atrás de clientes e não de almas. Idólatras !!!

    ResponderExcluir
  172. Deixo-vos parte do pensamento do genial Joseph Ratzinger, Papa Bento XVI, a partir seu discurso em 2011 na Alemanha. O maior teólogo do nosso tempo compreende como ninguém a contribuíção do cristianismo para a humanidade e seu perfeito encaixe no cotidiano humano:


    "Foi na base da convicção sobre a existência de um Deus criador que se desenvolveram a ideia dos direitos humanos, a ideia da igualdade de todos os homens perante a lei, o conhecimento da inviolabilidade da dignidade humana em cada pessoa e a consciência da responsabilidade dos homens pelo seu agir. Estes conhecimentos da razão constituem a nossa memória cultural. Ignorá-la ou considerá-la como mero passado seria uma amputação da nossa cultura no seu todo e privá-la-ia da sua integralidade. A cultura da Europa nasceu do encontro entre Jerusalém, Atenas e Roma, do encontro entre a fé no Deus de Israel, a razão filosófica dos Gregos e o pensamento jurídico de Roma. Este tríplice encontro forma a identidade íntima da Europa. Na consciência da responsabilidade do homem diante de Deus e no reconhecimento da dignidade inviolável do homem, de cada homem, este encontro fixou critérios do direito, cuja defesa é nossa tarefa neste momento histórico.
    Ao jovem rei Salomão, na hora de assumir o poder, foi concedido formular um seu pedido. Que sucederia se nos fosse concedido a nós, legisladores de hoje, fazer um pedido? O que é que pediríamos? Penso que também hoje, em última análise, nada mais poderíamos desejar que um coração dócil, a capacidade de distinguir o bem do mal e, deste modo, estabelecer um direito verdadeiro, servir a justiça e a paz."

    ResponderExcluir
  173. A transformação da humanidade está na frágil, branca Hóstia Consagrada, Sacramento da presença de Jesus no mundo"
    Papa Bento XVI

    ResponderExcluir
  174. Alguém perguntou ao Padre Pio: "Como devemos assistir à Santa Missa?"

    E ele respondeu:

    "Como assistiram a Santíssima Virgem e as piedosas mulheres. Como assistiu S. João Evangelista ao Sacrifício Eucarístico e ao Sacrifício cruento da Cruz."

    E perguntaram ainda: "Padre, que benefícios recebemos ao assistir à Santa Missa?"

    "Não se podem contar. Vê-lo-ás no céu. Quando assistires à Santa Missa, renova a tua fé e medita na Vítima que se imola por ti à Divina Justiça. Não te afastes do altar sem derramar lágrimas de dor e de amor a Jesus, Crucificado por tua salvação. A Virgem Dolorosa te acompanhará e será tua doce inspiração.(São Padre Pio)"

    ResponderExcluir
  175. O RESPEITO NA IGREJA E O ERRO DE BATER PALMAS POR QUALQUER MOTIVO

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


    Sobre o santo altar, em cada missa, é renovado o sacrifício de Jesus, que aceitou sofrer e morrer para que nós pudéssemos ter uma vida boa, uma vida cheia de sentido e de esperança.

    É o altar que ampara o Corpo e o Sangue do Cordeiro Imolado, e por isso é comparável, em sacralidade, ao solo onde foi fincada a cruz de Cristo.

    Devemos ter as seguintes posturas nas igrejas:

    Ao entrar na igreja, precisamos:

    Nos curvar levemente para reverenciar o altar, caso o Santíssimo (o sacrário com as Hóstias Consagradas) esteja em uma capela lateral;

    Dobrar um dos joelhos até o chão, caso o Santíssimo habitado esteja no altar (indicado pela luz vermelha acesa);

    Ao passar diante do altar (para cruzar o templo de um lado para o outro, por exemplo), devemos nos curvar levemente;

    Ao passar diante do Santíssimo no sacrário, devemos dobrar um dos joelhos até o chão;

    Ao nos vermos diante da Hóstia Consagrada exposta em um ostensório, devemos nos ajoelhar para cumprimentar o Senhor.

    Depois, podemos nos sentar.

    E não se esqueça jamais. O que está no centro de todos os templos católicos?

    O ALTAR. E o que é o altar?

    É o lugar do SACRIFÍCIO de Cristo, e equivale equivale ao solo onde a cruz de Cristo foi fincada.

    Tem sentido demonstrar euforia diante do Calvário ?

    Só aqueles que mataram Jesus é que bateram palmas no Calvário.

    Da mesma forma, não devemos fazer isso diante do santo altar.

    A liturgia da Igreja permite aplausos em algumas ocasiões restritas, tais como:

    • para acolher um neobatizado;
    • para demonstrar alegria após o consentimento dos noivos, no Ritual do Matrimônio;
    • na criação de novos cardeais;
    • na posse de párocos.

    ResponderExcluir
  176. E como devemos nos aproximar da Eucaristia ?


    São Cirilo de Jerusalém (†386):

    Ao te aproximares, não o faças com as mãos estendidas nem com os dedos separados. Faze com a esquerda como um trono na qual se assente a direita, que vai conter o Rei. E, no côncavo da palma, recebe o Corpo de Cristo, respondendo: “Amém”.

    Com segurança, então, depois de santificados teus olhos pelo contato do santo corpo, recebe-o, cuidando para nada perderes…

    Depois, aguardando a oração, dá graças a Deus que te fez digno de tão grandes mistérios.

    ResponderExcluir
  177. “Não existem cem pessoas que odeiam a Igreja Católica, mas existem milhões que odeiam aquilo que pensam ser a Igreja Católica.”
    (Venerável Arcebispo Fulton Sheen

    ResponderExcluir
  178. VATICANO PROÍBE QUE CINZAS DOS DEFUNTOS SEJAM ESPALHADAS OU GUARDADAS

    "Para evitar qualquer tipo de equívoco panteísta, naturalista ou niilista, não será permitida a dispersão das cinzas no ar, na terra ou na água ou, ainda, em qualquer outro lugar. Exclui-se ainda a conservação das cinzas cremadas sob a forma de recordação comemorativa em peças de joalharia ou em outros objetos", orienta o texto divulgado hoje e aprovado pelo pontífice.

    Para a Igreja Católica, a conservação das cinzas em cemitérios ou em outros locais "favorece a memória e a oração pelos defuntos da parte dos seus familiares e de toda a comunidade cristã".

    "Por outro lado, deste modo, se evita a possibilidade de esquecimento ou falta de respeito que podem acontecer, sobretudo depois de passar a primeira geração, ou então cair em práticas inconvenientes ou supersticiosas", afirma o texto.

    O documento se chama: "Instrução Ad resurgendum cum Christo"

    A Igreja Católica continua preferindo o sepultamento no lugar da cremação.

    ResponderExcluir
  179. Texto do magistério da Igreja, a Constituição Benedictus Deus, do Papa Bento XII, no século XIV, que ensinou claramente e de modo infalível, ecoando a perene fé da Igreja de Cristo:

    “Nós, com a força da autoridade apostólica, definimos que, segundo a geral disposição de Deus, as almas de todos os santos que deixaram este mundo antes da paixão de nosso Senhor Jesus Cristo, e aquelas dos santos apóstolos, dos mártires, dos confessores, das virgens e dos outros fiéis que morreram após receber o santo Batismo de Cristo, e nos quais não há mais nada para purificar quando morreram, e não haverá também no futuro, quando morrerem, ou caso tenham algo para purificar, uma vez purificado, já que foram purificados após a sua morte (…) imediatamente após a morte e a purificação – se disto tinham necessidade -, mesmo antes de reassumirem os seus corpos e do juízo universal, após a Ascensão do nosso Senhor Jesus Cristo ao céu, estavam, estão e estarão no Céu, no reino dos céus e no celeste paraíso, com Cristo…”
    A doutrina da Igreja é clara: aqueles que já estão purificados de seus pecados, imediatamente após a morte, mesmo antes do juízo final, estarão no paraíso, que é estar com Cristo. E isto por quê? Porque Jesus já ressuscitou e já subiu ao céu. Na Sua Ascensão, já nos abriu o coração do Pai! Repito: quem nega que logo após a morte vamos estar com Cristo, está desconhecendo que Cristo ressuscitou, está ainda no Antigo Testamento!
    E o juízo final? Na Vinda do Senhor nossos corpos ressuscitarão e tudo quanto fizemos de bom ou de mal, nossos atos e omissões aparecerão, com suas consequências para toda a humanidade!

    ResponderExcluir
  180. "O ano de 2017 será dedicado à Reforma, ocorrida há 500 anos. No entanto, na opinião do Cardeal Kurt Koch, não existe motivo para comemoração. O Presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos percebe o cisma assim criado como algo trágico. Ao contrário do chamado de Jesus “Que todos sejam um”, a cristandade está dividida em católicos, ortodoxos e protestantes. Segundo Koch, esses conceitos confessionais expressam “todo o drama do Cisma”. A expressão “evangélico” não deve se limitar apenas ao protestantismo: ” Naturalmente, todo católico quer ser evangélico, no sentido de que ele não conhece nenhum outro fundamento a não ser o Evangelho”. E da mesma forma ocorre com a expressão “ortodoxo”."

    ResponderExcluir
  181. Bento XVI

    "Todos os dias nascem novas seitas e cumpre-se assim o que São Paulo disse sobre o engano dos homens, sobre a astúcia que tende a induzir ao erro (cf. Ef 4, 14). Ter uma fé clara, segundo o Credo da Igreja, é freqüentemente catalogado como fundamentalismo, ao passo que o relativismo, isto é, o deixar-se levar ao sabor de qualquer vento de doutrina, aparece como a única atitude à altura dos tempos atuais. Vai-se constituindo uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e que usa como critério último apenas o próprio “eu” e os seus apetites.

    Nós, pelo contrário, temos um outro critério: o Filho de Deus, o verdadeiro homem. É Ele a medida do verdadeiro humanismo. Não é “adulta” uma fé que segue as ondas da moda e a última novidade; adulta e madura é antes uma fé profundamente enraizada na amizade com Cristo. É essa amizade que se abre a tudo aquilo que é bom e que nos dá o critério para discernir entre o que é verdadeiro e o que é falso, entre engano e verdade."

    Devemos amadurecer essa fé adulta. A essa fé devemos guiar o rebanho de Cristo. E é esta fé – e somente a fé – que cria unidade e se realiza na caridade. Em contraste com as contínuas peripécias daqueles que são como crianças batidas pelas ondas, São Paulo oferece-nos a este propósito uma bela palavra: praticar a verdade na caridade, como fórmula fundamental da existência cristã. Em Cristo, verdade e caridade coincidem. Na medida em que nos aproximamos de Cristo, assim também na nossa vida, verdade e caridade se fundem. A caridade sem a verdade seria cega; a verdade sem a caridade seria como um címbalo que tine (1 Cor 13, 1).

    Leia mais: http://servosdamae.webnode.com.br/news/a-ditadura-do-relativismo-por-cardeal-joseph-ratzinger-bento-xvi-/

    ResponderExcluir
  182. 08 de dezembro - Dia de comemorar a Imaculada Conceição. Por meio de Jesus Cristo e em previsão aos seus méritos, DEUS altíssimo preserva Maria do Pecado Original. O senhor do tempo que não conhece qualquer tipo de limitação, prepara um templo santo para servir de tabernáculo para o seu divino filho, o o santo e sumo sacerdote para sempre. Maria salva por Jesus. Maria a seta que nos leva ao redentor do gênero humano.

    “Há sessenta rainhas‚ oitenta concubinas‚ e inumeráveis jovens mulheres; uma porém‚ é a minha pomba‚ uma só a minha perfeita; ela é a única de sua mãe‚ a predileta daquela que a deu à luz. Ao vê-la‚ as donzelas proclmam-na bem aventurada‚ rainhas e concubinas a louvam. Quem é essa que surge como a aurora‚ bela como a lua‚ brilhante como o sol‚ temível como um exército em ordem de batalha?” (Cant 6‚ 8-10)

    ResponderExcluir
  183. A Santa Igreja recorda no tempo do advento as palavras do Senhor da Glória: "...a ferrugem e a traça corroem e os ladrões roubam." Mt 6,19

    Neste tempo santo no qual celebramos a chegada do Senhor, coloquemos nossos corações nos tesouros do céu que são eternos.

    "Eles confiam em seus bens, e se vangloriam das grandes riquezas. Mas, nenhum homem a si mesmo pode salvar-se, nem pagar a Deus o seu resgate. Caríssimo é o preço de sua alma. Jamais conseguirá prolongar indefinidamente a vida e escapar da morte. O túmulo será sua eterna morada, sua perpétua habitação, ainda que tenha dado a muitas terras o seu nome. Este é o destino dos que estultamente em si confiam: Morrendo nada levarão consigo, nem suas fortunas descerão com eles aos infernos. O homem que vive na riqueza e não reflete é semelhante ao gado que se abate." Sl 48

    ResponderExcluir
  184. O sem piedade Hernandes Dias Lopes, pastoreco que ofendeu a mãe de Jesus Cristo devidamente respondido:

    https://igrejamilitante.wordpress.com/2015/12/07/4716/

    ResponderExcluir
  185. O SENHOR JÁ CHEGOU PARA NÓS. JESUS CRISTO É O COMEÇO É O FIM DE TODAS AS COISAS. POR ELE TODAS AS COISAS VIERAM A EXISTÊNCIA E POR MEIO DELE TODAS AS COISAS FORAM FEITAS.

    "Cristo é o princípio e o fim de tudo, a plenitude da divindade. E é desta plenitude que todos nós recebemos a graça, a vida e a vida plena em comunhão com toda Trindade.

    Ninguém deve colocar outro centro de referência na vida da Igreja que não seja Jesus Cristo."

    Ele é o alfa e o ômega. O princípio e o fim.

    ResponderExcluir
  186. O Senhor Jesus chegou. Eis o salvador. Aquele que tira o pecado do mundo. E recordamos as palavras do Centurião que repetimos sempre na Santa Missa: "Senhor eu não sou digno que entreis em minha morada, mas dizeis uma só palavra e serei salvo."

    Grato a Maria que disse o sim incondicional a DEUS Pai e nos trouxe o redentor do gênero humano. Tenhamos carinho e amor com aquela que cuidou, alimentou e educou o SENHOR DA GLÓRIA. Deixemos para os blasfemos e os impiedosos a vulgaridade.
    A propósito, segue resposta aos bajuldadores do paxto Von Helder que chutou a imagem de Nossa Senhora. Estamos aguardando a réplica deste seguidor de homens:

    http://www.pr.gonet.biz/index-read.php?num=3714

    ResponderExcluir
  187. Na Missa do Galo sábado a noite, o Papa recordou a trégua de Natal durante a 1a guerra mundial, quando soldados britânicos e alemães nas trincheiras trocaram a guerra pela paz. O papa recordou que este ato é uma vitória de Jesus Cristo, O PRÍNCIPE DA PAZ.

    Repetimos o verso da Santa Missa: "Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado."

    ResponderExcluir